Publicidade


Lula rebate acusações de Joesley Batista

18 jun 2017|Postado em:Notícias

Defesa diz que Joesley não apontou ilegalidades envolvendo Lula / Ueslei Marcelino/Reuters

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) divulgou, neste sábado (17), uma nota em que rebate as acusações do empresário Joesley Batista. Em entrevista à Revista Época, o dono da JBS disse que o petista e seu partido foram responsáveis por institucionalizar a corrupção no Brasil.

“Foi no governo do PT para frente. O Lula e o PT institucionalizaram a corrupção. Houve essa criação de núcleos, com divisão de tarefas entre os integrantes, em estados, ministérios, fundos de pensão, bancos, BNDES. O resultado é que hoje o Estado brasileiro está dominado por organizações criminosas. O modelo do PT foi reproduzido por outros partidos”, disse o empresário à publicação.

Em nota, a defesa de Lula ressalta que a afirmação de Joesley se dá no momento em que o empresário negocia “o mais genoroso” acordo de delação premiada. O comunicado inteira ainda que Joesley não apontou ilegalidades envolvendo o petista e que ‘provas de delatores não têm qualquer valor jurídico’.

Segue a nota na íntegra:

“A entrevista de Joesley Batista tem que ser entendida no contexto de um empresário que negocia o mais generoso acordo de delação premiada da história. Mesmo nesse contexto, Batista foi incapaz de apontar qualquer ilegalidade cometida, conversada ou do conhecimento do ex-presidente Lula. Considerações genéricas e sem provas de delatores não podem ser consideradas como dignas de crédito e não têm qualquer valor jurídico.”

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*