Publicidade


Prefeitura do Recife dá mais um passo para reduzir índices de acidentes de trânsito

23 out 2017|Postado em:Notícias

Quatro novos dispositivos de fiscalização eletrônica iniciam período educativo a partir desta terça-feira (24), em vias dos bairros de Nova Descoberta, Totó, Boa Viagem e Tejipió

A Prefeitura do Recife, através da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), vai dar continuidade ao investimento em equipamentos de fiscalização eletrônica com o objetivo de reduzir os registros de acidentes de trânsito. Quatro novos dispositivos iniciam o período educativo, a partir desta terça-feira (24), nas avenidas Norte e Liberdade e nas ruas Visconde de Jequitinhonha e Falcão de Lacerda, nos bairros de Nova Descoberta, Totó, Boa Viagem e Tejipió, respectivamente. Os equipamentos estarão aptos a registrar infrações como excesso de velocidade, parada sobre faixa de pedestre e avanço de semáforo e vão entrar em operação definitiva, multando aqueles que cometerem as irregularidades, a partir da quarta-feira (1º). Com a ação, Recife passa a contar com cerca de 100 dispositivos de fiscalização eletrônica. Desde 2014, a atual gestão de trânsito investe na aquisição de novos e mais modernos equipamentos. A política de priorizar a segurança viária teve influência direta na redução de cerca de 30% no número de acidentes com vítimas no município entre os anos de 2012 e 2016.

Para identificar as áreas beneficiadas, as equipes técnicas da CTTU realizaram estudos que levaram em consideração as solicitações da população, o volume de veículos e de pedestres e a proximidade de polos de interesse público. Além dos equipamentos, os pontos beneficiados também vão receber refletores de LED, que iluminam a via de acordo com o tempo vermelho do semáforo, durante o período noturno, garantindo uma travessia mais segura aos pedestres. Os locais ainda receberam a manutenção de toda a sinalização viária, conforme exigência do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

 

Para a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, o investimento em fiscalização eletrônica já está consolidado como uma das principais medidas para a melhoria da segurança viária. Agora, o objetivo é atender as áreas mais periféricas da cidade. “O resultado da fiscalização eletrônica para a redução de acidentes de trânsito é imediato. Percebendo a potencialidade da ação, ainda em 2014, quando a Prefeitura deu início a um grande investimento na aquisição de tecnologias para a gestão de trânsito, procuramos priorizar o entorno dos maiores polos geradores de tráfego. No entanto, existe uma grande demanda nas periferias e a CTTU está tendo um olhar cada vez mais cuidadoso para essas áreas”, destacou.

 

Os equipamentos de fiscalização funcionarão todos os dias, das 6h às 22h, para excesso de velocidade, e das 6h às 20h para parada sobre faixa de pedestre e avanço de semáforo. Da terça-feira (24) até a terça-feira (31), no entanto, os aparelhos funcionarão apenas em caráter educativo. Já a partir da quarta-feira (1º), eles estarão aptos a multar. As infrações por excesso de velocidade variam entre média, R$ 130,16, a gravíssima vezes três, R$ 880,41, além dos pontos registrados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). É importante ressaltar que o limite de velocidade é de 50 km/h na Avenida Liberdade e na Rua Falcão de Lacerda e de 60 km/h na Rua Visconde de Jequitinhonha e na Avenida Norte, conforme sinalização implantada nas vias. Já os veículos flagrados avançando o semáforo ou parados sobre a faixa de pedestre, estarão sujeitos a multas grave, R$ 195,23 e 5 pontos na CNH, e gravíssima, R$ 293,47 e 7 pontos na CNH, respectivamente.

REDUÇÃO DE ACIDENTES- A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) destaca a queda contínua, ano a ano, desde 2012, no número de acidentes com vítima no município. Naquele ano foram registrados 2.534 acidentes com vítima, quando em 2016 o número caiu para 1.771, uma redução de 30%. No mesmo período, também houve uma diminuição no número de feridos envolvidos em colisões de trânsito, passando de 3.174, em 2012, para 2.165, em 2016, representando uma queda de cerca de 32%. Em 2017, de acordo com os dados registrados nos sete primeiros meses do ano (janeiro a julho), as estatísticas seguem o mesmo ritmo de redução, refletindo de modo positivo todos os esforços da Prefeitura do Recife para garantir um trânsito cada vez mais seguro na cidade.

Além do investimento em fiscalização eletrônica, a redução de acidentes está ligada a uma série de ações que, juntas, garantem a melhoria da segurança viária. As diversas campanhas educativas realizadas nas vias e nas es escolas públicas e privadas; a contratação de cerca de 250 orientadores de trânsito, que atuam nos principais corredores viários auxiliando condutores, ciclistas e pedestres; a implantação e a manutenção de cerca de cinco mil faixas de pedestres e de 14 mil placas de sinalização e o investimento em estudos de engenharia de tráfego com o intuito de encontrar soluções para o ordenamento da circulação são alguns exemplos.

 

 

Confira a localização dos novos equipamentos:

 

– Rua Falcão de Lacerda x R. Quinze de Novembro – Semáforo 285, próximo à Assembleia de Deus e no entorno da estação de metrô Coqueiral, Tejipió;

 

– Avenida Liberdade x Rua Juvêncio Marques da Cunha – Semáforo 440, próximo à Escola Estadual Monsenhor Álvaro Negromonte, no bairro do Totó;

 

– Rua Visconde de Jequitinhonha x Rua professor Mário de Castro, semáforo 158, após o cruzamento com a Rua Capitão Zuzinha;

 

-Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar, semáforo ocasional de pedestre 424, após a entrada de Nova Descoberta, nas proximidades da Escola Estadual Clotilde de Oliveira, Nova Descoberta.

 

Marcela Pinilla

Nahyara Batista

Laís Reis

CTTU

Assessoria de Imprensa

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*