Publicidade


set 8

8 setembro 2017

Preso, Geddel é levado para Brasília


Publicidade



O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) deixou o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, no início da tarde desta sexta-feira (8). A aeronave decolou da capital baiana, por volta das 13h20, com destino a Brasília. A ação foi comandada pela Polícia Federal (PF), que usou um jatinho no transporte.

Geddel foi preso preventivamente (sem prazo determinado) por volta das 7h desta sexta. A prisão foi determinada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, em uma nova fase da Operação Cui Bono, que investiga fraudes na Caixa Econômica Federal.

Geddel, que já cumpria prisão domiciliar, foi preso três dias após a PF ter encontrado R$ 51 milhões em um bunker supostamente utilizado pelo peemedebista.

O pedido de prisão foi apresentado pela PF e, posteriormente, acabou endossado pelo Ministério Público Federal (MPF). O argumento dos investigadores para solicitar que o ex-ministro retorne para a cadeia é o eventual risco de “destruição de elementos de provas imprescindíveis à elucidação dos fatos”.

Além disso, o juiz que pediu a prisão disse em documento que o exame pericial feito no valor encontrado no bunker identificou fragmentos de impressões digitais do ex-ministro.


Postado em Notícias | Por

set 8

8 setembro 2017

Nova denúncia contra Temer terá ao menos sete delações

segunda denúncia criminal contra o presidente Michel Temer deve ser oferecida pela Procuradoria-Geral da República na semana que vem, a última de Rodrigo Janot à frente do Ministério Público Federal. O procurador-geral disse aos seus interlocutores que a acusação – que desta vez terá como base pelo menos sete delações premiadas – só sairá de seu gabinete quando e se estiver madura.

 Se confirmadas as previsões, a denúncia virá, portanto, depois do desfecho do caso Joesley Batista. Janot quer resolver o quanto antes a situação do acordo de delação premiada do Grupo J&F, atualmente em processo de revisão.

A nova acusação que envolve o presidente da República é diferente da primeira – em que o foco era apenas sua atuação. Agora, a denúncia será mais ampla, pois ela trata da formação de uma organização criminosa, o que implica a atuação de um grupo. O procurador-geral da República prepara uma acusação que se fundamenta em delações anteriores à do Grupo J&F e também a um acordo posterior, o do corretor Lúcio Funaro, apontado pelas investigações como “operador de propinas” do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O procurador sustentará que há uma organização criminosa formada pelo grupo ligado a Temer com base em depoimentos que foram prestados desde as primeiras delações – do ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef. Também devem ser usados elementos do acordo da Odebrecht, do operador Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, e do ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado.

Publicidade


Dentro da Procuradoria-Geral da República, a avaliação é de que ainda que se levante qualquer questionamento sobre o acordo de delação premiada do Grupo J&F, a nova denúncia contra Temer se sustentará, pois ela “é robusta e se fundamenta em outros pilares”, além da gravação do presidente feita pelo empresário Joesley Batista no Palácio do Jaburu.

A defesa de Temer tem usado o argumento das “fragilidades” no acordo, incluindo a concessão do perdão judicial aos colaboradores, para atacar Janot e as investigações do procurador sobre o peemedebista.

Reta final. As investigações por organização criminosa, que tiveram início em 2015, na primeira leva de inquéritos da Lava Jato encaminhada ao Supremo Tribunal Federal, têm sido transformadas em denúncias na reta final de Janot. O procurador-geral da República quer concluir as acusações contra parlamentares dos três principais partidos que teriam atuado na Petrobrás – PP, PT e PMDB – antes de deixar o cargo.

Janot já encaminhou as denúncias com relação ao PP e ao PT e, agora, sua equipe conclui as peças sobre o PMDB do Senado e da Câmara. O procurador-geral chegou a pedir ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, a inclusão do presidente Michel Temer na investigação relacionada ao chamado “quadrilhão” do PMDB da Câmara. Fachin não incluiu o nome do presidente, mas disse que o procurador poderia seguir nas investigações relacionadas à JBS.

Apesar de o pedido não ter sido atendido, a PGR apura a suposta atuação do presidente no que considera uma organização criminosa formada por políticos e operadores para praticar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. O presidente tem negado as acusações.


Postado em Notícias | Por

set 8

8 setembro 2017

Cabrobó comemora 89 anos com a presença do ministro da Integração Nacional

Em meio às festividades do aniversário de 89 anos de emancipação política de Cabrobó, na próxima segunda-feira (11), a cidade do Sertão pernambucano vai comemorar a data com inauguração de obra, desfile, shows, homenagens e a presença do ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho.

