Publicidade


TV Pernambuco traz a história de ritmos locais com o Esse Som é Massa

3 set 2021|Postado em:Notícias

A série estreia domingo, (05), a partir das 17h e terá quatro episódios

A TV Pernambuco estreia neste domingo (05), às 17h,  a série documental  Esse Som é Massa: uma história ritmada de Pernambuco. A produção é realizada por pelo historiador Mateus Melo e interpreta historicamente os gêneros e movimentos musicais que se manifestam no nosso Estado. Em cada episódio, uma história ritmada diferente: maracatu, frevo, samba de coco, manguebeat.

A proposta do Esse Som é Massa é atrair o público para o contexto histórico em que esses ritmos se desenvolveram. A ideia é mostrar como a música do seu lugar pode falar bastante sobre as pessoas que vivem nessas terras.

Serviço:

Série Documental Esse Som é Massa

Todo domingo, às 17h

O sinal digital da TV Pernambuco é: em Recife, 46.1; em Caruaru, 12.1; e em Petrolina, 13.1. Parte do conteúdo da emissora também está disponibilizado no canal do Youtube:  youtube.com/tvpernambuco

Programação:

Episódio 01: Maracatu

Ir ao maior carnaval de rua do mundo é garantia de conhecer o maracatu. No primeiro episódio de “Esse som é massa: uma história ritmada de Pernambuco”, vamos investigar o percurso histórico dessa expressão cultural, com foco no maracatu nação (ou de baque virado), patrimônio imaterial do Brasil desde 2014.


Publicidade



Episódio 02: Frevo

De todos os ritmos brasileiros, o frevo é o que mais facilmente podemos localizar. É filho pródigo de Pernambuco. Sabemos até a cidade que nasceu: Recife. Sabemos até os bairros que primeiro foi tocado. Enquanto o Recife ia se urbanizando, na virada do século XIX pro XX, os primeiros passos do frevo iam acontecendo, nas ruas movimentadas do centro. Na luta pela liberdade, os trabalhadores dessa cidade foram cultivando um carnaval que juntava bandas marciais com procissões católicas e golpes de capoeira, criando uma mistura única.

Episódio 3: Samba de Coco

No interior do Nordeste, nos cenários da vida rural, pisar no chão de maneira ritmada para assentar o piso faz parte da ritmização que deu origem ao coco. De diversas expressões pela região é explorado o samba de coco de Arcoverde, que une o Agreste com o Sertão de Pernambuco e representa muito a música do campo. Nos cocos a história é contada.

Episódio 04: MANGUEBEAT

Chico Science disse que “o homem coletivo sente a necessidade de lutar”. No Recife e Olinda dos anos 1990, houve uma revolução, talvez muito mais profunda e inclusiva que qualquer outra na história desse estado, que carrega uma história de lutas. O Movimento Mangue, encabeçado por Chico Science & Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, colocou uma antena parabólica enfiada na lama e disse pro mundo: nos ouçam. Ouçam nosso sotaque, nossa batida, nossa história ritmada.

 

Colaboração – Jaqueline Macedo

Assessoria de Imprensa TV PE

Deixar uma resposta


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*