Publicidade


jan 18

18 Janeiro 2018

Encerrada formação de agentes sociais e coordenadores do PELC em Serra Talhada


Publicidade



Terminou nesta quarta-feira (17), a formação para os agentes sociais e coordenação que atuarão no Programa Esporte e Lazer da Cidade – PELC, do Ministério do Esporte, em Serra Talhada. A capacitação aconteceu na Autarquia Educacional de Serra Talhada – Aeset, foi ministrada pela Universidade Federal de Minas Gerais e contou com 50 participantes.

O Programa Esporte e Lazer da Cidade – PELC é um convênio entre a Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social com a Prefeitura Municipal de Serra Talhada, que será desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.  O PELC proporciona a prática de atividades físicas, culturais e de lazer que envolvem todas as faixas etárias e as pessoas com deficiência, estimula a convivência social, contribuindo para que o espaço e lazer sejam tratados como políticas e direitos de todos. As atividades serão desenvolvidas nos bairros da Cohab, Mutirão, Bom Jesus, Coxixola, Vila Bela e Borborema.

Dividida em três módulos, a programação começou na segunda-feira (15), com reunião entre coordenação geral e coordenadores de núcleos, recepção dos agentes sociais, apresentação do programa, estudo da realidade geográfica, demográfica e cultural da cidade e dos núcleos, formação de grupos de trabalho: Cultura – conceitos e sua relação com o lazer e o esporte; Lazer – conceitos e suas relações com a cultura e o esporte; Esporte – conceitos e suas relações com  a cultura e o lazer; além de visita aos espaços de funcionamento dos núcleos.

Na terça-feira (16), teve discussão sobre o perfil do agente social e suas possibilidades; síntese dos grupos de visitas – limites e potencialidades para o desenvolvimento das atividades do Pelc; e exposição e debate sobre esporte, lazer, cultura, planejamento participativo e construção das vivências esportivas e culturais. O encerramento foi nesta quarta-feira (18), com discussão sobre o agente social de esporte e lazer, debate, sistematização da grade horária dos núcleos, mesa de debate e avaliação final.

“Encerramos em clima de confraternização nosso primeiro módulo do Pelc, que foi a formação para os agentes sociais e coordenadores que vão atuar nos polos, entregamos os certificados e estamos com a equipe a todo vapor para cair em campo e começar o trabalho; agora vamos aguardar o retorno do Ministério do Esporte para darmos continuidade ao programa, abrindo novas inscrições para as pessoas que queiram participar das atividades”, explicou o secretário de Esportes e Lazer, Gin Oliveira. O programa será desenvolvido nos bairros: Cohab, Mutirão, Bom Jesus, Coxixola, Vila Bela e Borborema, beneficiando mais de 2.500 pessoas.

Colaboração da Assessoria


Postado em Notícias | Por

jan 17

17 Janeiro 2018

Deputado comemora decisão do TRF5 de manter suspensão da privatização da Eletrobras

A decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) de manter a suspensão dos efeitos da medida provisória 814, que autoriza a privatização da Eletrobras, foi comemorada pelo deputado federal Danilo Cabral (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Chesf e autor de uma ação popular que questionou a constitucionalidade da MP e a lesividade ao patrimônio público. O Tribunal negou o pedido de suspensão de liminar, apresentado pela União, para incluir a Eletrobras e suas subsidiárias no Programa Nacional de Desestatização. O pedido foi indeferido pelo presidente do TRF5, desembargador federal Manoel Erhardt.

“A preservação da liminar suspendendo a privatização da Eletrobras pelo TRF é mais uma derrota do governo Temer. É a ratificação da justiça de que a MP 814 fere frontalmente a Constituição Federal, através das ameaças à soberania do País, ao patrimônio do Estado brasileiro e ao direito do cidadão através do aumento de energia”, afirmou Danilo Cabral. O deputado considera a decisão como uma vitória para a batalha jurídica em torno da venda do setor energético. “Vamos perseverar na luta em defesa dos interesses do Brasil e do povo brasileiro, especialmente os pernambucanos”, acrescentou.

Publicidade


No último dia 11, o juiz Carlos Kitner, da 6ª Vara Federal do Recife, concedeu uma liminar para suspender o Artigo 3º da MP 814/17, que retirava de uma das leis do setor elétrico a proibição de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias. O recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU) dizia que a decisão representa risco à ordem pública, porque a suspensão dos efeitos da medida provisória pode “prejudicar todo o cronograma de privatização da empresa, o que, por sua vez, comprometeria a arrecadação dos valores ainda em 2018”.

Em sua decisão, o presidente do TRF5, Manoel Erhardt, disse que “não se visualiza, ao menos por ora, risco iminente ao insucesso do programa, dado que o próprio cronograma é algo indefinido”.

