Publicidade


jul 25

25 julho 2017

RETRATAÇÃO – Informação inverídica- “Nutricionista desmistifica as diferenças entre galinha caipira e galinha de granja”


Publicidade





Boa tarde,

Venho por meio deste e mail, confessar meu engano sobre parte da matéria: “Nutricionista desmistifica as diferenças entre galinha caipira e galinha de granja“.

Segundo informações da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA):

É inverídica a informação de que são utilizados hormônios na criação de frangos no Brasil.  Além de proibido pela Instrução Normativa n° 17, de junho de 2004, o uso de hormônios na avicultura industrial é inviável sob o ponto de vista técnico, operacional e financeiro, considerando o tempo de criação da ave, de 45 dias, e de manifestação de resultados deste tipo de substância sintética, superior a 60 dias.

– A ausência de hormônios é determinada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  O monitoramento é realizado pelo Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC).  Desde o início do monitoramento, nunca foi detectado qualquer desvio.

– A proibição do uso de hormônios não é uma exclusividade do Brasil. Esta é uma regra GLOBAL, adotada pelo International Poultry Council (IPC). Pelos mesmos motivos dos brasileiros, avicultores de outros países também descartam tal utilização por sua inviabilidade técnica, operacional e financeira.

– Não há qualquer desvio de qualidade nutricional entre os produtos da avicultura industrial do Brasil.  A qualidade é totalmente monitorada por técnicos das mais variadas áreas – inclusive, nutricionistas – garantindo um produto de excelência.  Atualmente, a carne de frango é a proteína animal mais consumida pelos brasileiros, com 41 quilos per capita/ano. A qualidade do produto brasileiro também é responsável pela liderança do país no mercado internacional.

Ao enviar o reliese, usei uma informação que não se comprovou. Errei.  Acho que temos sempre que comprovar as informações que trazemos.

Peço desculpas aos profissionais e leitores. A missão é tentar sempre o máximo de precisão possível nas informações.

Nutricionista desmistifica as diferenças entre galinha caipira e galinha de granja

Com os escândalos recentes da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, a carne do frango está tendo um lugar de honra na mesa dos brasileiros. A nutricionista Cláudia Oliveira diz que apesar da carne branca ser essencial, é preciso ter cuidado com a procedência da carne consumida.

“O Frango de granja é criado propriamente para o abate e consumo, seu tempo de crescimento é mais rápido, pois em sua dieta inclui diversos tipos de hormônios, o que modifica bastante o sabor da carne e compromete as condições nutricionais do alimento”, disse Cláudia

“Já a galinha Caipira, carne bastante apreciada pelo homem da roça, possui um valor nutricional agregado devido a qualidade do alimento consumido pelo animal, o qual é criado em ambiente aberto e consome em sua maioria alimentos de origem vegetal e livre de pigmentação (que é usada na ração para dar uma cor mais amarela à gema) ”, disse Cláudia, ressaltando que para quem vive na Cidade, longe de toda calmaria da vida campestre, consumir uma galinha com sabor e rica em proteína é bem difícil.

Pensando nisso, o agrônomo Paulo André decidiu iniciar a produção de galinha caipira em maior escala. Sem utilizar nenhum tipo de agrotóxico na alimentação ou no solo, e nenhum tipo de hormônio nas galinhas, Paulo vem se destacando no mercado por oferecer saúde em forma de alimento. No sítio onde fica a Agroindustrial Vale do Sino, a galinha vive de forma natural, com alimentação e condições de vida semelhante ao vivido em propriedades rurais.

“Nossas galinhas são criadas livres no campo, com espaço para correr e se alimentarem de pasto, além de frutas e verduras produzidas no próprio sítio. Criamos galinhas felizes, nos preocupamos com o bem estar animal e com sua harmonia na natureza”, ressalta o agrônomo, satisfeito com o trabalho desempenhado.

Ainda falando em alimentação orgânica, a nutricionista explica que a carne do frango e da galinha caipira tem sabor e propriedades nutricionais bem diferenciados. “A carne da galinha caipira é muito saborosa e com coloração mais escura que a do frango de granja”, destaca Cristiana e explica que essa coloração e sabor se dá porque a musculatura tem maior teor de mioglobina, proteína conjugada necessária para a ave andar e ciscar o dia inteiro.

