Publicidade


abr 13

13 abril 2016

Seplag entrega Mapa Estratégico da Perpart


Publicidade



_DSC1880

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) entregou a estratégia para 2016/2019 da Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart) com a apresentação, nesta quarta-feira (13), do Mapa Estratégico do órgão. O evento aconteceu na sede da Perpart, no bairro do Cordeiro, e contou com a participação do secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo e Gestão, Maurício Cruz, e do diretor-presidente da empresa, Marcelo Barros.

Durante a solenidade, Maurício Cruz realizou uma detalhada explanação sobre todas as etapas do processo. Ele fez questão de ressaltar que o trabalho foi realizado de forma conjunta com a Perpart. “Construímos juntos. A participação da Seplag foi com o aporte de metodologia e como um ‘animador da festa’. O trabalho maior foi da própria Perpart. A bola agora está com vocês”, afirmou Maurício.

Marcelo Barros recebeu o Mapa Estratégico das mãos de Maurício. “Com comprometimento de todos que fazem a Perpart, nós vamos conseguir colocar em prática o que está previsto na estratégia. Agradeço o empenho de todos da Seplag e da Perpart, que elaboraram o Mapa e com disposição e empenho vamos continuar a missão da empresa”, disse.

Para desenvolver o Mapa Estratégico, algumas etapas foram cumpridas. No primeiro momento, em outubro de 2015, foram realizadas entrevistas prospectivas para se conhecer a realidade da Perpart. Na sequência, houve oficinas, aplicação de questionários online e a realização da Análise de Swot, o que originou na definição da identidade organizacional e o diagnóstico organizacional da empresa. O resultado foi validado e aprovado por Marcelo Barros.

_DSC1917Ao fim da primeira etapa, os gestores deram início à elaboração dos objetivos e das iniciativas estratégicas. Também coube à Seplag, organizar os indicadores de processo da Perpart. “Eles já tinham uma cultura de planejamento e, portanto, já trabalhavam com indicadores. Nós fizemos a revisão destes indicadores, mantivemos alguns e agregamos novos. Também criamos uma nova sistemática de monitoramento e avaliação”, afirmou Maíra Fischer, gerente de Desenvolvimento do Modelo de Gestão da Seplag.

O Mapa Estratégico da Perpart foi montado a partir desses trabalhos preliminares. Ele contém três perspectivas: pessoas e recursos humanos, processos internos e resultados. Todos os objetivos organizacionais se dividiram entre estas três perspectivas, alinhado sempre ao Mapa da estratégia do Governo do Estado. Já a nova sistemática de monitoramento e avaliação da Perpart é uma ferramenta personalizada que vai otimizar os processos de monitoramento da empresa.

O planejamento estratégico na Perpart faz parte de um projeto maior da Seplag que está sendo desenvolvido em 13 órgãos e secretarias do Governo. A Secretaria de Administração, o Consórcio Grande Recife, a própria Seplag, a Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco (Funape) e o Complexo Industrial e Portuários de Suape são alguns dos exemplos onde o processo está em andamento.

Foto: Douglas Fagner

Ass_NICOM


Postado em Notícias | Por

abr 13

13 abril 2016

Paulo volta a defender diálogo nacional

Em entrevista à rádio CBN, o governador Paulo Câmara disse nesta quarta-feira (13.04) que, seja qual for o desfecho da votação sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, o Brasil precisa retomar o diálogo necessário ao enfrentamento da crise econômica. “O Brasil vai precisar dar respostas imediatas, que mostrem claramente o caminho que precisa ser percorrido para que o País volte a crescer, gerar emprego, gerar renda”.

Paulo Câmara defendeu que é fundamental que haja o desarmamento político nacional, “que todo mundo respeite a decisão que o Congresso vai tomar e que busque alternativas para o Brasil sair desse momento”. Segundo o governador de Pernambuco, os Estados, municípios e a população estão sofrendo muito.