A programação começa às 9h com a inauguração do Canteiro de Jardim da BR 428, em parceria com o posto Limarques. Depois, às 10h, o prefeito do município, Marcílio Cavalcanti, segue com o ministro da Integração Nacional para a Barragem do Tucutu, onde religam a primeira estação de bombeamento (EBI-1) para abertura das comportas e visita as obras da Meta 1N do Eixo Norte do projeto de Integração do Rio São Francisco.

“A abertura das comportas da Barragem de Tucutu vai permitir a perenização do Riacho Grande, possibilitando o abastecimento de água para o homem do campo e o incremento da produção agrícola de 2 mil famílias que ocupam uma área de 10.200 hectares”, comemora o chefe do executivo municipal.

Ao meio dia, as atenções se voltam para a Câmara de Vereadores do município, onde serão entregues os títulos de Cidadão Cabroboense para o assessor político do ex-Governador Miguel Arraes, Adilson Gomes, e o secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Márcio Stefanni.

De acordo com Marcílio Cavalcanti, Cabrobó tem motivos de sobra pra comemorar estes 89 anos. “Temos um passado de conquistas, vivemos um presente de lutas e a cada dia construímos um futuro de boas perspectivas e ganhos sociais para todos. Estamos concluindo as instalações da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) e até o final do ano estaremos concluindo e entregando obras estruturadoras na sede e interior do município”.

Um desfile cívico pelas principais avenidas da cidade, às 16h, amplia as comemorações dos 89 anos de Cabrobó, que se encerram às 22h, na Concha Acústica, com os shows dos cantores Dorgival Dantas e Pedrinho Pegação.

Publicidade


Postado em Notícias | Por

set 8

8 setembro 2017

Há ‘fortes indícios’ de que dinheiro em ‘bunker’ seja de Geddel, diz PF

Polícia Federal afirma que há “fortes indícios” de que os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador pertencem ao ex-ministro Geddel Vieira Lima.

 A prisão de Geddel, efetuada nesta sexta (8), foi decretada na quinta (7) pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal.

Segundo a decisão do juiz, a PF informou que “o dinheiro apreendido tem, certamente, origem ilícita, decorrente das atividades criminosas praticadas por Geddel Quadros Vieira Lima no comando da Vice-Presidência de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal e, possivelmente, de outras que porventura podem vir a ser descobertas”.

No despacho, o juiz afirma que “esses novos fatos mostram que seriam atuais as condutas ilícitas praticadas por Geddel”, “como a lavagem e ocultação de ativos, que podem ter sido praticados pelo primeiro por meio dos serviços do operador financeiro Lúcio Funaro”.

Ele destaca que Funaro, réu na Operação Sépsis, afirmou em depoimento que Geddel recebeu R$ 20 milhões desviados de empréstimos referentes a J&F, Marfrig e Bertin.

Segundo a decisão do juiz, a PF encontrou no “bunker” uma fatura em nome de Marinalva Teixeira de Jesus, “pessoa detentora de vínculos empregatícios com o Lúcio Vieira Lima”, irmão de Geddel e deputado federal pelo PMDB-BA.

IMPRESSÕES DIGITAIS

O relatório confirma que “alguns fragmentos de impressões digitais” de Geddel e de Gustavo Ferraz foram identificados no dinheiro apreendido.

Ferraz, apontado como homem ligado a Geddel, também foi preso. “Tendo sido, inclusive, indicado por ele para buscar, em 2012, valores ilícitos remetidos por Altair Alves, emissário de Eduardo Cunha”, diz o despacho do juiz.

A PF argumentou que o decreto de prisão era necessário “para a garantia da ordem pública e para a aplicação da lei penal, pois os novos fatos descobertos ou seja, a manutenção desses valores em espécie em local totalmente desvinculado de documentação formal, com o intuito de ocultar recursos decorrentes das atividades ilícitas praticadas”.

O juiz argumenta que houve “reiteração delitiva” do ex-ministro durante cumprimento de prisão domiciliar.

“No momento, são fortes os indícios do delito de lavagem de capitais, tudo apontando ao fato de que o requerido não cumpriu a decisão (de prisão domiciliar) na sua integralidade (em paralelo e desde antes de sua prisão), e de que esteja reiterando na conduta criminosa, sendo a hipótese de decretação de sua prisão preventiva, a fim de que seja sustada a continuidade delitiva”, afirma. Com informações da Folhapress.


Publicidade


Postado em Notícias | Por

set 8

8 setembro 2017

Alunos de escola municipal de Petrolina recebem visita de jogadores de futebol americano

Os estudantes da Escola Municipal Nossa Senhora Rainha dos Anjos (antigo CAIC), na Cohab Massangano, em Petrolina, tiveram uma aula diferente. Nessa semana, os alunos foram visitados pelos jogadores do Carrancas, time de futebol americano da cidade. A ida dos atletas até a sala de aula foi organizada depois que os alunos do 6º C fizeram uma homenagem ao time durante as aulas de Inglês e artes da professora Daniela Vieira.