Além do recurso da AGU no TRF5, a Câmara dos Deputados apresentou pedido à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, para derrubar a decisão da Justiça Federal. A ação foi encaminhada por sorteio para o ministro Alexandre Moraes. Mas, como o STF está de recesso durante o mês de janeiro, a decisão pode sair por uma liminar da presidente da Corte, que está de plantão neste período.

Deputado Federal Danilo Cabral (PSB-PE)

Assessoria de Comunicação

Postado em Notícias | Por

jan 17

17 Janeiro 2018

Exposição prolongada ao sol pode antecipar catarata, alerta oftalmologista

Na estação mais quente do ano, a exposição prolongada ao sol pode antecipar o surgimento de catarata, que normalmente ocorre com o envelhecimento. De acordo com os especialistas, no verão, as pessoas procuram se proteger dos raios solares, mas acabam esquecendo de cuidar dos olhos. Muitos estudos mostram que os raios Ultra Violetas (UV) podem aumentar o risco de catarata e de outras doenças oculares.

Para o oftalmologista do HVISÃO, membro da Associação Americana (ASCRS) e Europeia (ESCRS) de Catarata e Cirurgia Refrativa e da Sociedade Brasileira de Catarata e Refrativa (BRASCRS), Francisco Lobato, a catarata é a doença ocular que reduz a eficiência e transparência do cristalino. “Fica atrás da íris e da pupila, muda de forma, permitindo que as imagens recebidas se concentrem na retina, que fica na parede posterior do olho. Quando a catarata se forma, as imagens vão se tornando cada vez mais difíceis de serem distinguidas, o contraste e cores ficam comprometidos”, disse o especialista.

“A exposição prolongada ao sol favorece a precocidade do estresse oxidativo, reação química que pode ocorrer quando as células consomem oxigênio e outros nutrientes do organismo para produção de energia, sendo este, um dos principais contribuintes para o envelhecimento e para as doenças relacionadas à idade, incluindo a catarata”, explica Francisco Lobato.

Segundo o médico, as células do cristalino contêm água e proteínas e não possuem as organelas, tipicamente encontradas em outras células. “Quando a catarata se forma, as proteínas das células do cristalino mostram sinais de danos oxidativos. Elas espalham a luz, ao invés de transmiti-la. Assim, pode-se dizer que o estresse oxidativo é responsável por destruir as proteínas do cristalino, dando origem à catarata”, afirma o oftalmologista.

De acordo com o médico, o uso de óculos de qualidade, que de fato bloqueiem UVA e UVB (>98%) e chapéu são medidas preventivas importantes, nesta época do ano. Na alimentação, Lobato conta que consumir alimentos/suplementos ricos em antioxidantes (ômega-3, zeoxantina, transresveratrol, vitamina C e E, selênio, zinco, Carotenoides, cacau, açaí, etc), diminuem o estresse oxidativo.

O oftalmologista alerta que os cuidados com a visão não se restringem apenas à época do verão, principalmente para pessoas que moram em localidades onde a incidência de raios solares é presente quase o ano inteiro.

O tratamento de catarata é cirúrgico. Com 30 anos de experiência em cirurgias de catarata, Francisco Lobato conta que durante o procedimento, retira-se o cristalino e implanta-se uma lente intraocular (LIO) com grau especificamente calculado. Atualmente, existe um método mais moderno, no qual utiliza-se um aparelho de laser (FLACS = Femtosecond assisted cataract surgery) para a realização de algumas etapas da cirurgia, com o objetivo de dar mais precisão, previsibilidade e reprodutibilidade à cirurgia de catarata, finalizou Lobato.

 

Rômulo França

Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação

Publicidade


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Compesa publica edital da Adutora Alto do Capibaribe

       A expectativa é iniciar a obra em 90 dias


Publicidade

 A Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa, publicou hoje (16), no Diário Oficial do Estado, o edital de licitação da obra da Adutora do Alto Capibaribe, conforme compromisso assumido pelo governador Paulo Câmara, durante evento realizado na última sexta-feira (12), no município de Santa Cruz do Capibaribe, com a presença do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. O edital também já foi publicado em jornal de grande circulação e a abertura das propostas está   prevista para o dia 08 de fevereiro. A expectativa do presidente da Compesa, Roberto Tavares, é de que a obra seja iniciada em 90 dias. “Esse é mais um projeto inovador e estruturador para o abastecimento de água para resolver a questão hídrica do Agreste, a região que mais sofre com a escassez de chuvas”, informou. O empreendimento irá beneficiar mais de 230 mil pessoas em nove cidades pernambucanas e uma no município vizinho, na Paraíba.