“Isso tem se refletido nos números da saúde, nos números da segurança e nos números do emprego. É só olhar o que aconteceu ano passado no Brasil com 1,5 milhão empregos a menos, na Região Nordeste com 254 mil empregos a menos, em Pernambuco com menos 90 mil empregos. Entendemos que não podemos ficar parados. Nós vamos ter voz ativa, buscar alternativas e buscar soluções. Não é um momento desejável para ninguém, mas é um momento que existe. E, após a definição do processo de impeachment, aí, sim, é fundamental, aí temos que ter, todos, muita responsabilidade com o País”, argumentou Paulo Câmara.

A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA
DO GOVERNADOR PAULO CÂMARA:

Milton Jung – Governador Paulo Câmara, como é que os senhor está avaliando este momento que nós temos agora? Começando a pensar um pouco sobre o seu partido, o PSB, há uma definição mais clara sobre o posicionamento em relação ao impeachment da presidente Dilma Rousseff?
Paulo Câmara – Nós, como todos os brasileiros, estamos muito preocupados com o momento atual. O Brasil sofre com uma paralisia muito grande, com recessão, desemprego e uma falta de clareza na definição de rumos. Em um cenário preocupante como esse e diante de uma decisão de que deve ocorrer aí, ao longo dos próximos dias, sobre o processo de impeachment, o PSB definiu, na última segunda-feira, o seu posicionamento, orientando a sua bancada de deputados a votar em favor do impedimento da presidente. Mas, nós, governadores, prefeitos e dirigentes partidários estamos preocupados com o pós-processo de impeachment. Independentemente do resultado, o Brasil vai precisar dar respostas imediatas, que mostrem claramente o caminho que precisa ser percorrido para que o País volte a crescer, gerar emprego, gerar renda.

Milton Jung – E dentro dessa preocupação governador, o senhor trabalha com qual cenário? O da manutenção da presidente Dilma Rousseff no cargo ou o com o Michel Temer?
Paulo Câmara – Eu acho que o processo ainda está indefinido. Nós temos que olhar os dois cenários. O importante é que em ambos, ou o presidente Temer ou a presidente Dilma, tenham, após a decisão desse processo de impeachment, a capacidade de buscar dar respostas, de buscar um caminho, de buscar juntar as pessoas, ouvir as pessoas, para que o processo ande. Eu defendo, como o meu partido vem defendendo, o afastamento porque a gente entende que isso é o melhor para o Brasil. Mas nós vamos respeitar a decisão do Congresso Nacional e o PSB vai buscar, como sempre tem feito, contribuir, da forma que ele entende, com propostas, com capacidade de diálogo, sentando à mesa sempre que for convidado, para que o Brasil volte a caminhar em favor dos brasileiros.

Milton Jung – Pelo nível do debate que nós temos hoje, pelas declarações que temos ouvido, seja da presidente Dilma, seja do vice-presidente Michel Temer, seja de todas as partes desse cenário político, o senhor vê realmente essa possibilidade de se houver o impeachment, haver um acordo para se tentar uma retomada do País a partir da semana que vem? O senhor vê a possibilidade do setores políticos se conversarem realmente?
Paulo Câmara – É necessário. Após a definição desse processo que está iminente e já é no próximo final de semana, todos nós que somos brasileiros e que queremos o bem temos responsabilidade política com esse País, nós vamos ter que ter essa capacidade. O PSB já se colocou à disposição e a gente entende que é importante e fundamental que haja o desarmamento, que todo mundo respeite a decisão que o Congresso vai tomar e que busque alternativas para o Brasil sair desse momento. Os Estados estão sofrendo muito, os municípios estão sofrendo muito, e, principalmente, a população está sofrendo muito com essa crise que tem trazido uma piora na qualidade dos serviços públicos oferecidos. Isso tem se refletido nos números da saúde, nos números da segurança e nos números do emprego. É só olhar o que aconteceu ano passado no Brasil com 1,5 milhão empregos a menos, na Região Nordeste com 254 mil empregos a menos, em Pernambuco com menos 90 mil empregos. Entendemos que não podemos ficar parados. Nós vamos ter voz ativa, buscar alternativas e buscar soluções. Não é um momento desejável para ninguém, mas é um momento que existe. E, após a definição do processo de impeachment, aí, sim, é fundamental, aí temos que ter, todos, muita responsabilidade com o País. Porque senão vamos entrar em uma crise maior ainda do que a que estamos vivendo Está cada vez mais difícil ter soluções que apontem um caminho, se não houver um claro entendimento nacional.

