Publicidade


ago 5

5 agosto 2020

Paulo Câmara anuncia investimento de R$ 23 milhões para garantir internet gratuita aos estudantes da rede estadual


Publicidade



Foto: Heudes Regis/SEI – Data: 05-08-2020 – Covid-19 – Pronunciamento do Governador Paulo Câmara e do secretário Fred Amancio/Educação

 
Programa “Conecta Aí” vai beneficiar alunos e professores do ensino público, patrocinando dados de internet
 
O governador Paulo Câmara anunciou, nesta quarta-feira (05.08), um investimento de R$ 23 milhões para garantir internet gratuita aos estudantes da rede estadual de ensino, neste ano letivo de 2020, diretamente afetado pela pandemia da Covid-19. O programa, denominado “Conecta Aí”, vai beneficiar cerca de 500 mil alunos de escolas públicas estaduais, patrocinando pacotes de dados de internet para acesso gratuito ao material da Plataforma Educa-PE, do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e do Google Classroom. Além disso, 30 mil professores da educação básica e cinco mil estudantes de baixa renda da Universidade de Pernambuco (UPE) também serão favorecidos. A previsão para início do programa é 11 de agosto, em comemoração ao Dia do Estudante.
 
“Esse é mais um importante passo para fortalecer a educação em nosso Estado, valor fundamental do nosso governo, e assegurar o acesso à internet neste período tão desafiador para todos. A pandemia da Covid-19 impôs desafios na educação, tanto para a administração pública quanto para as famílias e, sobretudo, para os professores e estudantes. Enquanto tivermos que conviver com as restrições provocadas pelo novo coronavírus, o ensino remoto fará parte do processo de aprendizagem”, afirmou o governador.
 
Os professores que atuam na rede pública estadual também serão beneficiados nas transmissões das aulas pela internet, no acesso às ferramentas virtuais de interação com os estudantes e na participação em diversos cursos oferecidos pela Secretaria de Educação e Esportes, por meio da plataforma Educa-PE. Trata-se de um grande programa de formação continuada, com foco no uso de novas tecnologias e desenvolvimento de competências.
 
“É importante registrar que o ‘Conecta Aí’ será muito relevante neste período de suspensão das aulas nas escolas, mas também após a retomada das atividades presenciais. O uso do conteúdo digital será fundamental para a adoção do ensino híbrido, modelo no qual o estudante faz parte das atividades na escola e complementa o aprendizado com atividades não presenciais”, disse o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio. De acordo com o gestor, o conteúdo poderá ser acessado através de todas as operadoras de telefonia que atuam em Pernambuco, e os dados utilizados serão pagos pelo Governo do Estado.
 
CONTEÚDO ONLINE – A Secretaria de Educação e Esportes oferta aulas não presenciais através da plataforma Educa-PE desde 6 de abril, em quatro diferentes canais de TV aberta e na internet, pelo YouTube e Facebook. Em 16 de abril, foi lançado ainda o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), espaço que concentra recursos educacionais digitais alinhados ao Currículo de Pernambuco e integrado ao Educa-PE.
 
A iniciativa reúne materiais de apoio pedagógico e videoaulas. A plataforma conta ainda com recursos extras para a preparação das aulas, atividades reflexivas e desafios temáticos. O AVA Educa-PE está disponível no site: http://educape.educacao.pe.gov.br/educape, e para acessá-lo o estudante utiliza a matrícula dele no Sistema de Informações da Educação de Pernambuco (SIEPE). Também estão disponíveis as funcionalidades da ferramenta Google Classroom para todos os estudantes e professores.
 
Além disso, o PE no ENEM oferece aulões preparatórios não presenciais todos os sábados pela manhã, em parceria com professores de escolas particulares, com transmissão ao vivo pela internet e por TV aberta. O órgão disponibilizou também, em seu site oficial, orientações de materiais complementares para estudantes e professores desenvolverem atividades e estudarem durante o período de isolamento. O conteúdo é voltado para a Educação Infantil, Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Finais), Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação do Campo, Educação Inclusiva, Educação Indígena e para o Projeto Travessia.
 
 
Fotos: Heudes Regis/SEI
ASCOM

Postado em Notícias | Por

ago 5

5 agosto 2020

“Quando o colaborador desiste” Artigo escrito por Ligia Molina

Você deve estar pensando, “como assim, desistir do trabalho? Chutar tudo para o alto em plena crise?”