O prazo previsto para a execução da obra é de 15 meses, mas segundo o dirigente da Compesa, assim que o contrato com a empresa vencedora da licitação for assinado, será feita uma negociação de redução do prazo para 10 ou 12 meses. “Essa pactuação foi uma recomendação do governador Paulo Câmara, uma iniciativa importante dada a urgência das nove cidades localizadas no Agreste pernambucano, que enfrentam dificuldade de abastecimento, a maioria delas, desde o colapso da Barragem de Jucazinho, em Surubim, ocorrido em setembro do ano passado”, enfatizou Tavares.

A Adutora do Alto Capibaribe – um investimento de R$ 82 milhões –  vai acelerar a chegada da água da Transposição do Rio São Francisco para o Agreste, uma das regiões mais castigadas pela seca.  A adutora, que terá 70 quilômetros de extensão, vai captar água da transposição no Rio Paraíba, perto do Açude Boqueirão, no município de Barra de São Miguel na Paraíba, para abastecer Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Taquaritinga do Norte, Frei Miguelinho (Agreste Setentrional)  e Brejo da Madre de Deus, que atenderá o distrito de São Domingos  ( Agreste Central) , além  da cidade paraibana de Barra de São Miguel. O trecho mais extenso da adutora é o que levará água para Santa Cruz do Capibaribe, que sairá da Paraíba e terá 51 quilômetros de extensão.

Trajeto – A adutora vai transportar uma vazão de 370 litros de água, por segundo, da Paraíba até a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Santa Cruz do Capibaribe, que atenderá a cidade e o distrito de São Domingos, em Fazenda Nova. De Santa Cruz do Capibaribe, uma derivação da adutora segue até a Barragem de Poço Fundo, para que Jataúba seja abastecida por um sistema já existente. Em Santa Cruz, a Adutora do Alto Capibaribe será interligada às tubulações assentadas da Adutora do Agreste para levar a água da transposição à ETA Toritama. No meio desse percurso, será implantado um trecho complementar de cinco quilômetros de adutora até a ETA Mateus Vieira para abastecer a população de Taquaritinga do Norte.

De Toritama, a água seguirá por outro sistema existente, o de Jucazinho de forma invertida – cuja barragem está em colapso desde setembro do ano passado – para atender quatro cidades: Vertentes, Santa Maria do Cambucá, Frei Miguelinho e Vertente do Lério. Os distritos de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, e São Domingos, em Brejo da Madre de Deus, também serão atendidos pela nova adutora. “O governador Paulo Câmara nos pediu uma alternativa para socorrer essas cidades, que sofrem com um severo período de estiagem que secou os principais mananciais da região, como Jucazinho, Poço Fundo e Mateus Vieira. Com essa obra estruturadora buscamos não depender tanto das variações climáticas para abastecer a população”, finalizou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

 

Assessoria de Imprensa


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Compesa paralisa sistema de abastecimento de Goiana para instalação de novos equipamentos

Durante 24h, o abastecimento ficará suspenso em três localidades do município

A  Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa irá instalar, na próxima quarta-feira (17)  duas novas bombas na Estação Elevatória Dois Rios, unidade pertencente  ao  Sistema de Abastecimento de Água da cidade Goiana, Região Metropolitana do Recife. Para viabilizar a instalação dos equipamentos –  um investimento de R$ 500 mil –  será necessário suspender o fornecimento de água, por 24 horas, a partir das 10h do dia 17,  nas localidades Vila Rica, Barro Vermelho e todo o centro de Goiana.

A previsão é que os serviços sejam finalizados às 10h da quinta-feira (18), quando será retomada a distribuição de água das localidades, seguindo o calendário de cada  localidade afetada. Segundo o gerente de Produção da Compesa, Euris Oliveira, não há como instalar os novos equipamentos, que irão garantir maior confiabilidade operacional ao sistema, sem a interrupção do abastecimento, pois para realizar as ações, a Estação Elevatória de Água não pode funcionar.

Ainda de acordo com Euris Oliveira, a Compesa vai aproveitar a paralisação para realizar serviços de manutenção preventiva de naturezas eletromecânicas e hidráulicas no Sistema de Abastecimento de Água de Goiana  Cerca de trinta profissionais vão estar envolvidos nesses trabalhos. Informações: 0800 081 0195

 

Assessoria de Imprensa


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Presidente da Amupe articula parcerias para o 5º Congresso

Na tarde desta segunda-feira (15), o presidente da Amupe, José Patriota, visitou alguns possíveis parceiros para o 5º Congresso Pernambucano de Municípios, que acontece nos dias 5 e 6 de abril, no Centro de Convenções. Na Celpe, a reunião foi com o presidente Antônio Carlos Sanches e o superintendente de relacionamento com clientes, Luís Jorge Lira. O convite foi para que a Companhia possa levar sugestões para eficiência energética nos municípios, falar sobre energia limpa, com foco na sustentabilidade. O tema deste ano terá como base os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e o 7º objetivo trata de “Energia acessível e limpa”.