Cláudia também diz que a carne da galinha caipira além de ser rica em proteínas é, também, fonte importante de energia e de outros nutrientes como vitaminas, minerais e lipídios. “A galinha tem uma carne bastante rica em ferro e nas vitaminas do complexo B, em especial niacina (músculo escuro) e riboflavina (músculo claro)”, destacou.

Rômulo França

Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Paulo Câmara: “Vamos investir mais de R$ 1 bilhão em parceria com os municípios”

Durante a solenidade de Abertura do 4º Congresso da Amupe, nesta terça-feira, o governador destacou as ações realizadas pelo Governo de Pernambuco em todas as regiões do Estado
Construir mecanismos em conjunto com os municípios para o desenvolvimento de ações que contribuem para o avanço de políticas públicas, por meio de um olhar federalista. Foi com esse sentimento que o governador Paulo Câmara destacou, durante a Abertura do 4º Congresso da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), o trabalho do Governo de Pernambuco para responder, em parceria com as prefeituras, as demandas de todas as regiões do Estado. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou que, em 2017, a administração estadual vai superar a marca de R$ 1 bilhão em investimentos. 
 
“Já anunciamos mais de R$ 800 bilhões de investimentos nas dez regiões em que estivemos no Pernambuco em Ação e vamos completar mais de R$ 1 bilhão em investimentos, com as visitas em mais duas regiões (Agreste Central e Região Metropolitana) em parceria com os municípios. Isso serve para que a gente tenha, até o final de 2018, a condição de continuar investindo em Pernambuco. Mas, principalmente, investindo naquilo que é prioridade e pode ajudar a melhorar a vida das pessoas que moram nas cidades”, destacou Paulo Câmara. 
Entre as obras que compõem esses investimentos, o governador detalhou ações nas áreas de infraestrutura, habitação, segurança hídrica, saúde, segurança, agricultura, além de um conjunto de ações que dialogam com a geração de emprego e renda. “Vamos fazer um Pernambuco mais justo, igual, fraterno, mas acima de tudo, um Pernambuco que seja um exemplo de federalismo para todo o Brasil”, completou.
 
O governador também pontuou que o Governo de Pernambuco seguirá com o repasse de recursos, por meio do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para que as prefeituras consigam promover obras e ações. “Eu quero continuar avançando com o apoio dos municípios, governando com parcerias, olhando Pernambuco por inteiro. A gente tem um desafio muito grande, mas nós vamos fazer juntos. Nós vamos continuar as obras do FEM e iniciar o FEM 3. Onde não foi iniciado, completar as obras e fazer com que elas saiam do papel, como no Pernambuco em Ação”, concluiu. 
 
Com o tema “A Cidade que Precisamos”, o Congresso da Amupe deste ano, que é realizado em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco, terá, ao longo dos seus três dias de duração, 28 painéis sobre temas diversificados, como saúde pública, transparência e controle social, iluminação, desenvolvimento sustentável e financiamento da educação. O evento tem como principal objetivo ajudar os municípios a implantar soluções criativas nas mais diversas áreas, para o enfrentamento da crise e apoio ao cidadão pernambucano.
 
O presidente da Amupe e prefeito do município de Afogados da Ingazeira, José Patriota Filho, avaliou a importância de um Congresso como o da Amupe como mecanismo de apoio aos gestores municipais. “Nós precisamos acreditar em Pernambuco, no Brasil, e sobretudo, acreditar nas pessoas. O Brasil tem jeito, tem saída, porque ele depende de nós mesmos, de nossas iniciativas e da nossa coragem de fazer. E no Congresso da Amupe, é a oportunidade de formação e capacitação das equipes dos municípios. Temos a oportunidade de aprender a fazer mais com menos, de celebrar parcerias, conhecer novas tecnologias. Aqui, nós aprendemos, mas também ensinamos. Essa troca enriquece ainda mais os nossos esforços”, frisou.
AMUPE – Criada em 1967, durante o Regime Militar, a entidade que atualmente conta com 171 municípios filiados tem como causa principal o fortalecimento das cidades pernambucanas, sobretudo, no que diz respeito à busca de métodos que tornem as administrações municipais mais eficazes.
Fotos: Aluisio Moreira/SEI

Publicidade


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Alunos da Rede Municipal de Petrolina recebem kits escolares

Mais 8.500 alunos da Rede Municipal de ensino de Petrolina foram contemplados com kits escolares pela Prefeitura.  Desta vez, os contemplados foram os estudantes do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Publicidade


De acordo com a Secretaria de Educação (Seduc), a montagem dos kits leva em consideração a série e a idade dos alunos, atendendo às necessidades específicas de cada fase escolar. Além de materiais como: cola, régua, caneta, lápis, tesoura, apontador e borracha; os kits escolares também contêm cadernos personalizados.