Publicidade


Milton Jung – O PSB participaria de um Governo Temer?
Paulo Câmara – O PSB, desde 2013, quando entregou todos os cargos e passou a ter uma posição crítica em relação aos rumos do Brasil, buscou um caminho em 2014 com a candidatura de Eduardo e depois com a candidatura da Marina. Entendemos que podemos contribuir para o Brasil com nossas propostas, com nossas ideias, com a nossa capacidade de sentar à mesa e com a nossa capacidade de diálogo. Agora, discutir cargos, discutir a participação no Governo isso vai ensejar a capacidade do presidente Temer, caso assuma a Presidência, ou da presidente Dilma, se ficar, de buscar um diálogo que possa apontar caminhos. Se tiver um diálogo com propostas em favor do Brasil apontando caminhos, o PSB de maneira nenhuma vai se furtar a discutir isso e ver a melhor forma de contribuir para o Brasil.

Milton Jung – Do ponto de vista da economia, que medidas deveriam ser adotadas depois de uma decisão tomada, seja ela qual for, em relação ao processo de impeachment?
Paulo Câmara – Primeiro, o ajuste fiscal precisa ser continuado. Os Estados já têm feito os seus ajustes fiscais. Ano passado, eu cortei mais de um R$ 1 bilhão em despesas. Não aumentamos folha de pagamento e seguramos todos os gastos de manutenção da máquina. Todos os Estados estão fazendo o seu dever de casa, até para poder fechar as contas e não atrasar folha de pagamento, não atrasar fornecedores. Tem Estado que não tem nem conseguindo isso. Esse ajuste precisa ser feito tanto no âmbito dos municípios, como no âmbito dos Estados e no âmbito do Brasil. Agora, precisa ter medidas para retomar o investimento, medidas que precisam ser colocadas de imediato na mesa. Desde o ano passado, os Estados menos endividados têm mostrado que há o caminhos das operações de crédito, inclusive com organismos internacionais, que possam destravar obras, que possam gerar emprego, gerar renda, que possam reanimar o comércio e o serviço. Então, alguma forma de destravar o investimento e gerar emprego é fundamental nesse momento e também o restabelecimento da confiança. Muita gente está esperando para ver o que vai acontecer. Se houver, após essa decisão do impeachment, uma clara sinalização de medidas concretas de retorno da confiança, evidentemente, que o investidor tanto nacional, como internacional, vai começar a projetar mais, a fazer com que os projetos possam sair do papel e medidas vão precisar ser tomadas, medidas econômicas. A gente vê aqui uma decisão do final do ano passado que aumentou os juros do Banco do Nordeste, que financia empresas aqui do Nordeste, praticamente dobrou os juros dessas empresas. Isso precisa ser revisto e voltar ao patamar anterior. Porque em um momento como esse, onde se precisa de investimento privado também, a gente toma medidas justamente contrárias a isso, contrário ao setor produtivo e à geração de emprego. Então, isso é uma questão que precisa ser muito bem discutida e a capacidade de ouvir dos governantes é fundamental nesse momento.

Milton Jung – Governador Paulo Câmara, já que o senhor está falando aqui sobre contas públicas nós temos essa discussão da dívidas do Estados provocada pelo Estado de Santa Catarina, que obteve uma liminar no STF para que a dívida do Estado seja feita por juros simples e não juros compostos. Como é que o senhor pretende administrar essa questão? O Estado de Pernambuco entra em uma mesma reivindicação e entende que essa é uma reivindicação justa?
Paulo Câmara – Isso pegou de surpresa todos os Estados. Ninguém esperava uma decisão como essa, mas é uma decisão que existe liminarmente, por parte do Supremo. E, evidentemente, que todos os Estados vão olhar isso de maneira muito efetiva porque traz um alívio realmente em um item de despesa que pesa muito nas contas públicas. Se olharmos o que se gasta com folha de pagamento, com dívida pública, repasse a Poderes e repasse a municípios, praticamente sobra muito pouco para os Estados investirem. E podendo mexer num item como esse, da dívida pública, evidentemente, que todos nós temos que olhar, ver se realmente há viabilidade. Agora, temos que ter segurança jurídica, precisamos que o Supremo julgue logo se isso tem um mérito eficaz ou se isso pode ser revisto, já que se trata de uma decisão liminar.