Pois é, mesmo correndo o risco de ficar meses parado, mesmo correndo o risco de ter uma queda significativa no padrão de vida, alguns profissionais estão remando contra a maré e desistindo de seus trabalhos.

O pior de tudo é ver que o líder e, algumas vezes, a própria área de recursos humanos não se espantam com isso. Quando essa situação ocorre, é fato que alguma coisa não está bem. Existe um problema que precisa ser entendido e principalmente resolvido.

O papel da área de recurso humanos dentro de uma empresa é muito maior do que garantir o pagamento correto dos colaboradores, é entender todo o contexto do negócio, é fomentar uma cultura baseada na ética e principalmente capacitar/apoiar a liderança e colaboradores.

Vejo também que, muitas vezes, a área de Recurso Humanos é colocada como uma área de menor valor na empresa (algo secundário). Isso está errado!! Como pode a área que cuida do bem maior da empresa (pessoas) não ter voz ativa?

Publicidade


O despreparo da liderança e uma área de recursos humanos ausente, faz com que a empresa perca bons profissionais para a concorrência.

Confesso que fico bastante chocada quando vejo a rotatividade gigante de determinadas cadeiras dentro de uma empresa. Não é normal que em menos de um ano, passe três pessoas por uma determinada posição.

O problema não é o salário pago, não são os benefícios oferecidos, é um conjunto de fatores que tornam o ambiente um lugar muito difícil de trabalhar.

Tudo precisa ser revisto: o processo de contratação, a integração de novos colaboradores, análise do clima da empresa, a cultura organizacional, a forma de gestão, a preparação da liderança para gestão de pessoas, o papel do RH, a posição dos donos ou CEOs de empresas.

Não vamos usar a pandemia como muleta, para escondermos problemas existentes nas organizações.

Muitos deverão estar pensando: este é o momento de pensarmos na sobrevivência do negócio.

Concordo plenamente, só que com um time motivado, pessoas engajadas com o propósito da empresa, tudo fica mais fácil de atravessar uma crise e fortalecer a empresa para a retomada da economia.

É momento de mudança em todos os sentidos.

Pense nisso!!

 

Ligia Molina é professora de gestão de pessoas na IBE Conveniada FGV. É educadora corporativa e mentora de líderes.

INFORME PUBLICITÁRIO


Postado em Dicas | Por

ago 5

5 agosto 2020

Ampliação do número de testagem para Covid-19 em Afogados

FOTO:ASCOM

Por determinação do Prefeito José Patriota, a Secretaria Municipal de Saúde de Afogados da Ingazeira vai ampliar ainda mais a testagem da população para covid-19. Até ontem (04), 1.799 afogadenses já haviam sido testados para a doença.

 

Além dos mil testes rápidos adquiridos com recursos próprios pela Prefeitura, dos testes RT-PCR obtidos via convênio firmado entre a AMUPE e a UFPE e dos testes de swab feitos no LACEN – laboratório do Governo de Pernambuco, a Prefeitura está licitando a compra de mais seis mil testes. A informação foi repassada pelo Vice-Prefeito Alessandro Palmeira, durante a testagem do idosos da ASAVAP, realizada nesta terça (04), com as presenças do Vice-Prefeito e do Secretário de Saúde de Afogados, Artur Amorim.

 

“A ampliação da testagem, a identificação e isolamento dos casos positivos, suspeitos e seus contatos, tem se mostrado a maneira mais eficaz de controlar a proliferação desenfreada do vírus em nossa cidade. Aliado, é claro, ao monitoramento rigoroso do isolamento dessas pessoas,” destacou o Vice-Prefeito Alessandro Palmeira.

 

Segundo o Vice-Prefeito, a meta preconizada pela Organização Mundial de Saúde, é a testagem de pelo menos 25% da população. Poucos ou nenhum município do Brasil, conseguiu atingir essa meta. O Brasil continua sendo um dos países que menos testa para covid-19 no mundo. Em comunidade oficial, divulgado ainda em Abril, a OMS já recomendava ser “essencial ter dados acurados em tempo real sobre os testes dos suspeitos, o isolamento e rastreamento dos contatos e a capacidade de atendimento dos serviços de saúde”.

