Publicidade


jun 17

17 junho 2017

Ex-lutador do UFC é preso nos EUA por ligação à máfia russa


Publicidade



Lutador do UFC entre 2015 e 2016, período em que fez três lutas com uma vitória, uma derrota e um empate, o lutador Levan Makashvili foi preso sob acusação de integrar a organização criminosa russa “Shulaya Enterprise”, responsabilizada por crimes de extorsão, falsificação de documentos, roubo, tráfico de drogas e contrabando. Além dele, outras 33 pessoas foram detidas na operação.

Makashvili será processado por conspiração e fraude e responderá em liberdade por ter pago fiança de US$ 250 mil (R$ 825 mil).

O lutador esteve em ação pela última vez em março, no Fight Nights Global, deixando o octógono com vitória sobre Jack McGann.


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

Câmara vai perder secretário influente

O governador Paulo Câmara deve sofrer, nos próximos dias, uma grande baixa no seu primeiro escalão. Trata-se de um secretário com trânsito nacional, bem relacionado no meio empresarial e com trânsito fácil nos diversos partidos da base governista.

Publicidade


O blog apurou que a decisão deste secretário, que deixa o governo logo logo, é irreversível. Sua saída pode ter desdobramentos na equipe do governador, arrastando outros auxiliares, tanto no primeiro quanto no segundo escalão. Por enquanto, o blog mantém em reserva o nome deste secretário.

Blog do Magno

Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

‘Temer lidera maior e mais perigosa organização criminosa’, diz Joesley

Temer/Joesley (Foto: Blog do Magno)
Temer/Joesley (Foto: Blog do Magno)

O empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS e delator na Operação Lava-Jato, declarou, em entrevista à revista Época, que o presidente Michel Temer (PMDB) lidera “a maior e mais perigosa organização criminosa” do Brasil.

“O Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. Temer, Eduardo, Geddel, Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto”, disse o milionário.

Joesley contou, ainda,  que se aproximou do peemedebista “em 2009, 2010”, por meio do ex-ministro Wagner Rossi, e desde então manteve uma “relação institucional” com o presidente.

“Acho que ele me via como um empresário que poderia financiar as campanhas dele — e fazer esquemas que renderiam propina. Toda vida tive total acesso a ele. Ele por vezes me ligava para conversar, me chamava, eu ia lá”, contou o delator à publicação.

O primeiro pedido de dinheiro, segundo Joesley, foi feito em 2010, e dizia respeito ao pagamento de um aluguel de escritório na Praça Pan-Americana, em São Paulo e à campanha de Gabriel Chalita à prefeitura paulista em 2012.

O empresário relatou que, depois disso, o presidente pediu R$ 300 mil para fazer campanha na internet sobre sua imagem antes do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

“O Temer não tem muita cerimônia para tratar desse assunto. Não é um cara cerimonioso com dinheiro”, declarou.

Publicidade


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

SAMU não registra ocorrência grave na primeira noite do São João de Petrolina

 

Muita diversão e forró, foram registradas pelo público da primeira noite do São João de Petrolina, no pátio de eventos Ana das Carrancas. Mais de 60 mil pessoas compareceram no maior são João do Nordeste. No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) o clima foi marcado por muita tranquilidade com apenas seis ocorrências.

De acordo com a coordenadora do órgão, Laís Cabral, a maioria dos atendimentos foi por ingestão demasiada de bebida alcoólica. “A primeira noite foi muito tranquila com relação ao serviço de saúde oferecido no pátio. Não foi registrado nenhuma ocorrência grave e isso mostra o sentimento de paz de quem está vindo curtir o São João de Petrolina. Aproveitamos para alertar sobre o cuidado com o consumo excessivo de bebida alcoólica”, destacou.

Serviços

Durante todos os dias de festa a Secretaria de Saúde está disponibilizando duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); com um médico, um enfermeiro e três técnicos de enfermagem, além de dois condutores. Também está sendo feita uma campanha educativa e preventiva com entrega de preservativos do programa de enfrentamento às doenças sexualmente transmissíveis (DST/Aids) e contra a violência a mulher.

Clêilma Souza- Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde de Petrolina


Publicidade


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

JBS exclui marca ‘Friboi’ da embalagem de produtos

Imagem: Divulgação.
Imagem: Divulgação

A Friboi deixou de ser o xodó da JBS dos irmãos Batista. Desde a primeira semana deste mês, as carnes da empresa trazem uma logomarca diferente da original – que, após os desdobramentos da Operação Lava Jato, passou a ser demonizada por consumidores nas redes sociais.

De acordo com a Folha de S.Paulo, as redes de supermercados já estão recebendo novas imagens do produto para divulgação em folhetos de preços, em uma nova versão sem a palavra Friboi.

