Publicidade


Pandemia do novo coronavírus leva o IBGE a realizar pesquisa por telefone em Pernambuco

7 maio 2020|Postado em:Sertão


Publicidade



 

IBGE inicia pesquisa sobre Covid-19 com entrevistas por telefone

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística iniciou na última segunda-feira (4) a pesquisa PNAD Covid, uma versão da conhecida PNAD contínua. Por causa da pandemia do novo coronavírus, essa coleta de informações está acontecendo por telefone. Em Pernambuco, pouco mais de 7 mil famílias estarão recebendo essas ligações, pessoas distribuídas em 137 municípios do estado, entre eles Sertânia.

Segundo João Alexandre da Silva, coordenador da agência do IBGE de Arcoverde e supervisor da PNAD Covid, a intenção é saber a quantidade de cidadãos que tiveram sintomas relacionados à Covid-19 como febre, dificuldade para respirar, tosse e outros. Além de conhecer a parcela da população que procurou unidades de saúde e nesse caso por quais procedimentos médicos passou e para os que não foram a hospitais, serão questionados se tomaram algum medicamento e se receberem visitas de profissionais de saúde na residência.

Publicidade


A pesquisa também vai averiguar mudanças no mercado de trabalho, prática do home office, rendimentos obtidos pela família e causas que dificultaram a busca de emprego. Serão coletados, ainda, dados sobre características dos moradores, grau de instrução e habitação. De acordo com o IBGE, as entrevistas duram, em média, 10 minutos. São informações socioeconômicas que visam medir e entender os múltiplos efeitos da pandemia sobre a população.

Essa pesquisa acontecerá mensalmente e os primeiros resultados têm divulgação prevista para este mês de maio, em breve serão divulgados semanalmente.  O objetivo é permitir e contribuir para elaboração de estáticas sobre o trabalho, renda e condições das famílias em curto prazo. Dados essenciais que são aliados do povo e dos entes governamentais, pois orientam a formulação de políticas públicas emergenciais e a busca por soluções para os problemas causados pela doença.

É importante lembrar que os pesquisadores do IBGE não vão solicitar número de documentos, de cartão de banco ou crédito. Inclusive, a pessoa que recebeu a ligação pode solicitar informações do pesquisador como seu nome e número de matrícula e pode consultar através do site: www.respondendo.ibge.gov.br ou pelo telefone 0800-721- 8181. Todas as informações têm sigilo garantido por lei, os dados só podem ser utilizados para fins estatísticos.

“Precisamos contar com a adesão da população, que sempre respondeu ao IBGE nas suas pesquisas presenciais, mas agora atendendo ao instituto nessa nova forma de abordagem, que é por telefone. Contamos com a participação de todos para que o IBGE continue cumprindo sua missão institucional, que é de retratar o Brasil com informações necessárias ao conhecimento de sua realidade e ao exercício de sua cidadania”, destacou João Alexandre da Silva, coordenador da agência do IBGE de Arcoverde e supervisor da PNAD Covid.

Colaboração da Assessoria de Imprensa

 

Publicidade

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*