 

Ao todo trinta e sete idosos e jovens residem hoje na ASAVAP, que possui vinte funcionários entre Técnicos de Enfermagem, Auxiliares Administrativos, Auxiliar de Limpeza e direção, que trabalham em rodízios de plantão 24 horas. Todos eles foram testados. A boa notícia é que todos os 57 resultados foram negativos para a covid-19. “Agradecemos ao Governo Municipal não só pela testagem, uma vez que trabalhamos com pessoas da área de risco, mas também por estar sempre aberta a parcerias com a ASAVAP sempre que precisamos e buscamos”, declarou o Diretor da associação, Romildo Souza.

 

 “Quero, em nome da Prefeitura, parabenizar os cuidadores e os responsáveis pela ASAVAP, por manterem um rigoroso protocolo de acesso à instituição, o que vem salvaguardando e protegendo a vida dos idosos, mantendo eles longe da ameaça do coronavírus,” finalizou Alessandro Palmeira, que participa, na manhã desta quarta (9h), da entrega do laboratório de robótica na Escola Dom Mota. 

 

Prefeitura de Afogados da Ingazeira
Núcleo de Comunicação Social

 

Publicidade


Postado em Sertão | Por

ago 5

5 agosto 2020

João Paulo Costa declara apoio à Cida, pré-candidata a prefeita de Solidão

O deputado estadual João Paulo Costa (AVANTE), visitou Solidão, no Sertão do Pajeú, e declarou apoio à pré-candidatura de Cida Oliveira à Prefeitura do município. O parlamentar destacou que a experiência de Cida é essencial para um novo período de desenvolvimento. “Por ter sido prefeita duas vezes, ela já tem bastante experiência e vai fazer uma gestão ainda melhor. Cida conhece as necessidades das pessoas e a população também conhece o trabalho dela. No período da seca, quando Solidão mais precisou, Cida permaneceu com o povo e construiu poços artesianos, açude e barragens de pequeno porte para combater a estiagem. Juntos, vamos realizar ainda mais pela cidade”, afirmou João Paulo.

 

Cida Oliveira foi prefeita durante dois mandatos, entre os anos de 2008 e 2016. Durante sua gestão, também realizou importantes avanços nas áreas da Educação, Saúde e Lazer, com equipamentos como a quadra poliesportiva, uma creche, uma escola e um posto de saúde. “Estou muito feliz com o reconhecimento do nosso trabalho em Solidão. Ouvi os pedidos da população e decidi concorrer novamente à Prefeitura. A parceria com o deputado estadual João Paulo Costa será importante para levarmos melhorias à nossa cidade e quem mais precisa. O deputado é uma grande força que une juventude e boas ideias para o nosso município e o nosso Estado”, declarou. 

 
ASCOM

Postado em Política | Por

ago 5

5 agosto 2020

Saiba se a sua TPM é leve, moderada ou se é um transtorno disfórico

*Por Rodrigo Ferrarese

Estou feia. Estou inchada. Estou gorda. Não consigo parar de comer. Ele não me ama mais. Ele me irrita. Só choro. Parece familiar? Sim, é a famosa TPM! Você se identificou com alguma (ou todas) as afirmações? Fique sabendo que não está sozinha!

Esse conflito de pensamentos é muito comum durante a tão conhecida Tensão Pré-Menstrual – a TPM – também chamada de Síndrome Pré-Menstrual.

1 – O que é a TPM

Essa fase conhecida como TPM se mostra por um conjunto de sintomas físicos, emocionais e comportamentais que acontecem de maneira recorrente de uma a duas semanas antes do início da menstruação e melhora quando ela começa. E aí é aquele alívio que, junto com o sangue, vem o fim dessa desestabilização psíquica. Aproximadamente 80% das mulheres apresentam algum sintoma de TPM, com duração e intensidade variáveis.

Quando os sintomas são tão graves que causam prejuízos para o convívio social, profissional e familiar, chamamos de transtorno disfórico pré-menstrual – TDPM. A disforia é uma dificuldade de euforia, que vem do grego: “eu” = bem e phoros = o que carrega. Usamos euforia para representar um sentimento de alegria e bem-estar. O disfórico está indo ao caminho oposto dessa satisfação. Por sorte, esse transtorno disfórico pré-menstrual é mais raro, acometendo aproximadamente 5% das mulheres.

Ainda não se sabe o motivo da TPM aparecer – claro que há relação com os benditos hormônios femininos e suas oscilações -, mas o mecanismo pelo qual isso acontece ainda é obscuro.

