Publicidade


mar 5

5 março 2015

MARÇO//”Casa de Bobô” será o novo espaço da culinária em Afogados da Ingazeira

Publicidade


A crescente procura por qualidade em gastronomia e a exigência do cliente em Afogados da Ingazeira, provocou investimentos altíssimos em novos locais.

A empresária Evângela Vieira está implantando o restaurante “Casa de Bobô”, uma homenagem carinhosa ao seu avô.

O local do restaurante é vizinho à Praça de Alimentação de Afogados da Ingazeira e de frente ao ponto turístico da cidade, a Praça Arruda Câmara, unindo beleza e sofisticação.

A empresária Evângela Vieira e a Chef de gastronomia Ana Luna, conversaram com O Secretário do POVO.

“Pra explicar o porque do nome, a “Casa de Bobô”, Bobô era o meu avô, é uma homenagem carinhosa que estou fazendo a uma pessoa que tenho muito apreço, e casa de Bobô era um espaço onde na minha infância eu comia as melhores comidas e no colo mais quente, mais caloroso…aqui a gente não vai ter o calor do colo do “Bobô”, mas vai ter o calor da amizade de toda equipe que compõe a “Casa de Bobô”. 

É uma proposta que vai fazer o misto da culinária regional, da comida sertaneja, das tradições do povo sertanejo e nordestino, permeado com toque de requinte, de sofisticação…de pratos tradicionais brasileiros, e também de pratos e também de culminaria internacional, já que vamos estar trabalhando com a cozinha oriental, japonesa e também a comida chinesa.

Captura de Tela 2015-03-05 às 00.19.47

Estamos previstos para inaugurar até o final do mês de março, iremos contar com toda equipe que estamos treinando através da “Escola de Gastronomia La Luna” que contratamos e que vai dar todo assessoramento, todo treinamento e acompanhar os passos iniciais da nossa inauguração.

Nós estamos trabalhando com uma proposta realmente profissional, tudo feito com muito carinho, com muita higiene, com muito zelo, e esse nosso restaurante com certeza fará a diferença em Afogados da Ingazeira  e toda região.”disse Evângela Vieira.

Ana Luna, chefe de gastronomia, atua na área desde de 2005, é proprietária da Escola de Gastronomia “La Luna”, ela falou ao Secretário do POVO.

Captura de Tela 2015-03-05 às 00.16.07

“Vamos estar aqui capacitando, dando uma consultoria no restaurante que vai abrir, estarei treinando todo o pessoal, toda essa equipe, estou levando dois componentes daqui, o líder e mais outro rapaz pra fazer um belo treinamento também na nossa escola, direcionado a cozinha japonesa e chinesa, eles vão estar trabalhando comigo, e durante o desenvolver de todas as aulas que vão acontecer na escola, eu vou envolve-los dentro pra que eles venham com uma bagagem mais forte de lá.

Espero que tudo corra bem e que aqui seja uma benção esse restaurante, eu confio no meu trabalho e no trabalho de toda equipe.”falou Ana Luna.


Postado em Notícias, Sertão | Por

mar 4

4 março 2015

Campanha da Fraternidade é lançada na Diocese de Pesqueira

Por Núcleo de Comunicação Cáritas Diocesana de Pesqueira

A Campanha da Fraternidade 2015, foi lançada nacionalmente na quarta-feira de cinzas, 18 de fevereiro, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil ( CNBB),em Brasília. Em nossa Diocese, o lançamento ocorreu no último sábado,28, no Espaço Dom Helder.

Com o tema “ Fraternidade: Igreja e sociedade” e o lema “ Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45), a campanha este ano pretende aprofundar a vocação e missão de todo o cristão e das comunidades de fé, a partir do diálogo e colaboração entre Igreja e Sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II.

KODAK Digital Still Camera

KODAK Digital Still Camera

Segundo nosso Bispo Diocesano Dom José Luiz o lançamento da campanha em nossa Diocese foi um momento significativo , por reunirmos diferentes frações de nossa Igreja em prol do mesmo objetivo.“ Celebrarmos este momento com a presença de lideranças das associações, representantes das comunidades, clero, Cáritas Paroquiais, poderes públicos , agentes da Cáritas Diocesana de Pesqueira, além do representante da Comissão Justiça e Paz da CNBB, Padre Ari, e o Diácono da Diocese de Pesqueira que atua em João Pessoa, Alder Julio, é uma profunda experiência para entendermos a importância de servir”, declarou.

