dez 18

18 dezembro 2014

Agricultores/as de Flores e Quixaba participam de intercâmbio na Paraíba‏

20141216_115839

Por Juliana Lima – Comunicadora Popular do Cecor

Com o objetivo de trocar conhecimentos e adquirir novas experiências, agricultores e agricultoras de Flores e Quixaba, no Sertão do Pajeú, participaram nos dias 11 e 12 de dezembro de um intercâmbio interestadual do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), financiando pela Fundação Banco do Brasil (FBB), nos municípios de Teixeira e Matureia, no Médio Sertão paraibano.

20141216_094436

20141216_112427

O intercâmbio foi promovido pelo Centro de Educação Comunitária Rural (CECOR) e começou no Sítio Catolé da Rocha, em Teixeira, com uma visita à área produtiva da agricultora Edileide Fernandes Araújo, de 40 anos, que, ao lado do marido e dos filhos, cultiva hortaliças agroecológicas e comercializa nas feiras livres das cidades de Teixeira e Desterro. A família tem ao lado de casa uma cisterna de enxurrada e aproveita a água acumulada para potencializar a horta, construída em volta do reservatório.

Em seguida, os agricultores e agricultoras conheceram à área experimental do Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), organização que tem 29 anos de atuação no Médio Sertão da Paraíba e trabalha com o desenvolvimento e a implementação de tecnologias sociais de captação e armazenamento de água da chuva. “Inicialmente as tecnologias são criadas e testadas na área experimental, depois são levadas até às famílias, que aprendem a aproveitar as potencialidades de captação de água de seus terrenos”, explica Aldair dos Santos, agente educador do CEPFS. 

“Me chamou atenção à variedade de fruteiras plantadas no mesmo local, uma forma de controlar as pragas”, disse Aparecida Fernandes da Silva, agricultora do Sítio Cabeça Dantas, em Flores. 

 Já o agricultor Guilherme Bezerra da Silva, da comunidade Mata Grande, em Quixaba, destaca a capacidade de aproveitamento das águas através das tecnologias desenvolvidas pelo CEPFS. “Muito em breve a experiência da bomba de puxar água que eu vi na Paraíba será feita no meu município”, disse o agricultor, valorizando o aprendizado do compartilhamento de saberes e conhecimentos entre as famílias do Semiárido.  


Postado em Sertão | Por

dez 17

17 dezembro 2014

Prefeitura de Flores instala poço artesiano em praça de Sítio dos Nunes

PraçaSítio_Poço_3

 A praça Dom Vicente, construída em frente a capela de São João Batista, do distrito de Sítio dos Nunes, recebeu a instalação de um poço artesiano para a irrigação de seus canteiros.

 PraçaSítio_Poço_0

PraçaSítio_Poço_1

PraçaSítio_Poço_2

O poço está sendo instalado pela Secretaria de Agricultura e tem 16 metros de profundidade, com vazão 3 mil litros dá água.

 

Da Assessoria de Imprensa


Postado em Sertão | Por

dez 17

17 dezembro 2014

Estrada de Bernardo Vieira e Rodoviária, desafios para Sebastião Oliveira

Sebastião1-680x250O deputado federal Sebastião Oliveira em sua nova missão na Secretaria dos Transportes, agora tem dois grandes desafios, certamente a cobrança pela estrada de Bernardo Vieira é um ponto que terá discussões ampliadas, dedicação e  acima de tudo interesse.

Há um interesse do próprio deputado Sebastião Oliveira, ou melhor, secretário dos transportes, isso foi dito em período eleitoral, presenciado pelo Secretário do POVO, ele antecipou o empenho em construir a estrada de Bernardo Vieira, onde foi bastante aplaudido naquele distrito.

A expectativa para o tal sonho dos serratalhadenses, em especial a estrada, ficará por conta e interesse do deputado, e ainda com a aprovação do governador Paulo Câmara.