O posicionamento da empresa está associado à repercussão da delação dos executivos da JBS na Lava Jato, que desencadeou campanhas de boicote de consumidores revoltados ante as revelações de corrupção.


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

Solidariedade Aquece: Petrolina inicia hoje(17) campanha do agasalho 2017

campanha do agasalho

Em Petrolina, quem deseja ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social já pode fazer a sua parte através de doações da Campanha do Agasalho 2017 que será iniciada neste sábado (17).

Com tema ‘A solidariedade Aquece’, a campanha aceita doações de roupas e cobertores que podem ser entregues em diferentes pontos de coleta da cidade. Neste sábado (17), equipes estarão de plantão em dois pontos estratégicos localizados na Praça do Bambuzinho e também em frente à Prefeitura de Petrolina.

O material arrecadado será doado, prioritariamente, às pessoas atendidas no Centro Pop de Petrolina, mas dependendo da quantidade das doações recebidas, outras instituições também poderão ser beneficiadas.

Além disso, as doações também poderão ser feitas no River Shopping e na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais (Facape) até o próximo dia 30 de Junho. A ação é desenvolvida pela prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento  Social e Direitos Humanos.


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

Aécio pede que sua eventual prisão seja julgada no plenário do STF

A defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu hoje (16) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto.

Está marcada para terça-feira (20), na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

O advogado Alberto Zacharias Toron, que representa Aécio, argumentou que o tema afeta a relação entre os poderes, e, por isso, deve ser analisado pela composição completa do Supremo, “diante do inegável alcance político/institucional que a controvérsia assume”.

Ao negar um primeiro pedido da PGR pela prisão de Aécio, o ministro Edson Fachin, então relator do caso, mencionou a garantia constitucional do parlamentar, mas disse que, em um momento posterior, o assunto deveria ser melhor discutido em plenário. Entretanto, após a redistribuição do processo, a pedido da defesa, o novo relator, Marco Aurélio Mello, pautou a questão para a Primeira Turma.

Nesta semana, a Primeira Turma do STF decidiu, por 3 votos a 2, manter Andréa Neves, irmã de Aécio, presa preventivamente, ao julgar improcedente um recurso da defesa.

Votaram a favor da prisão os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux, enquanto o relator, Marco Aurélio Mello, e Alexandre de Moraes votaram pela soltura da investigada. (Agência Brasil)


Postado em Notícias | Por

jun 17

17 junho 2017

STF discute se Fachin poderá ser relator da delação da JBS

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) julga na próxima quarta-feira, 21, se o ministro Edson Fachin deve ser o relator da delação ao Grupo J&F. Além disso, os 11 ministros também devem travar uma discussão mais ampla, sobre qual é o papel do relator diante da homologação de colaborações premiadas.

O debate vai ser feito a partir de questionamentos apresentados pela defesa do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB-MS), que questiona o fato de as petições e inquéritos terem sido encaminhados diretamente ao ministro, relator da Lava Jato.

A defesa sustenta que as delações dos empresários do Grupo J&F, do qual o frigorífico JBS faz parte, deveriam ter sido distribuídas por sorteio, sob a alegação de que o ministro tem a prevenção para ser o relator de ações relacionadas à Operação Lava Jato, mas não aos novos casos trazidos com base no acordo de colaboração dos irmãos Joesley Batista, Wesley Batista e demais executivos do grupo.

Caso o plenário decida que não há prevenção para Fachin, poderá ser determinada uma nova distribuição dos inquéritos, por sorteio. A possibilidade de as decisões tomadas até aqui no curso do inquérito serem revistas também será analisada pelos ministros.

O inquérito contra o presidente Michel Temer (PMDB) e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) foi baseado nas delações dos empresários da J&F e estão sob a relatoria de Fachin, que já apontou acreditar que o caso tem conexão com a investigação da Lava Jato.

A investigação contra o senador afastado Aécio Neves, no entanto, foi redistribuída para o ministro Marco Aurélio Mello.

Citação

O autor do pedido de redistribuição do inquérito contra Temer, Reinaldo Azambuja, foi citado pela JBS, e o ministro Fachin autorizou que o conteúdo que o atinge fosse enviado para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Azambuja e o ex-governador do Mato Grosso do Sul André Puccineli (PSDB-MS) teriam recebido, de acordo com a delação dos executivos da JBS Wesley Mendonça Batista e Valdir Boni, um montante de R$ 150 milhões entre 2007 e 2016 para conceder benefícios fiscais à companhia.