Milton Jung – O senhor pretende entrar com algum pedido, alguma liminar a seu favor?
Paulo Câmara – Estamos articulando para entrar todos os Estados que ainda não entraram. Para que, tão logo haja uma definição por parte do Supremo, isso seja estendido a todos os Estados. Porque é um alívio nas contas públicas que a gente não pode abrir mão, de maneira nenhuma, num momento como esse.

IMPRENSA PERNAMBUCO


Postado em Notícias | Por

abr 13

13 abril 2016

SAÚDE NO CAMPO: Projeto de Residência da UPE recebe premiação do Ministério da Saúde‏‏

upe 1“A comunidade é mais forte quando conhece a história de seus antepassados e tem conhecimento de seus direitos.”Seu Antônio Ferreira.

Em 2015, a Universidade de Pernambuco implantou, em Garanhuns e Caruaru, a Residência Multiprofissional em Saúde da Família com Ênfase em Atenção à Saúde da População do Campo, e esta semana já estará recebe a segunda turma. A residência acontece em parceria com as Prefeituras Municipais, através das Secretarias de Saúde, e entidades sociais, a exemplo do MST – Movimento dos Sem Terra, e representações de Comunidades Quilombolas, e conta também com o apoio da Escola de Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE).

O projeto foi analisado pelo Ministério da Saúde, e alcançou o primeiro lugar no Nordeste, no Prêmio InovaSUS – Gestão da Educação na Saúde. A premiação identifica, valoriza e premia experiências inovadoras implementadas pelos governos estaduais, municipais e do Distrito Federal; consórcios públicos e fundações públicas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Garanhuns, a residência acolheu a primeira turma na Unidade de Saúde da Família, na comunidade do Estivas, atingindo as demais comunidades quilombolas e outras áreas rurais, dispondo dos seguintes residentes: Enfermeiro, farmacêutico, assistente social, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, veterinário, educador físico e terapeuta ocupacional.

Nesta quarta-feira (13), novas turmas ingressam na residência, tanto em Garanhuns como em Caruaru, segundo a coordenadora, profª Wanessa Gomes: “A importância do projeto é única no país, pela qualificação profissional na Saúde do Campo”.

O próprio Reitor da Universidade de Pernambuco, Pedro Falcão, registrou a premiação: “Trata-se de um reconhecimento ao trabalho de extensão realizado pela UPE. Estamos democratizando o acesso à educação e à saúde, quando levamos residentes e futuros profissionais para perto de populações como as rurais e quilombolas. Aproveitamos para parabenizar todos os envolvidos, nossos quadros da Universidade e as instituições parceiras, como as Secretarias de Saúde dos municípios envolvidos, os Movimentos Sociais e outros órgãos do estado que apoiam esta iniciativa.” – Finaliza o reitor.

As residências duram dois anos, e fazem parte da formação dos estudantes, nos últimos anos de curso.

Mais informações:
UPE CAMPUS GARANHUNS:
Fone: (87) 3761-8210
Endereço: Rua Cap. Pedro Rodrigues, 105 – São José, Garanhuns/PE CEP: 55294-902

Colaboração de Ronaldo César da Vox

Publicidade


Postado em Notícias | Por

abr 13

13 abril 2016

Transparência: TCE disponibiliza para consulta documentos de prestação de contas 2015

ImageProxy.mvc-3Os documentos de prestação de contas do exercício 2015 enviados ao TCE pelos órgãos públicos do Estado e municípios já estão disponíveis para consulta no site da Instituição. As informações podem ser pesquisadas no link Consulta de Prestação de Contas (clique aqui). Os interessados terão acesso a toda documentação apresentada pelo Governador do Estado e prefeitos das cidades (contas de governo), bem como pelos gestores municipais e estaduais (contas de gestão). As informações disponibilizadas dizem respeito a despesas, contratos e convênios celebrados, processos licitatórios, entre outras. É possível também, no caso dos municípios, consultar o valor dos recursos aplicados nas áreas de educação e saúde.

