out 17

17 outubro 2020

Começa pavimentação de trecho final da PE-193, entre Capoeiras e Caetés

 

Foto: Assessoria

 Com investimento de R$ 5,6 milhões, iniciativa beneficiará diretamente mais de 106 mil moradores daquela região do Agreste Meridional
O Governo de Pernambuco iniciou, nesta semana, as obras de implantação e pavimentação do trecho final da PE-193, que liga Capoeiras a Caetés, no Agreste Meridional, com 5,2 quilômetros de extensão. A iniciativa conta com investimento de R$ 5,6 milhões e tem prazo de execução de 180 dias. As intervenções são coordenadas pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra) e executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).
Os serviços incluem a execução do complemento da terraplanagem, pavimentação e sinalização da via, melhorando a trafegabilidade e proporcionando mais conforto e segurança para quem transita pelo local. “As ações, além de complementarem o trecho já asfaltado e restaurado da PE-193, entre São Bento do Una e Capoeiras, vão facilitar o escoamento da produção leiteira, agrícola, da pecuária e de laticínios, impactando positivamente para o crescimento da economia local”, pontua a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.
A “Rodovia do Leite”, como ficou conhecida a PE-193, interliga vários municípios do Agreste Meridional, do entroncamento com a PE-180, em São Bento do Una ao entroncamento com a BR-424, em Caetés, com extensão total de 39,3 km.

 

Assessoria de Comunicação do DER-PE

Postado em Notícias | Por

out 16

16 outubro 2020

Dia Mundial do Pão é comemorado nesta sexta-feira (16) 

 

Image by Couleur from Pixabay

  O Dia Mundial do Pão é comemorado nesta sexta, 16 de outubro, em todo o país. O dia foi instituído em 2000, em Nova York, pela União dos Padeiros e Confeiteiros. Pernambuco reúne creca de 4 mil panificadoras, entre formais e informais, que geram 40 mil empregos diretos e mais de 82 mil indiretos. Os dados são da Epão, entidade que reúne a Associação dos Industriais de Panificação do Estado (AIPP), Sindipão e Coopancosi.

Serviço considerado essencial, as padarias passam por momentos difíceis em razão da pandemia do Coronavírus. O agravamento da situação veio com a paralisação de diversas atividades, durante o isolamento social, manutenção de custos fixos e aumentos sucessivos do dólar, acumulado em cerca de 30%.

“De 40% a 45% da farinha de trigo que utilizamos é importada. Fora isso, ainda enfrentamos o desabastecimento e a alta dos preços de outros insumos”, destaca Paulo Pereira, presidente do SINDIPÃO / EPÃO. Segundo ele, a queda faturamento é de aproximadamente 30%, fora os estabelecimentos que encerraram as atividades.

Setor formado, em sua maioria, por micro e pequenos empresas, optantes pelo Simples Nacional, o segmento da panificação já enfrenta rotineiramente problemas ligados à tributação. “Buscamos mecanismos que reduzam o impacto da crise e viabilizem a reestruturação dos negócios”, conta João Galdino, presidente da AIPP, COOPANCOSI e EPÃO.

Uma saída é sanção de uma lei estadual que regulamente a venda de trigo industrial apenas para empresas formais. “É uma forma de regularizar e moralizar a venda do pão, que é feita de forma indiscriminada para formais e informais”, explica João.

 Colaboração de Kátia Pinto

Postado em Artigo | Por

out 16

16 outubro 2020

Boletim Coronavírus Unimed Caruaru 16/10/2020

 

 

O Hospital Unimed Caruaru (HUC) informa que, até o momento, atendeu mi quinhentos e vinte e quatro (1.524) casos confirmados para a COVID-19.
Destes, cinco pacientes, sendo um de Caruaru, um de Taquaritinga do Norte, um de Gravatá, um de Arcoverde* e um de Garanhuns* estão internados em
nossa unidade, sessenta e três encontram-se em isolamento domiciliar, mil quatrocentos e vinte e seis obtiveram a cura da doença e trinta vieram a óbito.
Além desses casos, temos em nossa instituição um paciente com suspeita da COVID-19, em acompanhamento médico.

