Publicidade


nov 21

21 novembro 2016

Oposição é favorável a alguns projetos e outros não, enviados a Assembleia Legislativa de Pernambuco


Publicidade





silvio-costa-filho-foto-joão-bita-alepe-1024x682Oposição pede esclarecimentos sobre projeto que aumenta a contribuição do Estado ao Sassepe

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai cobrar do Governo do Estado maiores explicações sobre o Projeto de Lei Complementar 1.096/2016, encaminhado ao Legislativo na última sexta-feira (18), junto com um conjunto de outras medidas propostas pelo Executivo estadual, que em sua maioria tratam da concessão de incentivos ao setor produtivo.

O PLC 1.016 concede autorização excepcional, para o exercício de 2016, para que o Estado possa contribuir com o equivalente a três vezes os valores mensais previstos na Lei que criou o Sistema de Saúde dos Servidores do Estado de Pernambuco – Sassepe, e segundo a Oposição, pode significar problemas de caixa no Sassepe. “O PLC 1.096/2016 chamou a atenção por sua excepcionalidade e por ter o Estado empenhado, até outubro, R$ 342,7 milhões, de um total previsto na LOA 2016 de R$ 383,7 milhões”, explicou o deputado Silvio Costa Filho (PRB), líder da Bancada de Oposição, justificando o motivo do pedido de explicações complementares.

Em relação aos demais projetos enviados na última sexta-feira, o deputado se declara favorável às medidas. “Em linhas gerais, os demais projetos de lei concedem incentivos à utilização de gás natural, ao setor atacadista e às companhias aéreas em atuação no Estado. Essas medidas, que não representam riscos à arrecadação, como justifica o Estado, são ações que tendem a incentivar a economia e são sempre bem vindas em momentos de crise como o enfrentado atualmente”, avaliou.

Pedro Ivo Bernardes

Assessoria de Imprensa


Postado em Política | Por

nov 21

21 novembro 2016

Compesa vai ampliar sistema de abastecimento de água de Araçoiaba

romulo-aurelio

Sistema de Abastecimento de Água de Araçoiaba será ampliado

 

Foto: divulgação/Compesa

 

Está sendo desenvolvido um projeto  pela Companhia  Pernambucana de Saneamento-Compesa  para  ampliar a oferta de  água do município de Araçoiaba, localizado a  40m quilômetros do Recife. O empreendimento  prevê  uma vazão de 120 litros de água por segundo, a partir  do Sistema Botafogo, situado no município de Igarassu. O novo sistema também transportará água tratada para o Complexo Prisional de Araçoiaba, que está com as obras em andamento. O projeto, que ficará pronto em dezembro deste ano,  será dividido em duas  etapas: a construção de uma nova adutora  e a requalificação da rede de distribuição da cidade. Com o término do projeto, que está sendo executado por técnicos da  Compesa,  a  empresa irá captar recursos para viabilizar as obras.

Publicidade


O novo sistema de abastecimento de água da cidade de Araçoiaba irá beneficiar  cerca de 20 mil  pessoas, mas o projeto terá o alcance de 31 mil pessoas no horizonte de 20 anos. Segundo o diretor Técnico de Engenharia  da Compesa, Rômulo Aurélio Souza,  o projeto está sendo elaborado pelos  próprios engenheiros da  empresa. “A iniciativa é uma demonstração da capacidade técnica dos nossos profissionais e também  é uma forma de reduzir custos”, afirmou o diretor. Segundo ele, o projeto  vai melhorar a qualidade de vida da população, ao promover a estabilidade no fornecimento de água para o município, ao longo do ano, evitando a redução da oferta devido à sazonalidade, principalmente, na época do verão.