Para recepcionar os convidados o grupo cultural da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, um dos contemplados pelo Fundo Diocesano de Solidariedade 2014 , que atua na formação musical de crianças carentes da cidade de Sanharó se apresentou e emocionou a todos com seu repertório.

Publicidade

Para o lançamento da campanha, o assessor da Comissão Justiça e Paz da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Padre Ari Antônio, o Diácono da Diocese de Pesqueira, Ader Júlio, e a secretária executiva da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Neilda Pereira, contribuíram com um debate sobre os elementos base, compromissos, importância e desafios em trabalhar o lema , “ Eu vim para servir”, na Igreja e principalmente na sociedade.

Na ocasião a Cáritas Diocesana de Pesqueira, através do núcleo de comunicação apresentou e distribuiu aos participantes as peças institucionais como agendas e calendários 2015, que este ano trouxe o lema da CF , “ Eu vim para servir”. Os personagens falaram da experiência em servir, e da surpresa em compor o material tão rico em detalhes e histórias. “ O servir para mim vem do agir com coração. Desde a minha infância, meu pai me ensinou que devemos olhar o próximo com o coração. E é o que procuro fazer em todas a minha ações, com o coração sempre”, declarou Santina Tereza, agricultora do Sítio Angélica em Buíque, e tesoureira da Cáritas Diocesana de Pesqueira.

Para encerrar o bispo Dom José falou a importância da CF e missão da Igreja “A Igreja é antes de tudo, uma comunidade com a missão de ir, sem medo, ao encontro dos excluídos e convidá-los para seguir o Jesus”, declarou. Em seguida o Diácono Alder Julio, e a leiga da Cáritas Paroquial Santana de Buíque, Santana de Buíque, abençoaram a todos.

Evento anual

A Campanha da Fraternidade é realizada anualmente pela Igreja Católica no Brasil sempre no período da quaresma. A cada ano, é escolhido um tema para despertar a solidariedade dos fiéis em relação a um problema concreto na sociedade brasileira.

A primeira campanha foi realizada pela Cáritas de Natal (RN), em 1962. Sob o impulso do Concílio Vaticano II, em andamento na época, foi feita uma campanha em âmbito nacional pela CNBB, na quaresma de 1964.

A Igreja Católica explica que os 40 dias da quaresma são um tempo de reflexão, jejum, penitência, oração e conversão. É nesse período que os fiéis fazem caminhadas penitenciais, meditam sobre a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus e se inclinam a mudar sua vida

Fabiana Francelino

Núcleo de Comunicação


Postado em Notícias | Por

mar 4

4 março 2015

Contas de 2013 de Eduardo Campos são aprovadas pelo TCE

Em sessão especial, nesta quarta-feira (4/3), o Tribunal de Contas aprovou por três votos contra dois, sem ressalvas, as contas do governador Eduardo Campos do exercício financeiro de 2013.

O voto do conselheiro relator, Carlos Porto, foi pela aprovação, com ressalvas, pelo fato de o Governo do Estado, através da Câmara de Programação Financeira, ter cancelado despesas empenhadas e liquidadas no montante de R$ 395.247.804,55.

O cancelamento dessa despesa foi a única falha relevante encontrada por ele na prestação de contas. No entanto, salientou, como ele não foi validado nem pelo Contador Geral do Estado nem foi apresentado pela defesa qualquer “documento hábil” que justificasse tal procediment​o, o seu voto foi pela aprovação das contas, com ressalvas. A conselheira Teresa Duere acompanhou o voto do relator.

 

DIVERGÊNCIA – O conselheiro Dirceu Rodolfo apresentou um voto divergente em favor da aprovação das contas, sem ressalvas, e foi acompanhado pelos conselheiros Marcos Loreto e Ranilson Ramos.

Dirceu entende que, mesmo tendo havido falhas na anulação de despesas já liquidadas, ela deveria ser tratada como “inconsistência contábil”, não sendo motivo para macular as contas do governador, já que ele não teve responsabilidade direta no processo.

“Tivesse havido contumácia por parte do Governo do Estado, eu acompanharia o voto do relator, mas foi a primeira vez que isto ocorreu. Por esse motivo, entendo que as contas devem ser aprovadas, sem ressalvas”, afirmou Dirceu Rodolfo.