Apenas as prestação de contas das Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista ainda não estão todas disponíveis, pois a entrega se encerra no dia 15 de maio. “A transparência é uma das diretrizes principais do Processo Eletrônico do TCE. Entendemos que o acesso a esses dados é uma forma de a população exercer o controle social do bom uso do dinheiro público”, afirmou Fábio Buchmann, gerente do Grupo de Implantação do Processo Eletrônico do Tribunal .

BALANÇO POSITIVO – O prazo para envio dos documentos se encerrou nos dias 30 (órgãos estaduais) e 31 (órgãos municipais) de março. A prestação de contas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Ministério Público, bem como das entidades da Administração Direta e Indireta do Estado alcançou a marca de 99,19% entregues no prazo. Na esfera municipal, apenas ​uma prefeitura ainda não enviou as informações de contas de Gestão e Governo ao TCE. Ao todo foram ​recebidas até agora 939 prestações de contas, sendo 126 estaduais e 813 municipais.

Todos os dados recebidos serão analisados pelos técnicos do TCE ao longo do ano de 2016. Eles vão subsidiar, juntamente com outras informações que ainda podem ser coletadas, a emissão de parecer prévio ou o julgamento das contas dos gestores e de governo por parte da Instituição.

Gerência de Jornalismo (GEJO)


Postado em Notícias | Por

abr 13

13 abril 2016

Semana de Aprendizagem | MPT notifica empresas para audiência pública‏

Para participar da audiência pública no dia 4 de maio sobre o cumprimento da cota de aprendizagem, o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco notificou 50 empresas. A atividade compõe a programação da Semana Nacional de Aprendizagem, ação promovida conjuntamente pelo MPT, pelo Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) e pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS).

A audiência pública será realizada a partir das 9h, na sala do Pleno do TRT-PE, e tem como objetivo assegurar o direito à profissionalização de adolescentes e jovens.

De acordo com a notificação, as empresas deverão, no prazo de 30 dias, a contar da data da audiência pública, apresentar ao MPT documentação comprobatória do cumprimento da cota de aprendizes a que está obrigada. A não apresentação de documentos ou manifestação poderá ocasionar providências extrajudiciais e/ou judiciais pelo MPT.​

Legislação

Aprendizagem é a formação técnico-profissional de adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos inscritos em programa de aprendizagem de entidade habilitada, desenvolvida por meio de atividades teóricas e práticas, implementada por meio de um contrato de aprendizagem, ajustado por escrito e por prazo determinado de até dois anos. Caso o aprendiz seja pessoa com deficiência, não haverá limite máximo de idade para a contratação.

Os estabelecimentos de qualquer natureza são obrigados a empregar e matricular nos cursos dos Serviços Nacionais de Aprendizagem número de aprendizes equivalente a cinco por cento, no mínimo, e quinze por cento, no máximo, dos trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional (art. 429 CLT).

Semana

A Semana Nacional de Aprendizagem é uma realização conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT), do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) e visa incentivar e promover o debate, a mobilização e a inclusão de aprendizes no mercado de trabalho, sendo um estímulo para que instituições participem cada vez mais da formação de jovens aprendizes, contribuindo para que a juventude do país esteja preparada para atuar com competência no mundo do trabalho e na convivência social. O objetivo é expor a necessidade de defender crianças e adolescentes de qualquer tipo de exploração, chamando atenção para o tema. ​

Kamilla Rogge

AssinaturaOK-2


Postado em Notícias | Por

abr 13

13 abril 2016

Prefeitura de Afogados da Ingazeira vence prêmio de práticas inovadoras da Amupe

 

IMG_8490Em seu 3º Congresso, a AMUPE promoveu mais uma edição do Prêmio “Práticas inovadoras em gestão municipal”. Os dez projetos finalistas foram minuciosamente avaliados por uma comissão técnica formada pela AMUPE. Os finalistas também foram avaliados pelos internautas que puderam conhecer os projetos e votar na premiação através da internet.

Afogados da Ingazeira venceu com o Projeto de socialização das experiências de incentivo à leitura na rede municipal de ensino, a Feira Interativa de Literatura e Conhecimento (FILCO). O anúncio foi feito durante o encerramento do 3º Congresso, ocorrido nos dias 11, 12 e 13 de Abril, no Centro de Convenções, em Olinda.