A expectativa da Compesa   é retirar a cidade do racionamento com as intervenções a serem realizadas. Atualmente,  Araçoiaba  tem um rodízio, que hoje é de um dia com água para três sem. A obra, ainda sem previsão de início, será realizada num prazo de 18 meses, e vai aumentar a produção de água proveniente do Sistema Botafogo – Barragem de Catucá e Adutora de Arataca – e dará garantia de sustentabilidade hídrica à Araçoiaba, visto a intermitência do atual manancial que abastece a cidade, o Riacho Floresta. No total, calcula-se que serão investidos cerca de R$ 21 milhões.

O projeto prevê a implantação de 16,4 quilômetros de extensão de adutora de 400 mm (ferro fundido), que vai captar água ao lado da Estação Elevatória de Água Bruta 1  pertencente ao Sistema Botafogo, localizada no limite dos municípios de Araçoiaba e Igarassu   até uma nova Estação de Tratamento (ETA) a ser construída na entrada da cidade. A partir desta ETA, será construída também uma Estação Elevatória para bombear água tratada até um Reservatório Elevado existente que, por sua vez, transportará água ao Complexo Prisional de Araçoiaba por meio de um conjunto de adutoras exclusivas, com cerca de 7 quilômetros de extensão, assim como reforçará o abastecimento de água da cidade.

Assessoria de Imprensa da Compesa


Postado em Notícias | Por

nov 21

21 novembro 2016

SERRA TALHADA // Combustível do Posto 411 recebe atestado de qualidade do IPEM / INMETRO

whatsapp-image-2016-11-21-at-11-48-26

Em passagem por Serra Talhada-PE para averiguar volume e qualidade, o IPEM / INMETRO, órgão fiscalizador que atesta a quantidade volumétrica e a qualidade dos COMBUSTÍVEIS nos Postos Revenderores, validou por mais um ano a licença do Posto 411.

whatsapp-image-2016-11-21-at-11-48-28

Os selos foram colocados garantindo ao cliente segurança certificada e  aprovada pelo IPEM / INMETRO. Essa é uma fiscalização de rotina que acontece nos postos revenderores de combustíveis da região.

INFORME PUBLICITÁRIO

Publicidade


Postado em Sertão | Por

nov 21

21 novembro 2016

Portaria exige uso de calçados para aulas e exames práticos de “ACC” e categoria “A”

exame-pratico-acc_foto_paulo-maciel-22
Devido aos altos índices de acidentes com condutores de motos e ciclomotores, onde muitas vezes provocam mutilações dos membros inferiores atingindo com mais frequência os pés, conforme constatação do Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto (CEPAM), o diretor presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Charles Ribeiro, assinou portaria que começa a valer hoje, 21, estabelecendo a obrigatoriedade do uso de calçados fechados para realização das aulas práticas e dos Exames Práticos de Direção Veicular para obtenção da Autorização para Conduzir Ciclomotor “ACC” e da categoria “A”.

A medida, que foi publicada no Diário Oficial do Estado em 21 de outubro, passou a valer após um prazo de 30 dias, onde foi possível realizar ações educativas e dar conhecimento aos envolvidos diretamente com essa norma, como os Centros de Formação de Condutores – CFCs, instrutores e examinadores.

FOTOS: PAULO MACIEL // DETRAN-PE

FOTOS: PAULO MACIEL // DETRAN-PE

De acordo com Ribeiro, o Núcleo de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial da Universidade de Pernambuco – UPE também apresentou estudo técnico de acidentes envolvendo motocicletas e ciclomotores, que inclusive, é destacado em palestras realizadas pela Coordenadoria de Educação de Trânsito. “Considerando esses fatores, nosso objetivo é proporcionar ainda mais segurança aos nossos candidatos à obtenção da “ACC” e da categoria “A” e dessa forma, ainda educar esses condutores para o uso contínuo desses calçados”, defendeu.

Além dessa nova resolução, o DETRAN-PE, como medida preventiva de acidentes tem investido em várias ações educativas em todo estado, além de disponibilizar Curso de Direção Defensiva voltado aos condutores desses veículos. Atualmente a frota pernambucana é de 957.895 motos e ciclomotores, que nos anos de 2014 e 2015 geraram um custo de acidentados ao Estado de 1,2 bilhões e 917 milhões, respectivamente.