Segundo ele, foram observados os limites de despesa com pessoal, de endividamento, de realização de operações de crédito e de pagamento da dívida previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, bem como respeitados os limites constitucionais para aplicação de recursos públicos nas áreas de saúde e educação.

Nesse particular, o seu voto coincidiu com o do conselheiro Carlos Porto, que também considerou não ter havido descumprimento nem da LRF nem da Constituição Federal.

O conselheiro João Campos declarou-se impedido para participar da votação por ser genro do advogado do Governo do Estado, João Henrique Wanderley Filho, e o presidente Valdecir Pascoal só votaria em caso de empate.

 

RECOMENDAÇÕES – O Parecer Prévio aprovado pelo TCE traz uma série de recomendações ao Governo do Estado, entre elas, incluir no cálculo do limite de despesas total com pessoal do Poder Executivo os gastos realizados com as Organizações Sociais, promover esforços para concluir o Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga e realizar estudos de viabilidade econômico-financeira da Arena Pernambuco. Processos de Auditoria Especial serão formalizados para fazer o acompanhamento dessas matérias.

Do Núcleo de Comunicação do TCE


Publicidade


Postado em Política | Por

mar 4

4 março 2015

IPA lança Programa de Distribuição de Sementes e Terra Pronta no Sertão do Araripe e São Francisco‏

A precipitação de chuvas no Sertão do Araripe e do São Francisco sinaliza o momento propício para o início da aração da terra e plantio de sorgo, feijão e milho. Em razão disso, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, e o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Gabriel Maciel, lançam os programas Terra Pronta e de Distribuição de Sementes, nesta sexta-feira (06). A expectativa é que os dois programas beneficiem mais de 76 mil agricultores familiares nessas regiões. Em Araripina, o lançamento será, às 9h, no Centro Tecnológico e, em Petrolina, será no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, às 14h30.

02

20-Sr. Saulo Terra Pronta Salgueiro 017

Para o Sertão do Araripe, em 2015, está prevista a aração de 5.985 hectares de terra. O investimento soma mais de R$ 1,112 milhão. Cada hectare arado corresponde a um agricultor beneficiado. Dentro do programa de Distribuição de Sementes, a meta é que os produtores sejam beneficiados com 321.300 quilos, neste ano. Em 2014, foram distribuídos 251.600 quilos de sementes. A Região de Desenvolvimento (RD) do Sertão do Araripe engloba os municípios de Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz da Venerada, Santa Filomena e Trindade.

DSC_0141

JORNAIS2

A RD do Sertão do São Francisco compreende os municípios de Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. Para 2015 está prevista a aração de 10.273 hectares, com investimento de quase R$ 1,9 milhão. O programa Distribuição de Sementes tem a meta de distribuir 640.800 quilos de sementes. No ano passado, os 353.000 quilos beneficiaram 18.234 agricultores familiares.

Núcleo de Comunicação


Postado em Notícias, Sertão | Por

mar 4

4 março 2015

Cobrança dos moradores da Augusto Cerquinha aqui no Secretário do POVO foi atendida

A prefeitura de Afogados da Ingazeira através da Secretaria de Obras do município, realizaram um trabalho de recuperação de esgoto na Rua Augusto Cerquinha, centro da cidade.

Imagem1915

Imagem1916

Imagem1917

Dona Elsa é proprietária de um “Atelier de Costura” naquela rua e estava sendo bastante prejudicada com o esgoto.

O Secretário do POVO esteve no local e cobrou junto aos moradores uma solução, a prefeitura atendeu e solucionou o problema.

Imagem1919

Imagem1920

Imagem1921

Imagem1922

Agradecemos a Secretaria de Obras pela atenção e por trazer sossego aqueles moradores da Augusto Cerquinha.

Um outro problema ficou a espera de uma solução, o calçamento aberto em vário pontos da rua, e cada vez que chove aumenta ainda mais.


Postado em Comunidade | Por

mar 4

4 março 2015

Comissão de vereadores e o Secretário do POVO atendem moradores da Cícero Cruz

Uma comissão formada por três vereadores de Afogados da Ingazeira, Igor Mariano, Raimundo Lima e Zé Carlos, foram a Travessa Cícero Cruz.

