Publicidade


Documentários abordam histórias, patrimônios históricos e cultura de Petrolina e Juazeiro

3 nov 2021|Postado em:Sertão

 

“Entrecidades” passeia por ruas de Petrolina e Juazeiro – Foto: Ascom/Thiago Santos

Documentários “Travessias” e “EntreCidades” são narradas a partir do depoimento de personagens ilustres das cidades

Memórias que cercam o patrimônio material das cidades de Petrolina e Juazeiro, no Sertão do São Francisco, narradas a partir do depoimento de ilustres personagens, estão registradas nos documentários “Travessias” e “EntreCidades” – filmes contemplados com incentivos da Lei Aldir Blanc e da Prefeitura de Petrolina, produzidos pela Nu7 Produções, coletivo audiovisual independente do Vale do São Francisco.


Publicidade



Os dois filmes, de média metragem, estão disponíveis gratuitamente no canal do YouTube do coletivo: https://linktr.ee/nu7producoes.

O primeiro deles, “Travessias”, escrito e dirigido por Cleriton F. Alves, gira em torno das famosas barquinhas, território flutuante comum que une os chãos de Petrolina e de Juazeiros.

Entre outras coisas, aborda aspectos históricos da travessia a partir da participação do professor e historiador Pablo Magalhães. A narrativa também se debruça em mostrar relações afetuosas criadas em torno das barquinhas.

Já em “EntreCidades”, dirigido e roteirizado por Joedson Silva, a proposta é um passeio por primeiras ruas de Petrolina e Juazeiro, tendo como cenário o patrimônio material, histórico e cultural das duas cidades.

A narrativa é construída a partir de um bate papo entre a historiadora Márcia Galvão e o historiador Juscelino Ribeiro da Silva, que dão o tom da conversa sobre memórias e constituição da Cultura local a partir dos povos originários, dos remeiros, do caatingueiro, do vaqueiro e das vastas riquezas da terra.

 

Fonte: Folha de Pernambuco

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*