Os jogadores receberam o vídeo dos alunos prestes a viajar para um jogo e se sentiram motivados pela atitude e resolveram retribuir o gesto com uma aula diferente. Segundo o treinador e presidente do Carrancas, Victor Porto, o incentivo e participação da sociedade  são fundamentais para o time. “Quando vimos o trabalho da turma, o time todo ficou muito feliz e emocionado em saber que temos torcida, em especial das crianças da cidade. Por isso, resolvemos fazer essa retribuição na escola para mostrar que, também, torcemos por eles”, frisou.

Na quadra, os atletas apresentaram o esporte e demonstraram um pouco dos passes usados em campo. Os estudantes conheceram de perto os equipamentos utilizados pelo time durante as disputas, inclusive a bola oval, e tiveram a oportunidade de treinar com os jogadores. “Foi muito legal a surpresa, uma emoção muito grande poder jogar com eles”, destacou o estudante, Tayson Gabriel.

Surgido nos Estados Unidos, o futebol americano vem crescendo e criando mais torcedores. Com três anos de atividade e 60 atletas, o Carranca vem se destacando no cenário nacional. Atualmente, o time disputa a Liga Nacional e, no próximo dia 16, no estádio de Petrolina, enfrenta a equipe Recife Apaches pela 4ª rodada do campeonato.


Postado em Notícias | Por

set 8

8 setembro 2017

Rinaldo Lima assina a charge desta sexta-feira

O trabalho do jornalista e artista visual Rinaldo Lima atravessa todas as fronteiras.


Postado em Notícias | Por

set 7

7 setembro 2017

Palocci cita reunião com Lula, Dilma e Gabrielli para acertar propina

ex-ministro Antônio Palocci afirmou, nesta quarta-feira, 6, ao juiz federal Sérgio Moro, que participou de uma reunião com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o então presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, na qual Lula pediu “contribuição” oriunda de contratos do pré-sal para a campanha de sua sucessora, em 2010, à Presidência da República.

Palocci foi preso na Operação Omertà, desdobramento da Lava Jato, em setembro de 2016, e foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 12 anos e 2 meses de prisão. Ele está tentando fechar acordo de delação premiada com a força-tarefa do Ministério Público Federal.

O ex-ministro resolveu confessar seus crimes em interrogatório no âmbito de processo relacionado à suposta compra, pela Odebrecht, do apartamento vizinho ao de Lula, em São Bernardo do Campo, e do terreno onde seria sediado o Instituto Lula. Segundo o Ministério Público Federal, os imóveis são formas de pagamento de vantagens indevidas ao petista.

O ex-ministro mencionou uma reunião, em 2010, no Palácio da Alvorada, da qual teria participado, ao lado de Dilma Rousseff, Lula, e do então presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli.

O petista diz nunca ter ouvido Lula falar de uma “maneira tão direta” como naquela reunião:

“Ele disse: ‘eu chamei vocês aqui por que o pré-sal é o passaporte do Brasil para o futuro, ele que vai dar combustível para um projeto político de longo prazo no Brasil, ele vai pagar as contas nacionais, vai ser o grande financiador dos grandes projetos do Brasil, e eu quero que o Gabrieli faça as sondas pensando nesse grande projeto para o Brasil. Mas o Palocci está aqui, Gabrielli, porque ele vai lhe acompanhar nesse projeto, porque ele vai ter total sucesso e para que garanta que uma parcela desses projetos financie a campanha dessa companheira Dilma Rousseff, que eu quero ver presidente do Brasil”, relatou o ex-ministro a Moro.

Palocci ainda disse que Lula “encomendou” a Gabrielli que, “através das sondas, pagasse a campanha da presidente Dilma em 2010 pedindo, obviamente, às empresas os valores que seriam destinados à campanha”.

No entanto, apesar da suposta “encomenda”, Palocci frisou que Gabrielli nunca cometeu ilícitos. “Na terceira reunião que eu tive com ele ele deixou claro que não ia viabilizar contribuição de campanha nesse projeto”.

O petista ainda contou que as empresas nacionais que se envolveram em projetos de navios-sonda nunca pagaram propinas em esquemas da Petrobras, porque os contratos “não davam margem” a estes repasses.

“As estrangeiras pagaram ao Vaccari porque vinham com sua curva de aprendizagem”.