 “A educação é nossa prioridade. Não estamos medindo esforços para oferecer uma educação de qualidade, como nos confiou o prefeito Miguel Coelho. Muito feliz em perceber a alegria dos alunos ao receberem os kits que vão auxiliar nos estudos”, comentou Maéve Melo durante a entrega aos alunos da Escola Eliete Araújo de Souza, centro, Petrolina.

Em abril, mais de 35 mil alunos de educação infantil, pré- escola, séries iniciais e Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) já tinham recebido seus materiais. Para a aquisição de todos os kits, a prefeitura disponibilizou cerca de R$ 1,5 milhão.


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira

A lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) está disponível para consulta desde ontem  (24), na página eletrônica do Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam nesta terça-feira (25) e vão até sexta-feira (28) .

No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.


Publicidade


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Chuva permite melhorias no abastecimento de água  da cidade do Brejo da Madre de Deus

Fotos: Divulgação/Compesa

O intervalo sem abastecimento, a partir de agosto, cai de 28 dias sem água para quatro dias

A cidade de Brejo da Madre de Deus, na região Agreste, terá  o calendário de distribuição de água reduzido em 24 dias, a partir do dia primeiro de agosto. A melhoria no fornecimento de água se deve à excelente recuperação da Barragem Santana II, localizada na zona rural do município, que foi beneficiada com as chuvas registradas na região, nos últimos dias. O reservatório conseguiu acumular 575 mil metros cúbicos de água e está sangrando – fato que não ocorria desde julho de 2013. A população, que passava um intervalo de até 28 dias sem o abastecimento, será  atendida por meio de um rodízio de quatro dias com água e quatro dias sem.

Com esse volume acumulado, a Companhia Pernambucana de Saneamento -Compesa teve condições de diminuir o rodízio na cidade, que foi dividida em dois  setores de abastecimento, e assegura a distribuição de água até o próximo inverno. Brejo da Madre de Deus foi uma das cidades castigadas pela estiagem prolongada que assolou o Agreste por sete anos consecutivos. A Barragem Santana II chegou a entrar em colapso, em outubro do ano passado, quando o município passou a ser atendido apenas por carros-pipa. Essa situação perdurou até março, mês em que começou a chover na área de influência do reservatório, chegando a acumular 23% da sua capacidade.

“Naquela época, com o volume de 23%, tivemos condições de voltar a operar o sistema e  atender à população pela rede de distribuição”, relembra o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino. Em junho deste ano, a barragem ficou em situação de pré-colapso, chegando a apenas 6% da sua capacidade.  “Após esse período, as chuvas passaram a ser regulares e aos poucos o manancial foi aumentando o seu nível de armazenamento e hoje está cheio”, comemora Adelino.

Assessoria de Imprensa da Compesa


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Nutricionista desmistifica as diferenças entre galinha caipira e galinha de granja



Com os escândalos recentes da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, a carne do frango está tendo um lugar de honra na mesa dos brasileiros. A nutricionista Cláudia Oliveira diz que apesar da carne branca ser essencial, é preciso ter cuidado com a procedência da carne consumida.

“O Frango de granja é criado propriamente para o abate e consumo, seu tempo de crescimento é mais rápido, pois em sua dieta inclui diversos tipos de hormônios, o que modifica bastante o sabor da carne e compromete as condições nutricionais do alimento”, disse Cláudia

“Já a galinha Caipira, carne bastante apreciada pelo homem da roça, possui um valor nutricional agregado devido a qualidade do alimento consumido pelo animal, o qual é criado em ambiente aberto e consome em sua maioria alimentos de origem vegetal e livre de pigmentação (que é usada na ração para dar uma cor mais amarela à gema) ”, disse Cláudia, ressaltando que para quem vive na Cidade, longe de toda calmaria da vida campestre, consumir uma galinha com sabor e rica em proteína é bem difícil.

