Publicidade


Bancada da oposição questiona governo de Pernambuco sobre gastos da Arena Pernambuco

12 fev 2015|Postado em:Política

O deputado Sílvio Costa Filho (PTB), resolveu intensificar as pancadas no governo do estado, a nota enviada pela “bancada de oposição” demonstra esse cenário, o curioso disso tudo é que o deputado foi aliado do ex-governador Eduardo Campos, naquela época ficou calado, e agora porque é oposição, resolveu fiscalizar, leiam abaixo a nota enviada ao Secretário do POVO.

“O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado Silvio Costa Filho (PTB), vai encaminhar ao Governo do Estado um pedido de informação sobre os custos da Arena Pernambuco para os cofres públicos estaduais. Silvio quer que o Estado esclareça melhor porque reservou R$ 93,8 milhões do Orçamento Fiscal de 2015 para pagar parcelas indenizatórias restantes da construção da Arena e a parte referente a seus custos de manutenção em 2014.

 

“Não se discute a importância da Arena Pernambuco para o nosso futebol, mas a principal pergunta que precisa ser feita é quanto os pernambucanos ainda vão pagar para a manutenção desse espaço, que poderia ter outras fontes de financiamento”, afirma Silvio Costa Filho.

 

O parlamentar lembra que o governador Paulo Câmara tem dito que este não será um ano fácil e que o povo de Pernambuco já começa a perceber o aperto orçamentário pelo qual o Estado vem passando, com dificuldades para pagar fornecedores na educação, na saúde, às empresas de terceirização, de construção civil, dentre outras áreas.


Publicidade



 

“Com todos os problemas que está enfrentando, na saúde, na segurança, a crise nos presídios, entre outras questões, Pernambuco não pode se dar ao luxo de pagar R$ 93,8 milhões, depois de vários investimentos e contrapartidas que foram dadas a este projeto”, afirma.

 

Diante disto, a bancada da oposição enviará um pedido de informação ao Governo e irá indagar sobre qual o verdadeiro custo, ao final, da Arena Pernambuco para o Estado. Também serão solicitados dados sobre os custos da manutenção mensal e quais são as fontes de financiamento.

 

O deputado adiantou que solicitará uma reunião com representantes da gestão estadual para ter acesso a informações detalhadas sobre as obrigações contratuais do Estado de Pernambuco e dos parceiros privados e se o Poder Executivo está tomando alguma medida para minimizar a necessidade de repasse de recursos futuros.”

Da Bancada da Oposição

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*