Em 2015, o número de acidentes envolvendo esses veículos chegou a 32.881, sendo 5,5% menor que 2014 quando aconteceram 34.794. Já o número de óbitos teve uma redução de 12%, entre 2014 e 2015, saindo de 820 para 719.

 
Jô Lima – DRT/PE 1443
Assessora de Imprensa e Publicidade Institucional 

 


Postado em Notícias | Por

nov 21

21 novembro 2016

RECIFE//Continua em cartaz “A poética viagem de um barquinho”

imageContinuam esta semana, nos dias 21, 22 e 23, as apresentações da peça A viagem de um barquinhoa, às 16h, no Teatro Joaquim Cardozo. A peça é o resultado de um estudo de doutorado que tem como objetivo desenvolver, implantar e analisar os efeitos de uma proposta metodológica – a Microatuação. O espetáculo é gratuito e será oferecido a crianças de escolas públicas e também a entidades que atuam com crianças com deficiências – com o objetivo de aproximar esse segmento de público do universo do teatro para crianças.

A realização é do Grupo da Quinta, coletivo inserido nas ações de ensino, pesquisa e de extensão da Universidade Federal de Pernambuco desde 2003 e o texto é da escritora carioca Sylvia Orthof (1932-1997). O corpo artístico do grupo é composto por estudantes, professores e profissionais das Artes Cênicas, Música e Design da UFPE, coordenado pela professora e pesquisadora Rose Mary Martins, quem assina a direção artística da peça teatral e que utilizou sua pesquisa sobre os conceitos e procedimentos metodológicos de treinamento de atores referentes às suas performances com vocalidade em cena – iniciada em 2001, parte de seus estudos de mestrado – e que foi concluída em 2016 no Programa de Pós-graduação – PEPG – PUC-SP.
barquinho-2
“Nessa peça, a autora consegue fazer com que as crianças participem de uma viagem poética e repleta de ternura, atuando sobre a disponibilidade que todos temos de nos abrir para as experiências da vida”, comenta Rose Mary. “O texto, premiado em 1975, é uma obra inteligente, que consegue aliar uma boa capacidade de percepção poética da realidade a uma linguagem que fala com as crianças com muita fantasia e simplicidade. A palavra e a voz no teatro contemporâneo têm grande importância, sobretudo nos espetáculos dirigidos para a infância e para juventude”, continua.
barquinho-1-1
A montagem, segundo a diretora artística, pretende tornar claro o texto ampliando seu significado através da ação e da forma. “Propõe unir um tom ilusionista a uma atmosfera de muita fantasia a partir de uma encenação cuidadosa com a criação de uma trilha musical original, cenário, figurinos, e adereços que permitam estabelecer momentos de poesia e beleza nessa experiência estética, e, assim, redescobrir o espaço do onírico na vida do público”, explica.

FICHA TÉCNICA
DRAMATURGIA Sylvia Orthof
DIREÇÃO E PREPARAÇÃO CÊNICA Rose Mary Martins
PRODUÇÃO EXECUTIVA Jéssica Soares | Gárgula Produções
ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO Paulo Carvalho
TRILHA SONORA, DIREÇÃO MUSICAL E ILUSTRAÇÕES Matheus Mota
ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO E DESIGN GRÁFICO Hana Luzia
FIGURINO E CENÁRIO Marcondes Lima
ILUMINAÇÃO E MAQUIAGEM João Denys
EXECUÇÃO DE FIGURINO Silvana Lyra
EXECUÇÃO DE LUZ João Pedro Leite
EXECUÇÃO DE MAQUIAGEM Marco Salomão
EXECUÇÃO DE SOM Matheus Mota
CENOTÉCNICA Flávio Fernando
ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Hypolito Patzdorf
ASSESSORIA DE IMPRENSA Mila Portela