Pensando nisso, o agrônomo Paulo André decidiu iniciar a produção de galinha caipira em maior escala. Sem utilizar nenhum tipo de agrotóxico na alimentação ou no solo, e nenhum tipo de hormônio nas galinhas, Paulo vem se destacando no mercado por oferecer saúde em forma de alimento. No sítio onde fica a Agroindustrial Vale do Sino, a galinha vive de forma natural, com alimentação e condições de vida semelhante ao vivido em propriedades rurais.

“Nossas galinhas são criadas livres no campo, com espaço para correr e se alimentarem de pasto, além de frutas e verduras produzidas no próprio sítio. Criamos galinhas felizes, nos preocupamos com o bem estar animal e com sua harmonia na natureza”, ressalta o agrônomo, satisfeito com o trabalho desempenhado.

Ainda falando em alimentação orgânica, a nutricionista explica que a carne do frango e da galinha caipira tem sabor e propriedades nutricionais bem diferenciados. “A carne da galinha caipira é muito saborosa e com coloração mais escura que a do frango de granja”, destaca Cristiana e explica que essa coloração e sabor se dá porque a musculatura tem maior teor de mioglobina, proteína conjugada necessária para a ave andar e ciscar o dia inteiro.

Cláudia também diz que a carne da galinha caipira além de ser rica em proteínas é, também, fonte importante de energia e de outros nutrientes como vitaminas, minerais e lipídios. “A galinha tem uma carne bastante rica em ferro e nas vitaminas do complexo B, em especial niacina (músculo escuro) e riboflavina (músculo claro)”, destacou.

Rômulo França

Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

PF faz operação contra pedofilia em Pernambuco e outros 13 estados

Polícia Federal

Polícia FederalFoto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (25), a segunda fase de uma megaoperação para combater a exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet.

A operação Glasnost envolve cerca de 350 agentes federais, que vão cumprir 72 mandados de busca e apreensão, três de prisão preventiva e outros dois de condução coercitiva em 51 cidades nos Estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Piauí, Pará e Sergipe.

A ação desta terça é um desdobramento da primeira fase da operação, deflagrada em novembro de 2013, quando foram cumpridos 80 mandados de busca e prisão e realizadas 30 prisões em flagrante por posse de pornografia infantil.

A investigação teve como base o monitoramento de um site russo utilizado como uma espécie de “ponto de encontro” de pedófilos do mundo todo, e resultou na identificação de centenas de usuários, brasileiros e estrangeiros, que compartilhavam pornografia infantil na internet, bem como de diversos abusadores sexuais e produtores de pornografia infantil, tendo sido identificadas, ainda, diversas crianças vítimas de abuso.

Os suspeitos produziam e armazenavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e até bebês, muitos deles sendo abusados sexualmente por adultos, e as enviavam para contatos no Brasil e no exterior.

Anteriormente à ação desta segunda, os policiais federais já haviam cumprido medidas urgentes em cidades como Osasco (SP), Presidente Prudente (SP), Porto Alegre (RS), Vila Velha (ES), Jundiaí (SP), Praia Grande (SP), Campo Grande (MS) e Cachoeira do Itapemirim (ES) para identificar casos concretos de abusos sexuais contra crianças. Também foram presos os abusadores e identificadas as vítimas dos abusos.

Operação
O nome “Glasnost” faz uma referência ao termo russo que significa transparência. A palavra foi escolhida porque a maior parte dos investigados utilizava servidores russos para a divulgação de imagens de menores na internet e para realizar contatos com outros pedófilos ao redor do mundo.

Folha de PE


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Governo prepara plano de demissão voluntária para servidores

O Ministério do Planejamento prepara um Programa de Demissão Voluntária (PDV) para os servidores públicos federais. A medida, estima o governo, permitirá um corte de cerca de R$ 1 bilhão com a folha de pagamento a partir do próximo ano.

