Publicidade


jan 19

19 janeiro 2020

Comerciários cobram organização de caminhões no centro comercial de Afogados da Ingazeira

Publicidade


Foto:Facebook

Os veículos de grande porte estão a vontade ao mesmo tempo que causam transtornos ao comércio e condutores, também deixa um rastro de destruição nos fios de internet, ainda existem os que entram na cidade passando por cima de tudo, calçadas, animais.
A solução para alguns comerciantes é uma zona azul para melhorar o fluxo no centro da cidade.
“Precisamos sim dos caminhões, mas a prefeitura de Afogados da Ingazeira tem que tomar uma providência a respeito dessa carga e descarga. O caminhão toma quatro frente de lojas. E além do ALVARÁ pagamos por a placa de publicidade da loja vem junto com ALVARÁ. E sem contar da poluição, onde as vezes fica mais de horas ligado e jogando CO2… pra dentro das lojas” disse o comerciante Marciel Carvalho.


Postado em Sertão | Por

jan 18

18 janeiro 2020

Oportunidade para ser um músico em Afogados da Ingazeira

 Abertas matrículas para Escola de Música em Afogados da Ingazeira

A Escola Municipal de Música Bernardo Delvanir Ferreira abriu matrículas para diversos cursos, num total de 70 vagas, distribuídas entre os cursos de iniciação musical e instrumentos – violão, teclado, trombone, trompete, clarinete, violino clássico, viola clássica, violoncelo e bateria.

Publicidade

As matrículas podem ser feitas na sede da escola, na Rua Antônio Vidal – nº 68, nos horários de oito ao meio-dia e de duas às cinco da tarde. Para matrícula, são necessárias a declaração da escola regular em que o aluno está matriculado, xerox da certidão de nascimento ou RG e comprovante de residência. A matrícula e as aulas são gratuitas, ofertadas como política pública da Prefeitura de Afogados da Ingazeira.

As matrículas se encerrarão quando do preenchimento das vagas disponíveis. A previsão para início das aulas é no próximo dia 10 de Fevereiro.

Colaboração de Rodrigo Lima/Assessoria de Comunicação


Postado em Sertão | Por

jan 17

17 janeiro 2020

Prefeitura de Sanharó inicia recapeamento asfáltico de nove ruas

Começam as obras para asfaltar nove ruas de Sanharó

A Prefeitura de Sanharó, no Agreste, deu início esta semana a uma obra que vai entrar para a história da cidade: o recapeamento asfáltico de nove ruas do Centro. O asfalto vai melhorar a mobilidade no município e proporcionar mais segurança a motoristas e pedestres, já que as vias também vão receber pintura reflexiva e placas de sinalização. Nessa primeira etapa serão executados cerca de 9.500 m2 de recapeamento asfáltico. Os trabalhos estão sendo realizados pela Construtora Ancar e o contrato prevê um prazo de 12 meses de execução.

A novidade atraiu a atenção dos moradores, que ocuparam a praça central do município para acompanhar o início dos trabalhos. O comerciante e historiador Rodolfo Monteiro elogiou a iniciativa. “É uma obra de grande magnitude para o município, vai melhorar muito o comércio, facilitando a entrada e saída de mercadorias”. Para o mototaxista Carlos Alexandre Almeida Silva, o obra vai colocar Sanharó em um novo patamar. “Sanharó está se transformando numa cidade modelo”, completou.

“Já iniciamos 2020 com essa excelente notícia para o povo sanharoense. Essa obra, além atender uma reivindicação da população, deixará uma marca histórica na mobilidade urbana no município. Estamos transformando a cidade e colocando-a nos trilhos do desenvolvimento”, comemorou o prefeito Heraldo Oliveira. Ele lembrou que os distritos de Barriguda e Boi Manso também estão recebendo pavimentação granítica (calçamento).

Colaboração de Pedro Romero/Assessoria de Comunicação


Publicidade


Postado em Sertão | Por

jan 17

17 janeiro 2020

V GERES em Garanhuns anuncia vacinação contra febre amarela

V GERES informa sobre vacinação contra Febre Amarela em Garanhuns e região
Ministério da Saúde e da SES/PE implatam nova rotina para ampliar cobertura vacinal da população

O Ministério da Saúde, através da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunização, ampliou a vacinação contra a febre amarela para os municípios da região nordeste que ainda não faziam parte da área de recomendação de vacinação (ACRV). Desta forma, todo o país passa a contar com a vacina contra a febre amarela na rotina dos serviços. Pernambuco era considerado fora da área de recomendação (ASRV).

A Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, através da Superintendente de Imunizações e das Doenças Imunopreveníveis, sob a coordenação da Dra. Ana Catarina Melo, apresentou no mês de dezembro, em evento no auditório da V GERES,  em Garanhuns, o plano de implantação da vacina na rotina de vacinação no estado. O encontro organizado pela V GERES, sob a gestão de Catarina Tenório, contou com a presença de coordenadores municipais da vigilância em saúde, Imunização, e Atenção Primária em Saúde dos 21 municípios pertencentes à regional de saúde. Garanhuns e Palmares foram escolhidas para começarem a nova rotina.

No início deste mês de janeiro, a V Gerência Regional de Saúde, através do Programa de Imunização, iniciou o abastecimento dos municípios com a vacina, que deverá ser ofertada para as pessoas de nove meses a 59 anos de idade. Gestantes e mulheres que estejam amamentando crianças com até 6 meses de vida, que nunca foram vacinadas ou sem comprovante de vacinação, não há indicação para imunização.  O imunizante está disponível para a população diariamente nos postos de saúde, integrando o calendário vacinal, assim como as doses contra doenças como sarampo e caxumba.