ELENCO
LAVADEIRA Isadora Lima
MENINO Pedro Rodrigues
SOL E SAPO Pablo Araújo
CAVALEIRO VERDE E SONHO Paulo Carvalho
CAVALEIRO AZUL E BARCO Boás Ribeiro / Pablo Araújo
PIRILAMPO E FADA PRINCESA Anastácia Rodrigues

Realização: Grupo da Quinta e Gárgula Produções
Apoio: Universidade Federal de Pernambuco
Incentivo: FUNCULTURA-FUNDARPE-SECRETARIA DE CULTURA-GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO.
Informações: 98763.5556

Créditos das fotos: WAGNER MELO COSTA

Ludmila Portela
VERBO Assessoria de Comunicação


Postado em Notícias | Por

nov 21

21 novembro 2016

MPT – Justiça interdita gesseira por risco de desabamento

empresasfechadas

Atendendo a pedido feito pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), a justiça do Trabalho interditou empresa Carlindo Joaquim Santana por risco de desabamento. A interdição foi feita no último dia 10 e é resultado de força-tarefa do órgão no polo gesseiro pernambucano.

Liminarmente, tanto a Carlindo como a Shelton Gomes de Andrade – ME, outra empresa acionada judicialmente pela mesma razão, deveriam ser interditadas, sendo as atividades retomadas após inspeção que ateste a inexistência de grave e iminente risco de vida no pátio fabril de cada uma delas. As decisões liminares foram tomadas no dia 30 de outubro e 3 de novembro.

Caso descumpram, os responsáveis legais das empresas estarão sujeitos à prisão em flagrante delito pelo crime de desobediência a decisão judicial e multa de 500 mil reais, a ser revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador.

No pedido de interdição pelo MPT de uma das empresas, o órgão alegou que há anos tem feito tratativas para regularizar a saúde e segurança no local, mas sem sucesso. O pedido foi feito com base em vários documentos, entre eles o relatório de inspeção, cópia de termos de ajuste de conduta, termo de conciliação, diversas fotografias e o relatório de análise pericial, feito durante a força-tarefa.

As ações civis públicas correm na Vara do Trabalho de Araripina.

Força-tarefa

De 24 a 28 de outubro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou força-tarefa nacional no polo gesseiro do Araripe. Ao todo, 83 empresas foram inspecionadas nas cidades de Araripina, Ipubi, Trindade e Ouricuri. Em dois estabelecimentos, o risco de desabamento da estrutura era tão grave que o órgão pediu à justiça que ordenasse a demolição deles. Ao todo, 997 trabalhadores foram beneficiados diretamente com a ação.

Participaram da força-tarefa quatro procuradores, oito analistas periciais, cinco motoristas e 16 policiais rodoviários federais. Das 83 empresas fiscalizadas, 66 estavam em pleno funcionamento, 17 estavam fechadas, interditadas ou desativadas.

ACP – 0001242-06.2016.5.06.0401/ Shelton Gomes de Andrade – ME

ACP – 0001243-88.2016.5.06.0401/ Carlindo Joaquim de Santana

 

unnamed-2


Postado em Sertão | Por

nov 21

21 novembro 2016

Vídeo institucional da Bellachic Cosméticos já está circulando nas redes sociais

captura-de-tela-2016-11-21-as-11-37-40

A maior loja de cosméticos do Pajeú lançou seu vídeo institucional nesta segunda-feira (21), Bellachic Cosméticos traz variedade com qualidade, um espaço completo para os profissionais da beleza.Uma loja ampla, bem localizada, no mesmo espaço onde funcionou a Center Magazine, era propósito da empresária Adriana mostrar o potencial da loja, confira o material produzido pela ZapVídeo em parceria com a Samburá Produções.