Os detalhes do programa deverão ser publicados em um medida provisória a ser enviada ao Congresso nos próximos dias. Para estimular adesões, o governo pretende conceder 1,5 salário para cada ano trabalhado. Hoje há cerca de 500 mil servidores ativos.

Atualmente, a despesa com o funcionalismo consome cerca de R$ 284 bilhões do Orçamento e só perde para o pagamento de aposentadorias (cerca de R$ 560 bilhões).

Apesar de lançar o programa neste ano, a economia com o pagamento de salários só começará a valer no próximo ano. No entanto, o governo já deve incluir a previsão de redução dessas despesas na proposta de Orçamento de 2018 que será enviada ao Congresso no final de agosto. As informações são da Folhapress.

 


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Brecha na Lei da Ficha Limpa pode beneficiar Lula em 2018

Uma brecha na Lei da Ficha Limpa permite que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP) se candidate para as eleições de 2018 mesmo se for condenado em segunda instância no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Condenados por órgão colegiados não podem se candidatar, mas os tribunais podem suspender a inelegibilidade de candidatos a pedido dos réus, como explica a Folha de S. Paulo. A concessão funciona como uma liminar concedida em meio à campanha.

O petista foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelo juiz Sergio Moro no dia 12 deste mês pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Lula recorre em liberdade. O caso será julgado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre.

Se o Tribunal Regional Federal (TRF) condenar o ex-presidente, ele não poderia concorrer às eleições de 2018. Se a condenação em segunda instância sair antes do registro de candidatura, em agosto do ano que vem, a defesa de Lula pode pedir ao Superior Tribunal de Justiça (STF) que ele tenha o direito de concorrer. O caso ainda é julgado com prioridade pelo tribunal.

Segundo especialistas, o artigo 26-C foi adicionado à Lei 64/1990 para evitar que uma decisão que ainda pode ser modificada produza um dano irreversível ao candidato.

O advogado e ex-juiz Márlon Reis, um dos idealizadores da Ficha Limpa, explica que a utilização do direito é rara, pois, apesar de eventualmente possibilitar a candidatura, pode ter uma decisão final antecipada sobre o cumprimento da pena pelo réu, já que o trâmite terá prioridade.

“Com essa liminar, ele [réu] atrai para si uma velocidade que nenhum advogado de um condenado quer. É um preço alto demais a pagar para participar de uma campanha”, afirma.

 


Postado em Notícias | Por

jul 25

25 julho 2017

Prefeitura de Petrolina capacita moradores do Residencial Brasil para o cultivo de horta urbana


Ao todo, 25 moradores do Residencial Brasil, zona oeste de Petrolina, receberam uma capacitação para que eles possam cultivar uma horta comunitária no espaço onde vivem. Entre os dias 19 e 21 deste mês, algumas palestras e visitas técnicas foram realizadas. As atividades integram o Trabalho Técnico Social realizado pela Proatec com os beneficiários do programa ‘Minha Casa Minha Vida’, do Governo Federal. O projeto Moradia Urbana com Tecnologia Social, foi idealizado pelo Instituto Pólis e que tem como tema a ‘Produção Agroecológica de Alimentos em Meio Urbano.

Na programação que terminou na última sexta-feira (21), os participantes visitaram duas hortas: a Recanto Madre Teresa, onde plantas medicinais e voltadas para o tratamento fitoterápico são cultivadas, e a horta urbana que foi implantada no Residencial Nova Petrolina, onde os moradores de lá já colhem legumes e verduras. Palestras educativas sobre o tema também foram realizadas abordando, entre outros assuntos, as variadas culturas que podem se desenvolver numa horta e as diversas técnicas de cultivo e manejo.

Além dos moradores do Residencial Brasil, também participaram das atividades os técnicos do Instituto Pólis, Geraldo Oliveira Neto e Ceceo Chaves, a diretora da Proatec, Valeria Neves, os membros da Proatec,  Angela Lamour, Géssica Nascimento e o engenheiro agrônomo George Caitano, além do Secretário-Executivo de Habitação, Ricardo Santos, do diretor Milcíades Filho e representantes da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade de Petrolina.

Texto: Felipe Pereira – AsCom Prefeitura de Petrolina Fotos: SEINFRAHM / Divulgação


Postado em Notícias | Por

Página 4 de 690« Primeira...23456...102030...Última »