Publicidade


Primeiro lote da Sputnik V deve chegar a Pernambuco na próxima quarta-feira (28)

21 jul 2021|Postado em:Notícias

Picture of vials of the Russian Sputnik V vaccine taken as health workers inoculate people over 60 years of age against the novel coronavirus disease, COVID-19, at the Faculty of Medicine of the Higher University of San Andres (UMSA) in La Paz on April 27, 2021. (Photo by Jorge BERNAL / AFP)

A s 192 mil doses da vacina Sputnik V previstas para Pernambuco devem chegar na próxima quarta-feira (28). A remessa faz parte do primeiro lote do imunizante russo a ser recebido pelo Brasil, com 1 milhão e 145 mil doses.

O anúncio foi feito, na terça-feira (20), pelos governadores do Consórcio Nordeste, responsável pela negociação para a compra da vacina junto ao Fundo Soberano Russo.

Todas as vacinas desembarcarão no Aeroporto Internacional do Recife, de onde devem seguir para os demais estados contemplados neste primeiro momento.

Além de Pernambuco, a remessa inicial será destinada à Bahia, Maranhão, Sergipe, Ceará e Piauí. Caso a entrega seja concretizada, o Brasil contará com cinco vacinas contra a Covid-19, já que já são aplicadas a CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen.


Publicidade



Após declarações recentes do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que afirmou que o Brasil não necessita de doses da Sputnik ou Covaxin porque já possuiri quantitativo suficiente para vacinar toda a população adulta, os governadores do Consórcio Nordeste encaminharam, na segunda, um ofício ao Ministério rebatendo a declaração e cobrando um posicionamento oficial do órgão quanto à inclusão da Sputnik no Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Segundo dados do próprio Ministério da Saúde estão vacinados com duas doses aproximadamente 34 milhões de pessoas em todo o Brasil, correspondente a tão somente 15,98% da população, menos do que o quantitativo total da vacina Sputnik V adquirida, caso tivéssemos tido empenho das autoridades sanitárias e regulatórias para autorização de importação e uso”, destacou o governador do Piauí, Wellington Dias, presidente do Consórcio.

A autorização, sob condições, da importação excepcional e do subsequente uso da Sputnik foi concedida pela Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último dia 4 de junho.

No ofício, Dias destaca que a compra das 37 milhões de doses do imunizante foi realizada direta- mente ao fundo russo, sem a presença de intermediários.

“Já estão prontas para a remessa ao Brasil, ainda neste mês de julho, o total de 1,6 milhão de doses da vacina”, ressaltou. Hoje, às 14h, o Consórcio Nordeste, inclusive, volta a se reunir com a entidade internacional para fechar o cronograma de chegada

Fonte: Folha de Pernambuco

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*