Publicidade


Pernambucanos estão dispostos a gastar na Black Friday, diz Fecomércio

10 nov 2021|Postado em:Notícias


Publicidade

 

Foto: Wilton Marcelino/Divulgação

Segundo a ‘Sondagem de Opinião do Black Friday 2021’ da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Pernambuco (Fecomércio-PE), o otimismo paira sobre as expectativas de vendas para o mês de novembro. A maioria dos pernambucanos está disposta a comprar na Black Friday, com gasto médio de R$ 1.377. O levantamento foi realizado entre os dias 6 e 15 de outubro, envolvendo 788 consumidores e 721 estabelecimentos, nos principais pontos de fluxo do comércio da Região Metropolitana do Recife, Agreste e Sertão.

“O objetivo da pesquisa é prover informações relevantes às empresas do comércio varejista e dos serviços de alimentação em Pernambuco a respeito do perfil de consumo e das expectativas referentes a este período de aquecimento das vendas”, explica o assessor econômico da Fecomércio-PE, Ademilson Saraiva.

A lista de itens a serem procurados na Black Friday é bastante diversificada. Destacam-se na opinião dos consumidores os produtos de uso pessoal – como as roupas e acessórios (38,1%), calçados (17,6%), smartphones e tablets (16,6%) e perfumes e cosméticos (13,7%) – e os de uso familiar – como os eletrodomésticos (23,5%), equipamentos de áudio e vídeo (10,9%) e móveis (10,0%).

A principal motivação apontada, entre os que pretendem participar, é a aquisição de algum produto ou serviço que almejam há muito tempo (53,8%) e irão aproveitar o período de descontos e preços mais baixos para satisfazer esse desejo. A antecipação de compras para o Natal e Réveillon é outro objetivo relevante para que os consumidores saiam às compras. As compras pela internet devem atrair 59,5% dos consumidores e o comércio tradicional ficar com 44,9% dos pernambucanos.

“A tendência da busca pelo comércio eletrônico explica, em parte, o alto percentual de consumidores que pretendem utilizar o cartão de crédito como forma de pagamento neste ano, uma vez que o cartão de crédito é o meio de pagamento mais comum nas compras on-line”, diz o assessor econômico da Fecomércio-PE.


Publicidade



Indisponibilidade financeira

 

Entre os consumidores que não pretendem participar das compras em 2021, 45,0% declaram estar ‘sem dinheiro ou com pouco dinheiro’ disponível para aproveitar os descontos no comércio. Além desses fatores, os consumidores também relatam outras questões relacionadas à conjuntura socioeconômica como relevantes para a decisão de não participar: 12,2% declaram estar inseguros quanto às perspectivas sobre a economia brasileira; 11,9% se justificam por estarem endividados; e 8,5% relatam o fato de estarem desempregados.

Expectativa de vendas

 

A expectativa por vendas maiores é compartilhada por 72,9% dos estabelecimentos do comércio tradicional. Nos shopping centers, 86,8% dos estabelecimentos têm expectativa de crescimento. A estimativa de variação das vendas para a Black Friday de 2021 é de 14,7% entre os estabelecimentos do comércio tradicional e 15,7% entre os estabelecimentos dos shoppings centers.

Entre os estabelecimentos que se encontram otimistas sobre as vendas este ano, destaca-se como motivação a melhoria no movimento do comércio em função da vacinação (83,6%), bem como na confiança dos consumidores (49,8%) e a recuperação gradual do mercado de trabalho (32,8%). Por outro lado, entre os estabelecimentos que apontaram expectativas pessimistas, ressaltam a persistência de baixo movimento no comércio (51,2%) e o endividamento dos consumidores (40,3%).

Contratação temporária

 

A pesquisa ainda revela que 17,5% das empresas do varejo pretendem contratar colaboradores temporários para dar suporte às vendas da Black Friday de 2021. Nos serviços de alimentação, esse percentual cai para 15%. Nos shoppings, a intenção de contratar temporários ocorre entre 22,1% dos lojistas do varejo e entre 18,4% dos estabelecimentos de alimentação.

 

Fonte: Diario de Pernambuco

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*