Quando revelada essa informação, Azambuja, em nota oficial, afirmou que dos cinco termos de acordo de incentivos fiscais firmados entre a JBS e o Estado do Mato Grosso do Sul, citados por Joesley Batista em delação premiada, apenas um foi assinado em sua gestão. O governador disse que o acordo foi feito de maneira legal. Azambuja afirmou que recebeu da JBS R$ 10,5 milhões, repassados pelo PSDB, para sua campanha em 2014, dinheiro, segundo ele, regularmente declarado na prestação de contas eleitorais.


Postado em Notícias | Por

jun 16

16 junho 2017

Governador visita Centro de Gestão e Guarda de Documentos da Cepe

 
Estrutura abriga os serviços de digitalização, gestão e guarda de todo o acervo documental do Estado
 
 
O governador Paulo Câmara visitou, na manhã desta sexta-feira (16.06), o Centro de Gestão e Guarda de Documentos (CGGD) da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe),  localizado no Cone Multimodal de Suape, no Cabo de Santo Agostinho – Região Metropolitana do Recife. O local, responsável pelos serviços de digitalização, gestão e guarda de todo o acervo documental do Estado, possui uma estrutura de 5.880 m2, com capacidade de armazenamento de 990 mil caixas box e digitalização de 4 milhões de imagens por mês. 
 
“Estamos vivendo na era do conhecimento, do mundo digital e há uma necessidade de estarmos permanentemente buscando opções que agreguem tecnologia, que sejam economicamente viáveis e que garantam a integridade das documentações. E o nosso Governo trabalha antenado nessas questões. Buscamos eficiência, economicidade e, acima de tudo, a garantia da preservação dos nossos documentos. E isso está sendo feito de forma muito profissional pela Cepe”, destacou Paulo, após conhecer as dependências administrativa e operacional do galpão.
 
Paulo destacou ainda que o serviço, ao diminuir a necessidade de circulação de papéis, contribui com a promoção da sustentabilidade. “Pernambuco tem uma história rica e que precisa ser preservada, assim como seus documentos. Então, o que a gente encontra aqui é a garantia da segurança e da preservação de todo o acervo estadual. E isso nos garante, também, a  possibilidade de termos qualidade, preço e um cuidado maior com o meio ambiente”, cravou.
Com a Lei Estadual nº 15.529, de 23 de junho de 2015, a Cepe passou a ter a exclusividade na gestão operacional relativa à execução dos serviços de digitalização, gestão e guarda de documentos de caráter intermediários, do acervo documental dos órgãos da administração direta e indireta estadual, podendo ser contratada por inexigibilidade.
 
E para oferecer mais comodidade e agilidade no acesso à informação e segurança na documentação, a área de armazenamento do CGGD possui altura de 12m e estantes porta pallets de 10m, tudo protegido e equipado com sistema CFTV, preventivo e brigada anti-incêndio, além do controle de acesso com vigilância 24 horas. A estrutura conta com equipe altamente capacitada para os serviços de digitalização e acervo de qualquer tipo, tamanho e estado de documento. 
 
O diretor-presidente da Cepe, Ricardo Leitão, pontuou os benefícios do serviços de digitalização documental. “Nós empregamos 215 pessoas, gerando emprego para a população, e cobramos 30% a menos que as empresas privadas cobrariam pelo mesmo serviço. Temos a consciência que preservar documentos administrativos que, no futuro, podem se transformar em patrimônios históricos é um dever da Cepe como missão institucional e é um trabalho que a gente acredita ser essencial para o futuro do Estado”, ressaltou. Leitão lembrou ainda que foram investidos pela Companhia um total de R$ 3,6 milhões no CGGD, e faturados, até o momento, um total de R$ 9,2 milhões. 
 
A Cepe atende as Secretarias de Educação, Administração e Saúde, Corpo de Bombeiros, Arquivo público, Porto do Recife, Lafepe, CPRH, Funape, Copergás, Fundação Hemope, Instituto Dom Helder Câmara, IRH, Compesa e Detran. Foram contabilizadas, até o momento, cerca de 13 milhões de digitalizações, organização de aproximadamente 5 milhões de conjuntos documentais e armazenamento de 320.000 caixas box.
 
Fotos: Wagner Ramos/SEI

Postado em Notícias | Por

jun 16

16 junho 2017

Serviços do Portal de Finanças da Prefeitura do Recife ficam indisponíveis no próximo domingo(18)

 

Portal estará indisponível em virtude de manutenção no Data Center

 

 

A Secretaria de Finanças do Recife informa que, no próximo domingo(18), todos os serviços do Portal de Finanças no site da Prefeitura do Recife estarão indisponíveis em virtude de manutenção no Data Center. Na segunda-feira(19) os serviços voltarão a funcionar normalmente.

Mabel Maria

Assessora de Comunicação

Secretaria de Finanças da Prefeitura do Recife

Controladoria Geral do Município


Postado em Notícias | Por

Página 12 de 658« Primeira...1011121314...203040...Última »