Publicidade


Mais uma denúncia castiga o Governo de São José do Egito

13 mar 2018|Postado em:Notícias

Secretário da Câmara acusa Prefeitura de São Jose do Egito procurar justificativas para não pagar servidores Albérico Thiago Secretário da Câmara de São Jose do Egito respondeu ontem a denúncia de que a Prefeitura da cidade teria sido prejudicada com a suspensão do FPM porque o poder legislativo estaria inadimplente com o INSS. Em entrevista à Rádio Cidade FM, o vereador explicou que realmente o INSS aponta débitos quanto ao 13º de 2016 quando o Presidente era Doido de Zé Vicente, no valor de R$ 34 mil reais; uma diferença de R$ 32,00 em dezembro de 2017 e R$ 3 mil reais em janeiro de 2018, nestes sob a presidência de Antônio Andrade.

O Secretário da Câmara disse que na época de Doido Presidente em 2016 não havia servidor com recolhimento; em dezembro/2017 seria apenas uma diferença e quanto a janeiro/2018 não existia o débito. Albérico disse que o Diretor Financeiro da Câmara foi comunicado e garantiu o pagamento. & ldquo;Já que sexta foi feriado pelo aniversário da cidade, em seguida veio o final de semana, somente ontem a documentação estaria sendo passada a Prefeitura. “Para não existir dúvidas a Câmara vai checar com a receita em Serra Talhada, mas o que faz o governo atual não passa de especulações, pois a câmara não deve nada. O Governo Evandro procura justificativas para não pagar aos servidores”.

Colaboração de Anchieta Santos

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*