Defesa

O advogado Cristiano Zanin Martins, defensor do ex-presidente Lula, declarou em nota. “Palocci muda depoimento em busca de delação. O depoimento de Palocci é contraditório com outros depoimentos de testemunhas, réus, delatores da Odebrecht e com as provas apresentadas.

Preso e sob pressão, Palocci negocia com o MP acordo de delação que exige que se justifiquem acusações falsas e sem provas contra Lula.

Como Léo Pinheiro e Delcídio, Palocci repete papel de validar, sem provas, as acusações do MP para obter redução de pena.

Palocci compareceu ato pronto para emitir frases e expressões de efeito, como ‘pacto de sangue’, esta última anotada em papéis por ele usados na audiência.

Após cumprirem este papel, delações informais de Delcídio e Léo Pinheiro foram desacreditadas, inclusive pelo MP.”

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da ex-presidente Dilma, que ainda não se pronunciou.


Postado em Notícias | Por

set 7

7 setembro 2017

Após viagem à China, Temer participa de desfile de 7 de setembro

presidente Michel Temer chegou a Brasília na quarta-feira (6) após viagem de uma semana à China, onde participou de reuniões da 9ª Cúpula dos Brics, e logo mais, nesta quinta (7), estará acompanhado da primeira-dama, Marcela, no tradicional desfile de 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Este será o segundo ano no qual o presidente participa das ações do Dia da Independência. Em 2016, ele teve de lidar com intensas manifestações de cidadãos contrários a seu governo.

De acordo com o G1, Temer não deve chegar no Rolls Royce presidencial aos desfiles e também não deve fazer discurso.

O evento, responsável por gastos de R$ 787 mil por parte do governo, tem início às 8h45 e os desfiles, às 9h.


Postado em Notícias | Por

set 7

7 setembro 2017

Em audiência com ministro das Cidades, Miguel pede a liberação de financiamentos de R$ 88 milhões para obras de saneamento e pavimentação

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, se reuniu, ontem (6), com o ministro das Cidades, Bruno Araújo e solicitou a liberação de financiamentos que somam R$ 88 milhões para obras em pavimentação e saneamento de diversos bairros da cidade.

Entre as intervenções previstas com esses investimentos está o esgotamento sanitário da Bacia do Dom Avelar e dos bairros Antônio Cassimiro I e II, zona norte. Segundo Miguel, a prefeitura já deu entrada junto com a Compesa para a liberação desses recursos.

Já para as ações de pavimentação, Miguel aguarda a liberação de cerca de R$ 50 milhões que garantirão o calçamento de ruas e avenidas em vários pontos do município sertanejo. De acordo com o gestor, a expectativa é de que as obras já iniciem este mês, quando a cidade completará 122 anos. (foto/divulgação)


Postado em Notícias | Por

set 7

7 setembro 2017

Crianças de Petrolina comemoram Semana da Pátria com ato cívico e poesia

 

Um ato cívico com direito a execução do hino nacional, hasteamento da bandeira, homenagens e poesia movimentou nesta quarta-feira (6), em Petrolina – PE, as crianças do Ensino Fundamental I do Plenus Júnior. As comemorações da Semana da Pátria começaram logo cedo no pátio da escola com a conscientização sobre a importância da pátria, da história do país e do compromisso de cada um para com o Brasil.

Durante a abertura, a Diretora Pedagógica, Sílvia Santos, falou sobre pátria, nação, cidadania e os valores que importam na educação das novas gerações. “Precisamos orientar os alunos para que cuidem adequadamente da própria terra em que vivem. Ao se sentir parte deste patrimônio comum, incluindo a história, a língua e a cultura, a criança valoriza sua identidade e reproduz com as demais pessoas o verdadeiro patriotismo”.

Ainda no período da manhã, os alunos ouviram o agente da Polícia Federal, Joselmo Sento-Sé Duarte, que fez uma reflexão acerca do amor que devemos ter por nosso país. Ao final da sua fala, o agente surpreendeu a todos recitando o poema ‘Carta de Amor ao Brasil’, de Fernando Rizzolo. E foi também com poesia que o radialista e vereador de Petrolina, Gabriel Menezes, saudou a todos. Recitando os versos de Mariane Bigio, ele lembrou o Brasil, ainda no reinado português, citou o príncipe regente Dom Pedro e o grito que nos libertou às margens do riacho Ipiranga.

No turno da tarde, os alunos também escutaram o Hino da Independência do Brasil e ouviram atentamente poesias e manifestações patrióticas do publicitário e professor Aloísio Gomes. O major da Polícia Militar (BA), Irlan Gouveia Matos, encerrou o encontro falando sobre a importância da educação no desenvolvimento do patriotismo.


Postado em Notícias | Por

Página 20 de 753« Primeira...10...1819202122...304050...Última »