As secretarias municipais são as responsáveis pelas vacinações, e as pessoas podem procurar os postos de vacinação. Além dos municípios da V GERES, aqueles que estão situados na área de abrangência da III GERES, sediada em Palmares, também já podem buscar a vacinação. A previsão é que a vacina esteja à disposição das demais regionais a partir do mês de março.

A ação visa prevenir a população contra a Febre Amarela e impedir seu retorno ao estado. Não há casos registrados desde 1938.

Para saber mais:
V GERES – Gerência Regional de Saúde
Dra. Catarina Fábia Tenório
Endereço: Rua Joaquim Távora, 240 – Garanhuns/PE
Telefone: (87) 3761.8341 / 3761.8342
E-mail: gerencia.saude.pevgeres@hotmail.com

Colaboração de Ronaldo César


Postado em Sertão | Por

jan 16

16 janeiro 2020

Milho e sorgo foram entregues no sertão pernambucano

CRÉDITO: Edilson Júnior/SDA

Governo de Pernambuco entrega sementes de milho e sorgo a agricultores do Sertão do estado

 

O Governo de Pernambuco deu início, nesta quinta-feira (16), no município de Custódia, à distribuição de sementes do Programa Campo Novo aos agricultores dos 56 municípios do Sertão Pernambucano. Ao todo serão distribuídas 530 toneladas de sementes, sendo 445 toneladas de milho e 85 toneladas de sorgo forrageiro, que chegarão aos agricultores exatamente na quadra chuvosa da região, que vai de dezembro a março. Cerca de 75 mil famílias de agricultores serão beneficiadas.

Com investimento global de R$ 1,9 milhão, as sementes distribuídas sob a coordenação do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), vão permitir o cultivo de 22.250 hectares de milho, com uma produção estimada de 225 mil toneladas, e 16.500 hectares de sorgo, com uma produção que pode chegar a 530 mil toneladas de massa verde (forragem) para alimentação animal.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, o governador Paulo Câmara não mediu esforços para que as sementes chegassem agora no início das chuvas. “A previsão da APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima) para este ano são de chuvas normais a acima da média no Sertão, daí a importância das sementes chegarem à mão de vocês neste momento”, destacou Dilson, durante evento do Programa Campo Novo realizado no Parque de Exposições de Custódia.

“Este ano as sementes estão chegando na época certa, ainda no mês de janeiro, para que o agricultor possa aproveitar o período chuvoso e garantir uma boa colheita”, reforçou o presidente do IPA, Odacy Amorim. Ainda segundo Odacy, em breve o Instituto vai passar a produzir também embriões para o melhoramento genético do rebanho bovino do estado.

A agricultora Antônia Maria da Silva, da comunidade quilombola de Buenos Aires, uma das beneficiadas pelo programa, comemorou a chegada das sementes. “Antes a gente recebia as sementes depois que as chuvas passavam. Então a gente tinha que se virar para conseguir dinheiro e comprar as sementes. Este ano a gente não vai precisar fazer isso”, afirmou.

Anfitrião do ato que marcou o início da distribuição de sementes, o prefeito de Custódia, Manuca, destacou a parceria com o Governo do Estado no auxílio aos agricultores. “Esse serviço voltado aos agricultores é um dos melhores prestados pelo Estado. Só temos a agradecer ao Governo, à Secretaria, aos nossos deputados e senadores. Nossos parceiros nesse trabalho de melhorar as condições de vida da população de Custódia”, ressaltou.

Além de milho e sorgo, o Programa Campo Novo inova este ano com a inclusão da palma forrageira para os municípios da bacia leiteira do Araripe. As variedades distribuídas serão a Sertânia e Orelha de Elefante, ambas resistentes à cochonilha. Ao todo, serão distribuídas 2 milhões de raquetes de palma, com o objetivo de incentivar a retomada do cultivo da cultura como estratégia de convivência com o Semiárido e mitigação dos efeitos da seca.

“Essa distribuição será realizada em parceria com as prefeituras, as associações e os agricultores. Nós vamos entregar 1.000 raquetes para uma família de agricultores, eles vão plantar e depois de um ano vão nos devolver 500 raquetes, que vamos juntar as novas raquetes que vamos produzir e distribuir para outras famílias”, explicou Dilson Peixoto. O programa prevê a implantação, nos próximos três anos, de 3.500 Unidades Familiares de Multiplicação da Palma Forrageira.

Além do secretário Dilson Peixoto, do presidente do IPA, Odacy Amorim, e do prefeito Manuca, estiveram presentes no evento o deputado federal Carlos Veras; o presidente do Iterpe, Altair Patriota; além de técnicos e diretores da SDA, do IPA e do Iterpe.

TABIRA – A agenda da Secretaria de Desenvolvimento Agrário no Sertão pernambucano incluiu ainda uma visita ao Curral do Gado no município de Tabira, que disputa com Caruaru o posto de cidade com a maior feira de gado do Estado.

Acompanhado do prefeito Sebastião Dias, do deputado Carlos Veras e de gestores e técnicos da Secretaria e do Iterpe, o secretário Dilson Peixoto conheceu o Curral do Gado e avaliou com o prefeito a viabilização da segunda etapa da requalificação do espaço, que prevê a construção de um novo curral para caprinos, ovinos e suínos, um novo escritório para a Adagro, posto policial, e ampliação da área de carregamento dos caminhões. Por edição, são comercializados cerca de 6 mil animais, movimento de R$ 6 milhões a R$ 7 milhões.

Colaboração da Assessoria


Postado em Sertão | Por

Página 3 de 2.11212345...102030...Última »