Publicidade


maio 25

25 maio 2017

Aplicativo Sine Fácil facilita busca por emprego


Publicidade



O Ministério do Trabalho lançou, nesta terça-feira (23), o aplicativo Sine Fácil. A ferramenta permite ao trabalhador encontrar, de forma prática e rápida, vagas de emprego adequadas ao seu perfil.

Desenvolvida pela Dataprev, o aplicativo leva ao cidadão os serviços do Sistema Nacional de Emprego (Sine) a partir de dispositivos conectados à internet, como celulares e tablets.

O aplicativo, que é gratuito, está disponível na versão para Android e em breve também para iOS.

Para poder utilizar o aplicativo, o trabalhador deverá ter um código de acesso (QR Code) que pode ser obtido no portal Emprega Brasil, nas unidades de atendimento do Sine; no termo de homologação que ele recebe no ato da rescisão de contrato ou na solicitação do seguro desemprego.

O código de acesso é individual, o que garante mais segurança às informações e agilidade no atendimento. Após instalar o aplicativo no celular ou tablet, o trabalhador deverá digitalizar o código utilizando a câmera fotográfica do aparelho celular.

“Vamos conseguir reduzir as filas e a burocracia. Com isso,uma maior comodidade para aquele trabalhador acompanhar como está seu seguro-desemprego”, explica Humberto Mykaell, gerente de produtos de Previdência e Trabalho da Dataprev.

O aplicativo indica vagas de emprego de acordo com o local de residência e perfil profissional do trabalhador. Por meio dele também será possível consultar o abono-salarial.

Emprega Brasil 

O Portal Emprega Brasil , também lançado nesta terça-feira, reunirá diversos serviços do órgão. Nele o usuário poderá encontrar informações variadas, como oferta de vagas, cursos de qualificação profissional, concessão de seguro-desemprego, entre outras. A plataforma, que também pode ser acessada via Portal de Serviços do Governo Federal (www.servicos.gov.br), tem o objetivo de melhorar a comunicação com o cidadão e ampliar o atendimento virtual, reduzindo a necessidade de o trabalhador ir a um posto de atendimento para requerer os serviços do Ministério. Com informações do Portal Brasil.


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

PT já articula posição em eleição indireta

PT já articula posição em eleição indireta

Apesar de se pronunciar em público em favor das eleições diretas, o PT já avalia como irá agir no pleito indireto que a Constituição determina caso o presidente Michel Temer (PMDB) perca o cargo.

Segundo a reportagem apurou, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva autorizou o partido a negociar o apoio ao processo indireto.

Isso só mudará se os protestos de rua pró-diretas ganharem corpo, deixando a circunscrição dos sindicatos e movimentos à esquerda.

Dentre os candidatos já colocados nas articulações de aliados do Planalto, Lula não fará campanha sistemática contra Nelson Jobim. Ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff (PT), o peemedebista é hoje o nome mais palatável para o líder petista.

Alguns membros da direção do partido avaliam, contudo, que Jobim pode ser um “cavalo de Troia” do condomínio governista, do qual sairia um nome mais conservador para a disputa na hora H.

O temor maior dos petistas é que o senador tucano Tasso Jereissati (CE) acabe representando do “status quo”, a manter a espinha dorsal econômica de um eventual governo de transição.

A questão das reformas, como a da Previdência, segue unindo o partido em público e nos bastidores. Um dirigente afirmou que, seja lá quem for o presidente, o combate a elas continuará a ser dado.

Já o motivo não declarado é o risco de o governo “dar certo e vitaminar uma candidatura tucana”, como diz um outro dirigente petista.

O PT continuará defendendo as diretas, até por avaliar que Lula teria mais chances hoje do que no ano que vem no pleito, devido ao desgaste pela Operação Lava Jato.

Publicidade


Hoje, Lula tem cerca de 30% das intenções de votos em todos os cenários de primeiro turno aferidos pelo Datafolha -mas enfrenta alta rejeição, de 45%.Mas o PT sabe que isso depende de uma dificílima aprovação de emenda constitucional, processo que leva meses, ou de uma decisão heterodoxa do Tribunal Superior Eleitoral ao julgar a chapa Dilma-Temer, dia 6 de junho.

Assim, petistas defendem o lançamento de um nome na disputa indireta, para marcar posição e ter talvez 80 votos.

Eles defendem a união com o PSB e com a Rede, mas o partido de Marina Silva rejeita o acerto, segundo afirmou um de seus dirigentes. Foram especulados como nomes do grupo os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Lindbergh Farias (PT-RJ).