No encontro falou-se também da dificuldade dos municípios em aprovar projetos para o edital de eficiência energética, disponibilizado anualmente pela ANEEL. A Amupe e a Celpe farão parceria nesse sentido para promover capacitação específica a fim de facilitar o acesso dos gestores ao financiamento. Quanto a temática, os dirigentes da Celpe se colocaram à disposição para participar e colaborar com o evento, que tem consonância com a política de sustentabilidade da Companhia.

A mesma empatia se deu com a Compesa, onde o encontro foi com o presidente Roberto Tavares. O mesmo demonstrou interesse nas sugestões apresentadas por Patriota, para ampliar o debate sobre o reuso da água, assim como buscar (e incentivar) iniciativas já existentes nos municípios.

Na Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), José Patriota foi recebido pelo secretário Wellington Batista. A ideia é ampliar a parceria já existente com a Secretaria e criar uma premiação para boas práticas na área de Desenvolvimento Rural. Existem no Estado, diversas iniciativas exitosas com foco na sustentabilidade. Além de debater o tema durante o Congresso, é possível que a Secretaria já lance um edital este ano com o objetivo de incentivar e reconhecer as boas iniciativas dentro dessa temática.

“Temos muita dificuldade em divulgar e reconhecer o lado bom da política séria, comprometida com as necessidades dos cidadãos, mas ela existe, as boas práticas existem e são muitas. Precisamos dar visibilidade aos municípios, essa é a minha luta, meu objetivo permanente”, afirmou o presidente da Amupe, José Patriota. Concluindo a agenda, todas as instituições se colocaram à disposição e demonstraram interesse em participar do maior evento municipalista do Estado, parabenizando Patriota pela escolha oportuna do tema.

ASCOM Amupe


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Quem lembra do “Bar Redondo” em Jaboatão sede?

Quem frequentou a Praça Matriz em Jaboatão do Guararapes na sede do município deve lembrar do “Bar Redondo”, local que ficou marcado no centro da segunda maior cidade de Pernambuco, hoje tá tudo mudado, revitalizaram o local e só restou a foto, mais de vinte e cinco anos.

 

 

Foto: Edson Gomes /Facebook


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Assassinatos em Pernambuco estão concentrados em 11 cidades dos 184 municípios do estado

Pernambuco tem 184 municípios, onde apenas 11 cidades comandam o placar da morte, segundo o G1, Recife está a frente, seguido de Jaboatão dos Guararapes e Caruaru, cidades com ponto vermelho de alerta.

Em seguida o município de Paulista, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Olinda, Petrolina e Vitória de Santo Antão, Camaragibe e Igarassu completam a lista das cidades mais violentas com números crescente de assassinatos em Pernambuco.

Esse ranking é atribuído a SDS em 2017.


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

São Paulo é considerado área de risco para febre amarela segundo OMS

Todo estado de São Paulo foi classificado como área de risco para febre amarela segundo a OMS, o nível de crescimento de atividade do vírus levou a essa decisão no território paulista. Pessoas de São Paulo devem tomar a vacina dez dias antes de viajar a qualquer outro estado ou país.

A febre amarela segundo o Agência Brasil de acordo com a OMS já atingiu 21 estados brasileiros e o Distrito Federal, ao todo foram 788 vítimas, 265 mortos.


Postado em Notícias | Por

jan 16

16 Janeiro 2018

Celpe alertou a Prefeitura de Tabira sobre o risco de corte, ontem o fornecimento de energia foi interrompido

 Celpe corta fornecimento de energia dos prédios da Prefeitura e da Secretaria de Educação em Tabira – No 1º ano do 1º Governo Sebastião Dias(PTB) em 2103 a Celpe ameaçou cortar a energia dos prédios públicos de Tabira, porque a prefeitura não pagou a conta de um só mês daquele ano. Ficou só na promessa. Desta vez, no início no 2º ano do 2º governo a concessionária de energia não ameaçou, foi lá e cortou. No 1º dia útil da 3ª semana do 1º mês de 2018 a Celpe interrompeu o fornecimento cortando a energia do Palácio Municipal e da Secretaria Municipal de Educação.

Com o corte os serviços tanto na Prefeitura como na Secretaria foram interrompidos logo na manhã de ontem. Diante das denúncias dos servidores Municipais no Programa Cidade Alerta da Rádio Cidade FM, não está faltando dinheiro apenas para pagar a conta de luz. Reclamam pagamento de salários do mês de dezembro em Tabira os efetivos da saúde, trabalhadores que recebem por empenho, além do TFD com atraso de 2 meses, e pessoal da Cultura também com 2 meses sem ver a cor do dinheiro. Com a palavra o Prefeito Sebastião Dias.

Colaboração de Anchieta Santos


Postado em Notícias | Por

Página 31 de 924« Primeira...1020...2930313233...405060...Última »