Imagem1926

Imagem1927

Imagem1928

Naquele local há um vazamento de um esgoto obstruído, foi inclusive demanda atendida após reivindicação dos moradores daquela rua, eles não suportam o fedor de lama podre.

Imagem1930

Imagem1931

Imagem1934

Imagem1935

As fotos e os relatos foram colhidos, tanto pela reportagem do Secretário do POVO, ao mesmo tempo que os parlamentares tomavam nota dos incômodos causados pelo esgoto.

Agora é esperar pela atuação da empresa Beck de Souza e a MAF.


Postado em Comunidade | Por

mar 4

4 março 2015

Diocese de Pesqueira promove curso de Formação Cidadã

Aula Inaugural do Curso de Extensão em Formação Política e Participação Social para lideranças populares é realizado em Pesqueira

Por Núcleo de Comunicação Cáritas Diocesana de Pesqueira

Foi realizada no último sábado (28), no Colégio Santa Dorotéria em Pesqueira, a aula inaugural do Curso de Extensão em Formação Política e Participação Social.

O curso tem o objetivo de Promover um espaço de troca de experiências voltadas para a realidade de cada pessoa, provocando uma leitura crítica e propositiva da realidade, discutindo a gestão de políticas públicas, valorizando as experiências existentes, contribuindo para o entendimento e a prática nos municípios. Além de aprofundar a prática da cidadania, considerando o reflexo da nossa participação e intervenção no município, com acompanhamento e certificação da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

“O curso é um desejo da nossa Diocese de ajudar na formação da cidadania. Nós achamos muito importante a participação do nosso povo, dos nossos agentes na construção de uma sociedade mais justa e mais fraterna”, falou o Bispo Diocesano, Dom José Luiz.

Neste primeiro momento, foi apresentado o conteúdo do curso, carga horária, datas dos módulos e as metodologias a serem utilizadas. Além da participação do assessor Nacional da Comissão para Caridade, Justiça e Paz da CNBB, Padre Ari Antônio dos Reis, e Alder Júlio Ferreira Calado, do Diácono e Educador, da Arquidiocese da Paraíba, ministraram a aula inaugural pontuando dois assuntos: conjuntura Igreja e Sociedade, e como construir uma análise de conjuntura, a nível local, regional, nacional e internacional.

“A realidade não é linear, ela muda constantemente, e uma análise de conjuntura nos permite enxergar onde estamos, o que fazemos, e como podemos contribuir para que ações beneficiem não apenas a mim mas um coletivo, pois tudo está ligado, interconectado”, declarou Alder Júlio.

Aluna do curso Santina Tereza , agricultora do Sítio Angélica em Buíque, falou da expectativa em participar. “Conhecimento e troca de experiências é o que fortalece a nossa caminhada. E o curso irá proporcionar isso”, declarou.

O primeiro módulo será ministrado por Ângelo Zanré, Secretário Executivo da Cáritas NE2, e acontecerá nos dias 24 e 25 de abril , que terá como tema a Conjuntura Local e espaços de organização e discussão das políticas públicas e a participação social.

O curso

O Curso de Extensão em Formação Política e Participação Social está dividido em 06(seis) módulos, com duração de 12 horas cada, totalizando 72 horas/aula de forma semi presencial.

Mais informações: www.diocesedepesqueira.com.br
www.caritasdepesqueira.org.br

Ou na Sede da Cáritas Diocesana de Pesqueira
Praça Comendador José Didier, s/n
Centro – Pesqueira
CEP: 52200-000

Larissa Tavares

Núcleo de Comunicação 


Postado em Notícias | Por

mar 4

4 março 2015

Revista científica do MPT prorroga prazo de seleção de artigos‏

Contribuições podem ser enviadas até a próxima sexta-feira, 6 de março. Artigos devem integrar 12º volume da Revista do MPT/RN.

O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) acaba de prorrogar o prazo para a seleção de artigos destinados a integrar o 12º volume da sua publicação institucional. Os interessados em participar da próxima edição da Revista do MPT/RN devem enviar suas contribuições até 6 de março de 2015, para o e-mail: afonso.rocha@mpt.gov.br.

O endereço institucional pertence ao Procurador do Trabalho Afonso de Paula Pinheiro Rocha, que integra a Comissão Editorial da publicação juntamente com o Procurador Regional do Trabalho José de Lima Ramos Pereira (Presidente) e a Procuradora do Trabalho Izabel Christina Baptista Queiróz Ramos.