Com 58 deputados e 9 senadores, o PT não tem força para influir em um pleito indireta com 594 eleitores. Mas pode atrapalhar bastante um novo governo com sua liderança na esquerda, daí o interesse até da situação em negociar termos de convivência.

Na quarta (24), Tasso e Jobim eram os mais cotados para compor uma chapa PSDB-PMDB, ou mais provavelmente vice-versa, já que o ex-ministro tem esse trânsito com a oposição e também no Judiciário -ex-presidente do Supremo, ele mantém boas relações na corte.

Há três entraves ao nome de Jobim. Primeiro, ele foi consultor de empreiteiras enroladas na Lava Jato, após a morte do criminalista Márcio Thomaz Bastos em 2014.

Segundo, é sócio do banco BTG, investigado na operação. Terceiro, o maior negócio de sua gestão na Defesa lulista, a compra de submarinos franceses em 2009, é objeto de investigação.

Já Tasso, bem visto no empresariado, tem contra si a saúde: ele é cardiopata. No PSDB, ainda é especulado o nome do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que, aos 85 anos, já disse que não quer a missão.

Henrique Meirelles (PSD), ministro da Fazenda, viu sua cotação alta nos mercados cair à medida em que o líderes no Congresso bombardearam seu nome como de difícil assimilação pelo plenário. Situação semelhante à de Cármen Lúcia, presidente do Supremo que nem filiada é.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anima os talvez 60% de membros do baixo clero no Colégio Eleitoral, mas enfrenta resistência de caciques e é investigado na Lava Jato. Com informação Folhapress.


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

Temer recua e revoga decreto que colocou Forças Armadas nas ruas de Brasília

Temer recua e revoga decreto que colocou Forças Armadas nas ruas de Brasília

Menos de 20 horas depois de autorizar atuação das Forças Armadas para garantir a segurança e proteger prédios públicos em Brasília, Michel Temer recuou. Na manhã desta quinta-feira (25), o presidente revogou o decreto por meio de uma edição extraordinária do Diário Oficial da União.

Nesta manhã, Temer reuniu-se com ministros para avaliar uma possível anulação do decreto que visava garantir a ordem na Esplanada dos Ministérios depois que a manifestação contra o governo e as reformas trabalhista e da Previdência ganhou cenas de violência, quebradeira e enfrentamento entre baderneiros e policiais.

Publicidade


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

Parceria entre Prefeitura de Petrolina e Compesa realiza intervenções no saneamento do distrito de Rajada

 Em mais uma iniciativa realizada em parceria com a Compesa, a Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade de Petrolina (SEINFRAHM), através da Diretoria de Saneamento, realiza ações de manutenção no sistema de saneamento básico de uma comunidade da zona rural. A partir desta quinta-feira (25), o trabalho será realizado no distrito de Rajada, distante cerca de 80Km da sede do município.

 Na programação das equipes estão duas principais atividades. A primeira será a limpeza e desobstrução do emissário, tubo responsável por receber o esgoto da rede coletora e levá-lo até à estação elevatória. A segunda, consiste na manutenção e limpeza da estação. O objetivo dos reparos, é evitar que o sistema de saneamento da comunidade apresente problemas, causando transtornos à população.

 IZACOLÂNDIA

Em atenção às demandas das localidades da zona rural, a parceria entre SEINFRAHM e Compesa também realiza um trabalho de manutenção da rede de saneamento de Izacolândia. As equipes trabalham em diversas ruas do distrito para substituir parte da rede coletora, desobstruir tubulações e recupera poços de visita.


Publicidade


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

Por decisão do Supremo Tribunal Federal, prefeituras não poderão cobrar taxa de incêndio, contribuintes devem pedir ressarcimento à Justiça

Supremo proíbe municípios de cobrarem taxa de incêndio e ministro diz que contribuintes poderão pedir à Justiça o ressarcimento dos valores já pagos – O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, nesta quarta-feira (24), municípios de cobrarem taxas de combate a incêndios. Como tem repercussão geral, a decisão deverá ser seguida por todas as prefeituras do país.Segundo o ministro Marco Aurélio Mello, relator da ação, a partir da decisão do STF, contribuintes poderão inclusive pedir à Justiça o ressarcimento dos valores pagos, desde que limitados aos cinco anos anteriores à apresentação da ação.

No julgamento, os ministros analisaram recurso do município de São Paulo contra decisão do Tribunal de Justiça do estado que havia derrubado a cobrança do tributo. Por 6 votos a 4, a maioria dos ministros manteve a decisão, por entender que município não pode cobrar por serviço de segurança pública, atividade de responsabilidade do governo estadual.