Outro desafio e talvez uma dívida que ficou nas costas de Sebastião Oliveira, a construção de uma nova Rodoviária para Serra Talhada, é o momento do novo secretário calar a boca de muitos adversários e críticos, pelo menos, a oposição bateu muito  nesse quesito, nenhum outro assunto foi tão discutido quanto essa rodoviária, se acaso for concretizado, qual a próxima cobrança da oposição.


Postado em Sertão | Por

dez 16

16 dezembro 2014

Famílias agricultoras da tribo Pankará avaliam ações do P1+2‏


O Programa – O P1+2 tem o objetivo de construir um projeto alternativo de manejo sustentável de recursos hídricos, assegurando às famílias do semiárido brasileiro uma terra para trabalhar e viver de maneira sustentável com dois tipos de água: uma para o consumo humano e outra para produção de alimentos (de origem animal e vegetal).

A metodologia do programa tem como princípio fundamental o reconhecimento das experiências acumuladas pelos(as) agricultores(as), que ao longo dos anos se mostraram como estratégias eficientes de convivência com as adversidades da região.

Por esse motivo, além das implementações (cisternas-calçadão, barreiros-trincheira, cisternas-enxurrada, barragens-subterrâneas, barraginhas, tanques de pedra e bombas populares), o P1+2 investe na mobilização das famílias que serão beneficiadas, na realização de intercâmbios de experiências e na capacitação de equipes, pedreiros e agricultores, além de promover o fortalecimento das instituições envolvidas na execução do programa e a elaboração de boletins de experiências de vida e de produção de famílias.

 

Núcleo de Comunicação do Cecor


Postado em Sertão | Por

dez 16

16 dezembro 2014

Fórum discute desenvolvimento regional para Salgueiro e entorno‏

Fórum

Nesta terça (16) e quarta-feira (17), a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem participa do fórum “Plano de Desenvolvimento Sustentável de Salgueiro e Entorno: um instrumento para o Desenvolvimento Regional”. Realizado na cidade de Salgueiro, o encontro contará com a participação do gestor da Gerência de Apoio à Articulação Regional (GEAR), Paulo da Fonte, e do técnico Glieldson da Silva. Na ocasião, os dois representantes da Condepe/Fidem apresentarão detalhes do projeto desenvolvido pela Agência estadual em parceria como a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), ligada ao Ministério da Integração Nacional.

A abertura oficial do encontro será realizada por representantes da Sudene, do Ministério da Integração Nacional, da Agência Condepe/Fidem e da Prefeitura de Salgueiro. Em seguida, a Política Nacional de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional será apresentada em palestra. Depois é a vez da coordenação geral de Promoção do Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – DPLAN/Sudene mostrar as ações do órgão no Programa de Desenvolvimento Regional, Territorial Sustentável e Economia Solidária. Para fechar o primeiro dia de apresentações, a gerência de Apoio à Articulação Regional (GEAR) da Agência Condepe/Fidem detalha o Plano de Desenvolvimento Regional, Territorial, Sustentável do Município de Salgueiro e seu Entorno. Após as discussões os participantes farão visita técnica às instalações da Transnordestina. O segundo dia de atividades também será marcado por visitas técnicas: projeto São Francisco; Plataforma Multimodal e Ponte do Ibó.

DESENVOLVIMENTO REGIONAL – Com vista nos projetos econômicos que hoje são tocados na região, que deverá ser beneficiada com trilhos de ferro, águas transpostas e complexo logístico, a preocupação dos governos municipal, estadual e federal é construir um desenvolvimento não só econômico, mas sustentável.  A elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Município de Salgueiro e seu entorno é fruto do Chamamento Público de 2013, e prevê a avaliação dos impactos dos investimentos em curso na região, como a Ferrovia Transnordestina, a Plataforma Multimodal de Salgueiro e o Projeto de Integração do Rio São Francisco. Compõem os objetivos do plano a identificação de principais problemas causados, desafios e potencialidades na perspectiva econômica, social e de logística além da elaboração de propostas que permitam desenvolvimento integrado e sustentável na região.

Fonte: Condepe/Fidem

Foto: Divulgação

Secretaria da Casa Civil de Pernambuco
Núcleo de Jornalismo


Postado em Notícias | Por