Para saber mais detalhes, acesse aqui a Chamada de Artigos publicada no site do MPT/RN. Eventuais dúvidas também podem ser esclarecidas com o Procurador do Trabalho Afonso Rocha, por meio do telefone 84 3422-2900 ou pelo e-mail supracitado.

Ministério Público do Trabalho em Pernambuco
Assessoria de Comunicação
Mariana Banja | Marina Maciel | Samila Suelly


Postado em Notícias | Por

mar 4

4 março 2015

MPT na Escola reúne representantes de municípios da RMR e da Zona da Mata‏

Foi promovida ontem (2), na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, reunião sobre a edição de 2015 do projeto MPT na Escola. O evento, organizado pelo procurador do Trabalho Leonardo Osório Mendonça, titular da Coordenadoria de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), contou com a presença de representantes dos municípios de Abreu e Lima, Olinda, Igarassu, do Ipojuca e Jaboatão dos Guararapes – localizados na Região Metropolitana do Recife (RMR) –, de Macaparana, Carpina, Nazaré da Mata e do Paudalho – na Zona da Mata.

Na ocasião, o procurador apresentou o projeto e as atividades realizadas durante o ano de 2014 e demonstrou interesse em implementá-lo em cada município. “Nosso objetivo é que a metodologia do MPT na Escola possa chegar à maior quantidade possível de instituições de ensino”, pontuou Leonardo.

Entre os presentes, estavam representantes de três municípios que já aderiram à metodologia, Nazaré da Mata, Jaboatão dos Guararapes e Ipojuca. Com estes, discutiu-se que outras medidas podem ser tomadas para a erradicação do trabalho infantil.

O MPT na Escola

O MPT na Escola consiste em um conjunto de ações que visa discutir nas escolas temas relativos aos direitos da criança e do adolescente, principalmente as temáticas que envolvem o trabalho infantil e a proteção ao trabalhador adolescente. Durante o ano de 2014, foi apresentado aos municípios de Petrolina, Nazaré da Mata, do Recife, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e Jaboatão dos Guararapes.

Ministério Público do Trabalho em Pernambuco
Assessoria de Comunicação
Mariana Banja | Marina Maciel | Samila Suelly


Postado em Notícias | Por

mar 4

4 março 2015

Celpe pressiona Amupe ameaçando parar de fazer manutenção

Embora não seja assunto de sua alçada, o TCE, a pedido das partes, vai tentar mediar o conflito entre a Celpe a Amupe em torno do cumprimento de uma resolução da Aneel que transfere para as prefeituras a responsabilidade pela iluminação pública. O presidente Valdecir Pascoal reuniu-se com as partes, separadamente, e ficou de propor uma solução negociada após consulta à área técnica do seu Tribunal. O prazo para que os prefeitos assumam os ativos da iluminação pública, hoje sob gestão da Celpe, expirou em 31/12. Mas a Amupe se recusa a fazê-lo alegando que a companhia parou de fazer a manutenção e quer transferi-los em situação pré-falimentar. “Isso absolutamente não é verdade. Os ativos estão em boas condições, porém se houver falhas em algum lugar, diga-nos onde estão que a gente corrige”, diz o presidente da Celpe, Luiz Antonio Ciarlini, que tenta há dois anos um acordo amigável com Amupe, mas até agora não obteve êxito.

Taxa de adesão

Dos 184 municípios pernambucanos, apenas 39 já assumiram a responsabilidade pela iluminação pública. Para custear o serviço, eles podem instituir a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), que pode ser cobrada pela fatura da Celpe, que depois faria a restituição. Segundo o presidente Luiz Antonio Ciarlini, apenas Pernambuco e o Ceará, no Nordeste, apresentam resistência à municipalização por medo de uma mudança que seria positiva para as próprias prefeituras.

Confronto – Se até o fim do mês a Amupe não assinar com a Celpe o contrato preliminar de transição para transferência às prefeituras dos ativos da iluminação pública (luminárias, fios e reatores), a concessionária de energia vai parar de fazer a manutenção. Ela recebia um “plus” da Aneel por esse serviço, mas parou de recebê-lo porque não houve o acordo com as prefeituras.

Do Blog de Inaldo Sampaio


Postado em Notícias | Por