A Feira é o ponto de encontro de todas as iniciativas de incentivo à leitura das escolas municipais de Afogados durante o ano letivo, o espaço de socialização das experiências com a população. Em praça pública acontecem apresentações artístico-culturais, através da expressão das diversas linguagens, tudo baseado nas experiências vividas pelo alunado com a leitura.

IMG_8468A experiência de Afogados ficou em primeiro lugar na categoria “Votação Popular”. “É uma grande honra receber esse prêmio, dentre tantos outros que a nossa educação já recebeu, que mostra, mais uma vez, que estamos no caminho certo, qualificando nossa rede escolar, nossos educadores, garantindo uma educação de qualidade para as nossas crianças,” declarou o Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, ao receber o prêmio das mãos de Eduardo Stranz, coordenador técnico da Confederação Nacional dos Municípios – CNM.

A AMUPE é presidida por José Patriota desde 2013. Esta é a primeira vez que Afogados da Ingazeira vence o prêmio de práticas inovadoras concedido pela entidade. A outra categoria, escolhida por uma comissão, foi vencida pela Prefeitura de São Bento do Una, com a experiência de audiências públicas para prestação de contas.

BALANÇO – o Congresso da AMUPE reuniu 2.345 pessoas, nos três dias do evento, com representantes e Prefeitos de 25 Estados. De Pernambuco, participaram 158 Prefeitos, dos 184 municípios do Estado.

Prefeitura de Afogados da Ingazeira
Núcleo de Comunicação Social


Postado em Sertão | Por

abr 13

13 abril 2016

Prefeito Arquimedes entrega mais uma Unidade Básica de Saúde da Família‏

1433Na noite da próxima sexta-feira (15/04), o prefeito Arquimedes Machado entrega à população itapetinense mais uma moderna Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF).

Segundo o chefe do Executivo municipal, desta vez será entregue a UBSF Isabel Francisca Teixeira, que foi erguida no Sítio Mucambo. “Na oportunidade também vamos inaugurar dezenas de açudes construídos e restaurados na comunidade”, frisou.

A exemplo das outras três já entregues, a UBSF do Mucambo conta com sala de espera, farmácia, sala de vacinas, sala de inalação, consultórios médicos, consultório odontológico, sala de enfermagem, sala de serviços administrativos, sala de curativos, sala de observação, sala de reuniões, expurgo, depósito, área de serviços e banheiros.

A inauguração acontecerá às 19h e contará com a participação do gerente estadual da Casa Civil, Adelmo Moura, e do vice-prefeito Junior Moreira, além de vereadores, secretários e diretores municipais.

Assessoria de Comunicação


Postado em Sertão | Por

abr 13

13 abril 2016

MPT investiga autoescolas no Agreste por possíveis irregularidades trabalhistas‏

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, dando continuidade ao combate às irregularidades trabalhistas em autoescolas no estado, instaurou novos inquéritos civis para investigar Centros de Formação de Condutores (CFCs). Representado pelo procurador do Trabalho José Adilson Pereira da Costa, o órgão requisitou a dez empresas, de municípios do Agreste, uma série de documentos.

As informações solicitadas são o credenciamento da CFC no Departamento de Trânsito (Detran); contrato social ou registro da empresa; e a relação nominal dos empregados, com data de admissão e função, incluindo instrutores e diretor técnico e de ensino. Também constam o registro dos veículos utilizados em aula prática e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos condutores, FGTS e folha de pagamento entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016.

As autoescolas possuem o prazo de dez dias após o recebimento da notificação para encaminharem os pedidos. “Caso alguma CFC não nos atenda, o inquérito será encaminhado ao Ministério Público Federal e seus responsáveis estão sujeitos à multa ou até reclusão”, explica o procurador José Adilson.

As autoescolas notificadas foram a CFC Cachoeirinha, em Cachoeirinha; CFC Camocim, em Camocim de São Félix; CFC Agrestina, em Agrestina; CFC Alfa, em Arcoverde; CFC Conduzir, em Belo Jardim; CFC Autoescola Líder, em Pesqueira; CFC Drive, em Garanhuns; CFC São Judas Tadeu, em São Bento do Uma; CFC Geração 2000, em Serra Talhada; e CFC Nossa Senhora Aparecida, em Surubim.

Ação promocional

O MPT recebeu denúncia de que várias CFCs da Agreste não assinavam a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), pagavam salários abaixo da média, sobrecarregavam os instrutores com vários alunos ao mesmo tempo, além da falta de pagamento de alguns auxílios, como vale-transporte e refeição. Diante da situação, em janeiro de 2015, foi aberto Procedimento Promocional pela regularização das autoescolas. Desde então, o MPT já realizou audiências públicas, em Caruaru, cobrindo 97 municípios no Agreste, e em Petrolina, alcançando 34 cidades sertanejas. Além da realização dos inquéritos e investigações, o órgão também ajuizou ação civil pública (ACP).

Ação Civil Pública

A ação civil pública (ACP), movida em dezembro último, foi em face da empresa Centro de Formação de Condutores Azevedo Ltda – ME (CFC Catende), autoescola localizada no município de Catende, na região Agreste do estado. A ACP, também assinada pelo procurador do Trabalho José Adilson, visa interromper irregularidades trabalhistas, referentes às faltas de assinatura da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e de recolhimento de FGTS.

AssinaturaOK-2


Postado em Notícias | Por

abr 12

12 abril 2016

Inauguração: Marcelo Pereira irá entregar mais 4 ruas pavimentadas e saneadas no Bairro da Cacimba Nova

rua......Na próxima quarta-feira dia 13 de abril, de uma só vez o Prefeito Marcelo Pereira (PR), irá inaugura o calçamento e saneamento de 4 ruas no  Bairro da Cacimba Nova, são elas:  Ruas: Antônio Tavares de Souza,Trav. Euclides de Carvalho, Francisco Agnaldo da Silva e Maria do Socorro Medeiros Cruz.

rua....

rua..Além do gestor belmontense, estarão presentes no evento o vice-prefeito Adé Feitosa, o Deputado Estadual Rogério Leão, vereadores, lideranças políticas e sindicais e o povo em geral.

 rua.A festa será concluída com show do cantor Adriano Reis e logo em seguida se apresenta Zeca e Forró Bota Bom.

O ato de inauguração será na Rua Maria do Socorro Medeiros Cruz (Em frente ao Posto Vercol). Inicio as 20h00hs.

Da Assessoria de Imprensa


Postado em Sertão | Por

abr 12

12 abril 2016

Prefeitura do Ipojuca promove mutirão de serviços gratuitos

 

Oportunidades de cidadania e saúde serão ofertadas em Nossa Senhora do Ó

Nesta quarta-feira (13), as equipes da Prefeitura do Ipojuca, através da Secretaria Especial de Bem Estar Social e da Companhia Energética de Pernambuco (CELPE) realizam, nas proximidades da Escola Maria das Dores, na comunidade Canoas II, no distrito de Nossa Senhora do Ó, um mutirão de serviços que serão ofertados de forma gratuita à população. Das 8h às 14h acontecerá o Ipojuca Cidadã.

Na programação serão realizadas palestras sobre o “Uso Seguro e eficiente da energia elétrica”, Emissão de Reservista, Carteira de Trabalho, Carteira de Livre Acesso, Recadastramento do Bolsa Família, Aferição de Pressão arterial e teste de glicemia, Avaliação nutricional , Orientação de saúde bucal, Testes rápidos de HIV e Sífilis , Inscrição para curso preparatório do Programa Jovem Aprendiz (dos 17 aos 21 anos de idade, que estejam cursando ou concluído o Ensino Médio) , Informações dos programas de política e enfrentamento à violência contra as mulheres, Atividades esportivas e jogos de mesa, Cortes de Cabelo Masculino e Oficinas para a garota e orientação para os pais.

A estrutura contará com uma Agência Móvel Celpe, que realizará serviços como emissão de segunda via de conta, negociação de débito com condições especiais, solicitação de nova ligação, atualização cadastral, dentre outros.

Secretaria de Comunicação & Imprensa


Postado em Notícias | Por

Página 507 de 840« Primeira...102030...505506507508509...520530540...Última »