Publicidade


Colorindo o Recife: Ponte do Pina começa a ganhar as cores do grafite

2 fev 2018|Postado em:Notícias

Foto: Inaldo Lins/ PCR

Para fazer a pintura,  grafiteiro utiliza como apoio a própria base dos pilares, assim como faz uso de rappel e de pequenos barcos

 
As cores e a expressão da arte urbana começam a dar nova vida a uma das principais ligações entre o Centro e a Zona Sul da cidade. A grafitagem da Ponte do Pina foi o ponta-pé inicial dado pela Prefeitura do Recife, nesta quinta-feira (1º), a mais uma etapa do projeto “Colorindo o Recife”. Quem assina a intervenção é o grafiteiro Everson Menor, do Coletivo Pão e Tinta. A iniciativa visa utilizar o grafite como instrumento de apropriação dos espaços públicos e restauração da cidade.
 
Para a secretária de Turismo, Esporte e Lazer, Ana Paula Vilaça,  o projeto está criando novos atrativos na cidade e fortalece a arte de rua, que é símbolo de criatividade e juventude. “A Prefeitura do Recife está lançando a segunda etapa do Colorindo o Recife, um projeto grandioso que busca valorizar a arte do grafite e os artistas. Para isso, fizemos um edital, as pessoas foram selecionadas. Nosso objetivo é embelezar a cidade, criar novos atrativos, promover a ocupação dos espaços públicos. Queremos nos tornar o Recife uma referência na arte de urbana”, afirmou.
 
Batizado de ” O contador de Histórias”, o painel ocupará todo o espaço das colunas e dos arcos da ponte. Ele trará a figura do escritor Ariano Suassuna e elementos da cultura das comunidades pesqueiras, do carnaval e de lendas locais. “Ariano [Suassuna] é o nosso grande contador de histórias, por isso decidimos fazer essa homenagem. Vamos fazer um degradê de cores nas colunas, representando um amanhecer e ao longo delas vamos retratar a cultura e os contos do Recife”, descreveu Everson Menor.
 
Quem passa pelo local já pode perceber que ele já ganhou cores mais vivas e os primeiros desenhos agora já começam a aparecer. Para fazer essa pintura,  o grafiteiro utiliza como apoio a própria base dos pilares, assim como faz uso de rapel e de pequenos barcos. Ele também conta com a ajuda de mais cinco integrantes do coletivo Pão e Tinta para dar forma ao painel. Os trabalhos acontecem sempre pela tarde e a expectativa é que seja concluído em 10 dias.
 
O “Colorindo o Recife” também acontece no Conselho Tutelar da RPA 2, localizada Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, na Encruzilhada. Ali, o grafiteiro Flávio Barra usa a sua arte urbana para dar vida nova ao muro e à fachada do prédio público. Ao todo, nesta nova etapa do projeto, serão feitos 15 painéis por grafiteiros selecionados através de edital público. As intervenções acontecem em muros e espaços públicos da capital pernambucana.
 
 
Além de colorir a cidade, os artistas habilitados na convocatória da Seturel vão ministrar oficinas nas comunidades que terão início após o carnaval. Os alunos das escolas públicas municipais e jovens de bairros nas seis RPAs serão beneficiados com mais 15 oficinas educativas-culturais. As aulas práticas vão promover junto aos participantes a experimentação, iniciação artística e o conhecimento das técnicas da arte do grafite como forma de inclusão social e empreendedorismo. As oficinas resultarão na pintura de mais 15 espaços da cidade, dentro das comunidades atendidas. Com as oficinas e os novos painéis, pelo menos 30 grafiteiros serão beneficiados.

 

Locais dos muros:
·   Cemitério dos Ingleses – Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar , Santo Amaro
·   TV Universitária, Santo Amaro
·   Muro ao lado da Upinha do Arruda – Avenida Professor José dos Anjos, Arruda
·   Viaduto da Avenida Norte com Agamenon Magalhães ,Torreão
·   Hospital Helena Moura – Rua Cônego Barata, Tamarineira
·   Muro da Maternidade Barros Lima – Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, Casa Amarela
·   Muro na Avenida Abdias de Carvalho, Cordeiro
·   Túnel Benfica – Rua Real da Torre, Madalena / Benfica
·   Túnel Chico Science – Rua Chico Science, Ilha do Retiro
·   Muro do Metrô de Afogados – Avenida Sul Governador Cid Sampaio, Afogados
·   Ponte do Pina – Avenida Antônio de Góes, Pina
·   Túnel do Pina – Rua Manoel de Brito, Pina
·   Skate Park – Boa Viagem, Boa Viagem
 
Espaços públicos e escolas beneficiadas com as oficinas:
·   Centro Clarice Lispector – Rua Bernardino Guimarães, Santo Amaro
·   Escola Reitor João Alfredo – Rua Senador José Henrique, Ilha do Leite
·   Escola Costa Porto – Rua Cabo Eutrópio, Ilha Joana Bezerra
·   Escola Antônio Heráclito do Rego – Rua Manoel Silva, Água Fria
·   Escola Paulo VI – Rua Guaíra, Linha do Tiro
·   Escola Profissionalizante Dom Bosco – Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, Casa Amarela
·   Escola Professor Nilo Pereira – Estrada do Arraial, Tamarineira
·   Escola São Cristovão – Rua Cassiterita, Brejo da Guabiraba
·   Escola Municipal Iputinga – Rua Cel. Fernando Furtado, Cordeiro
·   Escola Divino Espírito Santo – Praça do Caxangá, Caxangá
·   Caps Rene Ribeiro – Rua Professor Augusto Wanderley Filho, Afogados
·   Professor Antônio de Brito Alves – Rua Ernesto Cavalcanti, Mustardinha
·   Dom Bosco – Rua Alvenópolis, Jardim São Paulo
·         Escola Karla Patrícia – Rua Professor Eduardo Wanderley Filho, Boa Viagem
·         Escola Florestan Fernandes – Rua Rio Parnaíba, Ibura
Shirley Pacheco

Gerente de Relações com a Imprensa
Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife
Prefeitura do Recife

1 Comentário

  1. Guilherme Andrade
    16 de Fevereiro de 2018

    Leave a Reply

    Iniciativa espetacular! Parabéns aos artistas e a Secretaria!!! O Recife merece.

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*