2 – Quais os sintomas da TPM

Os sintomas da TPM vão além do emocional e provocam também queixas físicas. As mais frequentes são maior sensibilidade nas mamas; dor e inchaço nas pernas e, às vezes, no corpo todo. Ganho de peso, cansaço, distensão abdominal, acne, ansiedade, depressão, mudanças de humor, depreciação da auto imagem, alteração do apetite, e irritabilidade sendo esse último sintoma o mais frequente. Quantos desses sintomas você sente?

Tecnicamente, para podermos dizer que você “está de TPM”, basta que vivencie um sintoma que dure cinco dias antes de menstruar. Quando há até três sintomas, considera-se uma TPM leve. Quando há quatro sintomas, a TPM é moderada. Acima de cinco sintomas é necessária uma avaliação para verificar a chance de ser o transtorno disfórico.

Antes de dizer por aí que você está com TPM ou alguém que convive com uma mulher com TPM, dizer por aí “fulana está com TPM”, é importante se atentar para outras causas de quadro semelhante, como ansiedade e depressão.

 3 – Quais os tratamentos para a TPM

O tratamento para combater a TPM é muito variado e pode incluir desde mudanças no estilo de vida, e terapias, até a realização de cirurgia para retirar ovários e encerrar problemas menstruais (nos casos mais graves).

Exercícios aeróbicos podem reduzir o número e a intensidade de sintomas. O controle do estresse, com sono adequado, e exercícios de meditação também conseguem melhorar sintomas da TPM.

Sobre a alimentação, de maneira geral, aumentar a ingestão de proteínas e diminuir a de carboidratos traz benefícios para a mulher com TPM. É importante também tentar identificar se algum alimento em específico piora sua TPM, o que pode acontecer com cafeína, por exemplo.

A fitoterapia pode ser uma grande aliada para o alívio da TPM. Opte por vitex, gengibre e camomila. O óleo de prímula ainda não tem sua eficácia comprovada, mas algumas pacientes afirmam que ajuda bastante.

4 – Quando procurar ajuda médica para tratar a TPM

Há medicamentos capazes de resolver sua TPM. Perca o preconceito em relação a tomar remédio. Por vezes, é melhor ter uma qualidade de vida adequada e digna do que ser a durona que não vai tomar remédio. De todas as formas, fale com seu ginecologista. Em relação a cirurgia como tratamento pode ser uma alternativa, mas fica restrita para pacientes com quadro intenso ainda após os 51 anos de idade.

5 – Minha grande dica sobre a TPM é aceitar que ela existe

Quando o problema aparece, é preciso dar as mãos e cuidar desse transtorno. Fingir que ele não existe, só vai te deixar mais exausta. Por esse mesmo motivo, não procure uma válvula de escape, não coma a tigela de macarronada à bolonhesa, a barra de um quilo de chocolate e não se mate de trabalhar. A exaustão e o sentimento de culpa vêm pior depois, alimentando o ciclo vicioso.  Evite tomar decisões importantes nessa fase.

Experimente contar para as pessoas de seu convívio que você tem TPM, que sofre com ela e que é passageira. Na correria do dia a dia, as pessoas nem sempre notam o quanto esse período é ruim para você. Dizendo-lhes, a compreensão será maior. Quem sabe você até ganhe mais um chocolate! Aproveite e peça para ser 70% e sem açúcar!

Sobre Dr. Rodrigo Ferrarese

O especialista é formado pela Universidade São Francisco, em Bragança Paulista. Fez residência médica em São Paulo, em ginecologia e obstetrícia no Hospital do Servidor Público Estadual. Atua em cirurgias ginecológicas, cirurgias vaginais, uroginecologia, videocirurgias; (cistos, endometriose), histeroscopias; ( pólipos, miomas), doenças do trato genital inferior (HPV), estética genital (laser, radiofrequência, peeling, ninfoplastia), uroginecologia (bexiga caída, prolapso genital, incontinência urinaria) e hormonal (implantes hormonais, chip de beleza, menstruação, pílulas, Diu…).  Mais informações podem ser obtidas pelo canal no YouTube e também pelo Spotify –https://linktr.ee/dr.rodrigoferrarese  ou pelo site https://drrodrigoferrarese.com.br/

INFORME PUBLICITÁRIO


Postado em Artigo | Por