Postado em Sertão, Vídeo | Por

nov 21

21 novembro 2016

“Fiscaliza Tabira” perdeu força antes de nascer

11709631_513736822113109_6120567016059093507_nMovimento Fiscaliza Tabira morreu no nascedouro – Enquanto o Acorda Serra Talhada segue firme a sua luta e o Fiscaliza Afogados perde força, conforme o Blog do Nil divulgou no final de semana, o “Movimento Fiscaliza Tabira”, perdeu força de existir logo ao nascer. A sua passagem foi tão rápida que se resumiu ao anuncio do surgimento pelo Porta voz, radialista Léo Brasil, a um abaixo assinado entregue ao MP e a uma entrevista da ex-candidata a vereadora Silvio Patrício a Rádio Comunitária Cultura FM.

Léo comunicou a produção do Rádio Vivo e Cidade Alerta dias depois o seu afastamento, o documento dirigido ao MP não recebeu resposta da Câmara e Silvia, todo mundo sabe o que aconteceu.

Por Anchieta Santos


Postado em Política | Por

nov 21

21 novembro 2016

Eleição na Câmara de São José do Egito está com a minoria

49765452Minoria pode superar maioria na eleição da Câmara de São Jose do Egito, diz prefeito eleito – Falando a Rádio Cidade FM sobre a disputa pela Presidência da Câmara de São Jose do Egito, o Prefeito eleito Evandro Valadares(PSB), disse que entre os seis vereadores eleitos em seu palanque, só existe um candidato a Presidência da Câmara (não revelou o nome).

Do lado da oposição escuta falar que os sete pretendem o cargo, daí facilita a vitória da chamada minoria. Detalhe: Nos últimos dias circularam na imprensa da região que o Presidente atual Doido de Zé Vicente (reeleito vereador pela oposição), só aceita ser votado. O discurso não deve ter sido bem recebido entre os colegas de palanque.

Do Cidade Alerta com Anchieta Santos


Postado em Política | Por

nov 21

21 novembro 2016

Gonzaga Patriota declara apoio as 10 Medidas Contra a Corrupção

imagens-2-1-1024x702O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB/PE) declarou, nesta segunda-feira (20), apoio ao Projeto de Lei 4850/2016, que ficou conhecido como “10 Medidas contra a Corrupção”. De iniciativa do Ministério Público, o projeto teve o apoio da assinatura de mais de 2 milhões de brasileiros, e tem o objetivo de aprimorar a prevenção e o combate à corrupção no Brasil.

Segundo o parlamentar, é preciso punir exemplarmente os responsáveis por desvios de recursos públicos.

“A corrupção deve ser combatida, ela é prejudicial e atrapalha o desenvolvimento do nosso país. Quem roubar deve responder por isso, pois lugar de ladrão é na cadeia. Essas 10 medidas ajudarão a ampliar a transparência, prevenção, eficiência e efetividade no combate à corrupção”, avaliou.

Pacote anticorrupção

O Ministério Público Federal (MPF) sugeriu, em março de 2015, mudanças específicas em leis penais e processuais para crimes de corrupção no Brasil. As dez medidas elaboradas pelos procuradores da República incluem mecanismos para dar mais transparência ao Judiciário e ao próprio Ministério Público, mas dependem de aprovação do Congresso Nacional.

Entre as sugestões, os procuradores propõem tornar crime o enriquecimento ilícito por parte de agentes públicos e recomendam aumentar as penas para crimes de corrupção, que também se tornariam hediondos.

Outra proposta visa reduzir o número de recursos possíveis em um processo penal e ainda acelerar ações de improbidade administrativa, envolvendo desvios de recursos. Além disso, os procuradores sugerem criminalizar o caixa 2, isto é, a doação de campanha não declarada, incluindo punição para o candidato que for beneficiário.

 
Aline Benevides

Assessoria de Comunicação – Deputado Federal Gonzaga Patriota (PSB/PE)


Postado em Política | Por

Página 30 de 512« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »