Publicidade


dez 6

6 dezembro 2014

AFOGADOS DA INGAZEIRA//Crise impossibilita realização da “Cantata Natalina”


Publicidade





Foto:Mário Martins

Foto:Mário Martins

O Secretário do POVO conversou com o empresário, Anchieta Mascena, idealizador do “Cantata Natalina”.

Anchieta falou da não realização da “Cantata Natalina” em sua nona edição, a crise seria um dos motivos, sendo que há uma parceria entre a BPM, Prefeitura Municipal de Afogados da Ingazeira e Diocese. 

A BPM por ser uma prestadora de serviço às prefeituras também sofre, as prefeituras por outro lado passam uma crise, cortando funcionários, portanto, estes são alguns pontos negativos, já a diocese entra com a logística, o espaço que é cedido.

Ele também esclareceu que ontem em Arcoverde participou do “Natal do Coração”, um evento realizado pela Prefeitura de Arcoverde, onde a BPM Serviços  presenteia com uma Orquestra Filarmônica, o evento está em seu segundo ano.

Então está esclarecido, Afogados da Ingazeira não terá a “Cantata Natalina”, segundo Anchieta Mascena, só em 2015.


Postado em Sertão | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Rodas do ônibus da Progresso soltaram numa curva próximo a Arcoverde

Os passageiros da Progresso vindos de São José do Egito para Recife, vivenciaram um momento de pânico quando dois pneus soltaram em uma curva, segundo o Rádio Vivo, próximo a Arcoverde cerca de 20 quilômetros.

Publicidade


Haviam casas próximo ao local na BR-232, os pneus tiraram  um fino nas residências, risco grande de atingir um morador, mas ninguém se feriu. A empresa enviou um ônibus reserva horas depois, a viagem seguiu normalmente até Recife, ainda segundo o Rádio Vivo, a Progresso não se pronunciou sobre o fato, o ônibus era novo.


Postado em Sertão | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Novo Fórum de Serra Talhada começa a mudar o aspecto da Cohab

Foto:Leidiane Rodrigues/Agência Papiro

Foto:Leidiane Rodrigues/Agência Papiro

O Prédio, que teve sua construção iniciada em março de 2013 e com previsão para conclusão em setembro de 2105 já toma formas e começa a mudar a face do bairro da Cohab, onde fica localizado.

Homens e máquinas trabalham incansavelmente e neste ritmo, logo em breve Serra talhada poderá contar com um dos mais modernos Fórum de Justiça de Pernambuco.

Leia mais no Caderno1

Publicidade


Postado em Sertão | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Violência contra a imprensa em Tabira

Vereador Marcos Crente e o blogueiro Nego de Ana

Vereador Marcos Crente e o blogueiro Nego de Ana

Na tarde de ontem o vereador Marcos Crente, líder da oposição e favorito para vencer a disputa pela Presidência da Câmara de Tabira, escreveu uma página triste em sua história e da política de seu município.

Marcos foi a casa do blogueiro Nego de Ana solicitar que ele retirasse de seu blog a notícia de que um vereador iria receber um carro para travar a criação de mais uma CPI contra o Governo Sebastião Dias.

Marcos comprou dois carros recentemente. Diante da negativa do blogueiro, o vereador reagiu quebrando o notebook do profissional. Nego relatou a notícia em entrevista à Rádio Comunitária Cultura FM.

O blogueiro registrou a queixa na polícia. Lamentável a atitude do vereador.

Por Anchieta Santos


Postado em Política | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Dinca centra fogo com denúncias contra governo Sebastião Dias e disse não ser nada demais as 8 contas rejeitadas em 08 anos de governo

Foto:Tabira em Debate

Foto:Tabira em Debate

Diante da notícia de que o Prefeito Sebastião Dias(PTB) acionou a justiça para recuperar o prédio onde funciona a Escola ESMAR, Dinca Brandino(PSB) disse ontem que não houve nenhuma doação durante a sua gestão.

Foi apenas um termo de comodato. Falando a Rádio Cidade FM o ex-prefeito de Tabira fez uma crítica a bancada de oposição da câmara pela composição com a situação para a eleição da mesa diretora. Disse que por ter maioria não precisava se juntar aos governistas.

Dinca centrou fogo nas denúncias contra o governo pelo que considera gastos exorbitantes em medicamentos, combustíveis, transporte escolar, alimentos e diárias. Entre algumas citações mostrou que Sebastião gastou 11 milhões a mais do que ele em dois anos em medicamentos; 1,5 milhão em combustíveis, 1,6 milhão na diferença de alimentos.

O ex-prefeito disse que não basta falar, Sebastião Dias tem que provar que é transparente e apresentar os gastos do seu governo. Dinca aproveitou para se defender de algumas dispensas de licitações em seu governo.

Também reclamou não ter recebido pelo trabalho que sua empresa fez na reforma de alguns postos de saúde na atual gestão. Inclusive disse ter colocado um cadeado na porta do PSF localizado na frente do Forum, pois não recebeu pelo que fez no prédio.

Os R$ 85 mil gastos com dedetização pelo governo do poeta também foram lembrados por Dinca. Questionado pelo comunicador pelas 08 contas rejeitadas em 08 anos de governo, Dincão respondeu: “Não é nada demais”.

Por Anchieta Santos


Postado em Política | Por

dez 6

6 dezembro 2014

LEITOR COLABORADOR//Complexo de Suape: 36 anos de uma triste história‏

Heitor Scalambrini Costa
Professor da Universidade Federal de Pernambuco e 

membro do Forum Suape Espaço Socioambiental

 A ideia de construir um porto que impulsionasse o crescimento econômico de Pernambuco já tem mais de cinqüenta anos. Foi durante a década de 1960, durante o governo de Nilo Coelho (1967-1971), que se iniciaram as primeiras sondagens para a viabilização desse projeto. 

No governo de Eraldo Gueiros, em 1974, foi lançada a Pedra Fundamental do Porto de Suape. No entanto, apenas em 1978, já durante o governo de Moura Cavalcanti (1975-1979), através da Lei no 7.763/78, foi criada a empresa Suape Complexo Industrial e Portuário (CIPS), para administrar o distrito industrial, o desenvolvimento das obras e a implantação e exploração das atividades portuárias. Portanto, em novembro de 2014, o CIPS completou 36 anos de uma triste história. 

Não houve nenhuma comemoração ou lembrança específica desta data por parte do governo do Estado, cuja empresa pública de economia mista gerencia o Complexo de Suape, exceto por um informe publicitário ufanista em um dos jornais pernambucanos, enaltecendo as realizações e fazendo autoelogios, destacando os aspectos econômicos e o numero e diversidade de empresas que se agregaram à sua área industrial-portuária. 

Com certeza este não é momento de se festejar. Por uma única razão, o empreendimento que foi mostrado como redentor da economia pernambucana, “a joia da coroa”, também chamado de “Eldorado”, está hoje presente nas páginas policiais da mídia nacional, pela corrupção comprovada na construção da Refinaria do Nordeste (RNEST), e pelos desdobramentos dos conflitos sociais e trabalhistas gerados com a desmobilização de mais de 40.000 trabalhadores, entre 2014 e 2016.

Para a implantação das empresas no Complexo houve a expulsão de comunidades inteiras de moradores que residiam naquele local há décadas, sem que uma alternativa adequada de moradia lhes fosse oferecida. Houve também uma devastação ambiental nunca vista no Estado em tão pouco tempo. Para as pessoas diretamente atingidas, invés do progresso tão propalado pela propaganda oficial, a empresa Suape só tem deixado ônus. 

Não é de hoje as críticas a este modelo concentrador e predador de desenvolvimento, encampadas pelo Fórum Suape Espaço Socioambiental (www.forumsuape.ning.com) e pelas organizações e pessoas físicas que o compõem. Suape foi, desde o seu início, objeto de polêmicas delimitadoras de fronteiras políticas. Como exemplo, em abril de 1975, economistas, sociólogos, ecologistas, historiadores e geógrafos publicaram um manifesto contra o projeto do Porto de Suape, chamado pela imprensa como o “Manifesto dos Cientistas”, idealizado pelo economista-ecólogo Clovis Cavalcanti, também primeiro signatário do referido manifesto. Cabe destacar o caráter revolucionário e atual do manifesto, que tinha o objetivo de denunciar os impactos sociais e ambientais do empreendimento. 

Expansão sem planejamento, crescimento econômico baseado em um “modelo predador”, não inclusivo, com devastação ambiental, com indústrias sujas, continua sendo a marca do complexo de Suape. A atração por indústrias altamente agressoras ao meio ambiente, aliado a perdas e injustiças cometidas (prejuízos, danos físicos e morais, expulsões, expropriações, privações, desgraças, destruições de vidas e de bens), muitas delas permanentes e irreversíveis, enseja uma ampla discussão sobre que tipo de desenvolvimento que queremos.

Afinal, por mais que a propaganda oficial tente esconder, nos 13.500 ha de área circunscrita do Complexo de Suape habitavam mais de 15.000 famílias nativas, que foram tratadas como “invasoras”, sendo a maioria expulsa com truculência dos seus lares, dos sítios onde viviam muito antes das indústrias chegarem por aquelas bandas. 

Direitos foram negados. Promessas não foram cumpridas. Indenizações (quando pagas) foram desprezíveis diante da impressionante valorização das terras (atualmente, em média, um ha vale em torno de um milhão de reais).

Mas não foram atingidas somente as populações nativas (pescadores, agricultores familiares, trabalhadores). Os moradores das cidades do entorno do Complexo sofrem as conseqüências decorrentes da falta de planejamento daquele empreendimento. Problemas com transporte, saúde, aumento da violência e do uso das drogas, gravidez precoce de meninas e adolescentes, carência de saneamento e moradia são algumas das mazelas com as quais convivem os habitantes desses municípios. Enquanto isso, as prometidas melhorias das condições de vida ainda estão no campo das promessas, conforme atestam os indicadores locais de desenvolvimento humano. O crescimento dos indicadores econômicos ocorreu, mas foi insuficiente, e não se refletiu em desenvolvimento sustentável da região.

Já passou do tempo de utilizar a estratégia de somente contar vantagens sobre este empreendimento, e impedir a discussão crítica do modelo adotado, impondo esse modelo, pela força, como opção única.

É inadmissível fechar os olhos para a grande devastação ambiental causada com a derrubada de florestas, o soterramento de manguezais – necessários para manter a vida de muitas espécies – e a poluição de rios e riachos, que permitiam a manutenção do modo de vida de populações inteiras. Além dos trágicos e graves problemas sociais induzidos por uma estratégia que deve ser revista – faz tempo!


Postado em Comunidade | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Afogados da Ingazeira//Família na escuridão, Secretário do POVO procura a Hidro-Eletro

WP_20141201_075

Uma família teria feito uma denúncia ao Secretário do POVO, eles não tem energia elétrica em casa, os vizinhos ao redor tem energia instalada, tudo porque o poste não possui barramento.

Nossa equipe procurou a Celpe para obter informações, lá fomos informados de que o poste deve ter barramento, caso contrário nada feito, ou então a empresa que colocou o poste faça a instalação.

WP_20141201_074

WP_20141201_071

Estivemos ontem, sexta-feira (05), no escritório da Hidro-Eletro, conversamos com um funcionário sobre o assunto, mostramos as fotos, relatamos todo o fato. O funcionário ligou para o diretor da empresa, o senhor Simplício, ele prometeu passar na Rádio Pajeú para esclarecer esse problema.

Nossa equipe não teve retorno quanto ao caso, na próxima segunda-feira, 08, estaremos de volta para saber qual providência, e não sendo da competência da empresa, buscar ajuda do Ministério Público para garantir o direito dessa família.


Postado em Sertão | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Oportunidade de curso técnico em Serra Talhada

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) lançará, na próxima semana, edital de processo seletivo para alunos de cinco Centros Tecnológicos do Estado. Serão oferecidas 345 vagas em nove cursos técnicos de nível médio. As inscrições estarão abertas no período de 9 deste mês a 7 de janeiro de 2015 e deverão ser feitas presencialmente no Prédio de cada Centro Tecnológico (exceto sábados, domingos e feriados).

O valor da taxa de inscrição será de R$ 20,00 e ela deverá ser paga em casas lotéricas ou quaisquer agências bancárias, preferencialmente do Banco Santander, até o dia 9 de janeiro, por meio de boleto que será disponibilizado via e-mail do candidato informado no ato da inscrição.

As áreas das vagas são: Comunicação Visual, no Centro Tecnológico da Cultura Digital (CTCD), em Olinda; Química e Modelagem do Vestuário, no Centro Tecnológico do Agreste (CT Moda), em Caruaru; Alimentos, no Centro Tecnológico Instituto de Laticínios do Agreste (CT Laticínios); Zootecnia, Desenho em Construção Civil e Administração, no Centro Tecnológico do Pajeú, em Serra Talhada; e Química e Eletroeletrônica, no Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina. O edital estará disponível no site do Itep (www.itep.br), a partir do dia 9 deste mês.

O processo seletivo será realizado em uma única etapa, constituída de prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. O exame será aplicado no dia 18 de janeiro. A prova terá questões de Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais. Do total de vagas oferecidas, 75% das vagas de cada CT deverão ser ocupadas exclusivamente por alunos oriundos de escolas públicas.

Leia mais no Diário de Pernambuco


Postado em Notícias | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Ornamentação simples na Praça Arruda Câmara, o cartão postal de Afogados da Ingazeira


A simplicidade das luzes de natal na Praça Arruda Câmara darão o tom esse ano, não tem árvore de Natal, pelo menos a ornamentação está repleta de luzes, simples, para não passar em branco.

A verdadeira beleza está no aspecto natural e localização, a deslumbrante Catedral  Senhor Bom Jesus dos Remédios, o verde,  os fogos de artifício, um conjunto de beleza para a chegada de  2015.


Postado em Sertão | Por

dez 6

6 dezembro 2014

Secretário do POVO vai a Vila Pitombeira e ouve os moradores sobre esgoto


A equipe do Secretário do POVO foi chamada até a Vila Pitombeira, encontramos seu Louro, morador e preocupado com um esgoto que está incomodando com o mau cheiro, e se chover é ainda pior, vem pra porta.

O esgoto retorna pra parte baixa, ele acredita que se a prefeitura rebaixar parte de um terreno em frente, há uma possibilidade do esgoto seguir seu curso.

Estamos levando essa demanda a Secretaria de Obras, somente assim poderá se ter um diagnóstico e encontrar um caminho para tirar os moradores do sofrimento.


Postado em Sertão | Por

Página 509 de 516« Primeira...102030...507508509510511...Última »