Em respeito à privacidade dos pacientes, a Unimed Caruaru esclarece que não divulga outros detalhes. A informação é fornecida apenas para os órgãos de
autoridade de saúde.

*Pacientes oriundos de Garanhuns e Arcoverde que já deram entrada com resultado positivo para COVID-19.

 

 Colaboração de Letícia Souza

Postado em Sertão | Por

out 16

16 outubro 2020

Riacho das Almas registra mais dois casos positivos de Covid-19

 

A Secretaria de Saúde de Riacho das Almas confirmou que ontem quinta-feira (15) teve mais dois casos de infecção por Covid-19 no município. Com os números, Riacho das Almas chega a 422 casos confirmados de contaminação por coronavírus, incluindo nove óbitos. Abaixo informações dos paciente:

– Homem, 71 anos, em isolamento domiciliar. Morador do bairro Mãe Rainha. Estado de saúde é bom.

– Homem, 16 anos, em isolamento domiciliar. Morador do Sítio Atalaia. Estado de saúde é bom.

Dos 422 pacientes infectados, 409 já estão recuperados. Estão em investigação 06 casos, e 984 pessoas tiveram diagnóstico negativo. Riacho das Almas contabiliza ainda nove mortes em decorrência da Covid-19.

 

Prefeitura de Riacho das Almas

Assessoria de imprensa


Postado em Sertão | Por

out 16

16 outubro 2020

CPRH estende Licenciamento Ambiental Digital para todo o Estado

 

Foto: Pedro Menezes/SEI

Novo processo online contempla qualquer tipo de empreendimento, e vai dar mais praticidade e rapidez às solicitações em Pernambuco
 
O Governo de Pernambuco, por meio da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), ampliou o Licenciamento Ambiental Digital para todos os municípios do Estado a partir de ontem (15.10). A iniciativa vale para qualquer tipo de empreendimento, de pequeno, médio ou grande porte. A ideia é usar a tecnologia para agilizar as respostas às solicitações de licenciamento ambiental de forma sustentável, ou seja, sem uso de papel. O processo de envio de documentos se dá pelo Sistema Integrado de Licenciamento Ambiental, o Siliaweb. A plataforma está disponível no portal da CPRH.
 
“Fomos apresentados à nova plataforma que vai possibilitar o licenciamento digital de todos os empreendimentos e ações que precisem de uma licença para atividades ambientais. Então, a partir de agora, a CPRH está preparada para receber um conjunto de demandas, dar celeridade e desburocratizar. Nessa retomada, precisamos cada vez mais ter condições de avançar e disponibilizar serviços de qualidade a quem quer investir, ampliar e gerar emprego e renda em Pernambuco”, disse o governador Paulo Câmara.
 
O novo sistema vai trazer mais celeridade às demandas das atividades e empreendimentos previstos no Anexo I da Lei Estadual nº 14.249/2010, a exemplo de postos de combustível, obras públicas e privadas, loteamentos, entre outros. Inicialmente, o sistema remoto foi criado para o Licenciamento Ambiental Simplificado, ou seja, referente a atividades e empreendimentos de baixo potencial degradador, conforme prevê a Instrução Normativa CPRH de n.º 005/2014. Segundo o diretor presidente da CPRH, Djalma Paes, desde maio de 2019, o Licenciamento Ambiental Digital para todo tipo de empreendimento foi implantado no Distrito de Fernando de Noronha, como projeto piloto, e obteve bons resultados.
 
Diante da pandemia do novo coronavírus, a CPRH passou a receber documentações por e-mail e protocolar no sistema. A diferença é que agora a própria empresa solicitante faz o cadastro. “Com o licenciamento digital implantado em todo Estado, não é preciso mais fazer licenciamento presencial. Abolimos o papel e as pessoas podem fazer o processo de casa ou do escritório, esteja onde estiver, em Araripina ou no Recife. Os documentos são digitalizados e encaminhados para dar entrada no processo. No site estão todas as informações. Vamos ter mais agilidade na concessão de licenças. Isso porque o protocolo somente se concretiza quando a documentação completa é enviada. Antes, muitas vezes faltava algum documento e a pessoa não tinha resposta sobre essa falta”, explicou Djalma Paes.
ASCOM

Postado em Notícias | Por