Além disso, consideraram que taxas só podem ser cobradas por serviços “divisíveis” – isto é, que podem ser prestados individualmente aos cidadãos –, e não por universais, para atendimento geral, como o combate a incêndios. Acompanharam o relator, contra a cobrança da taxa de incêndio, os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia. A favor da possibilidade de cobrar a taxa votaram os ministros Luiz Fux, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. Celso de Mello não votou porque estava ausente da sessão.

Do Rádio VIVO


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

CDL DE PETROLINA REALIZA REUNIÃO COM PREFEITO MIGUEL COELHO

O presidente da CDL Petrolina, Manoel Vilmar e o diretor executivo Valdivo Carvalho seguem discutindo com as entidades governamentais em busca de solução para o desenvolvimento do comércio de Petrolina. Na tarde desta quarta-feira (24), os dirigentes foram recebidos pelo prefeito de Petrolina, Miguel Coelho para tratar de assuntos ligado ao comércio varejista, segurança e projetos sociais.
 “Estamos preocupados com o segmento do varejo em Petrolina, com o fechamento das lojas, e isso pode repercutir na economia. Viemos aqui com uma pauta com  ações voltadas para a infraestrutura e desenvolvimento econômico. Acredito que a CDL e a prefeitura poderão trabalhar juntos pelo desenvolvimento da cidade”, destacou Manoel Vilmar.
 O diretor executivo Valdivo Carvalho, abordou também a questão da segurança pública e convidou o prefeito para novas discussões sobre a retomada do comitê gestor de segurança do município. “Tivemos a oportunidade de falar com o prefeito sobre o  fortalecimento do plano de segurança voltado à sociedade Petrolinense, e ficamos felizes em saber dos planos dele. Estamos trabalhando pela retomada do comitê de segurança,  e sabemos que é um importante passo, pois podemos nivelar as informações entre as polícias e a sociedade, e assim podemos realizar um trabalho mais eficaz na redução da violência”, ressaltou Valdivo Carvalho.
 Por fim,o prefeito Miguel Coelho disse que “muitas ideias estão convergindo. Discutimos diversos projetos e a execução de ações para criar novas oportunidades de trabalho e trazer melhorias ao comércio. Sobre a questão da segurança, solicitei da CDL Petrolina apoio para compartilhamento das imagens das câmeras de monitoramento​ entre comércio e guarda municipal e muitas outras novidades”, pontuou  Miguel.

Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

Claudia Leitte é atração confirmada na Expocose, em Sertânia

Na madrugada desta quarta-feira (24), durante as comemorações do aniversário de 144 anos de Emancipação Política de Sertânia, o Governo Municipal anunciou a programação de shows da 45ª Exposição Especializada em Caprinos e Ovinos – EXPOCOSE, que acontece entre os dias 05 e 09 de julho deste ano, no Parque Professor Renato Moraes.

A programação da Expocose se destaca pela diversidade musical. Entre as atrações confirmadas estão a cantora Claudia Leitte, a banda caruaruense vencedora do Superstar, Fulô de Mandacaru, o fenômeno do momento, Jonas Esticado, o cantor romântico, Ciel Rodrigues, o Poeta do Sertão, Nico Batista e o sertaniense, vencedor do 8º Prêmio da Música de Pernambuco como melhor DVD, César Amaral. Neste ano, a grande novidade é o Camarote de Acessibilidade, para as pessoas com dificuldade de locomoção.

Na parte técnica, haverá ainda comercialização de animais, torneio leiteiro, culinária bodística, palestras e cursos, produtos agropecuários, a realização do 1º Leilão Berço do Anglo e R$50 mil em prêmios.

Programação Oficial da Exposição Especializada em Caprinos e Ovinos de Sertânia/PE (EXPOCOSE)

 Sexta-feira (06/07)

César Amaral

Fulô De Mandacaru

Zeca Bota Bom & Elson Vaqueiro

 

Sábado (07/07)

Pinga Fogo

Claudia Leitte

Ciel Rodrigues

 

Domingo (08/07)

Nico Batista

Amigos Sertanejos

Jonas Esticado

Serviço

EXPOCOSE 2017

De 05 a 09 de julho

Parque Professor Renato Moraes – Sertânia/PE


Postado em Notícias | Por

maio 25

25 maio 2017

JBS faz proposta de leniência de R$ 4 bi e Procuradoria rejeita novamente

 

Foto: Divulgação

 

A novela do acordo de leniência entre a J&F, holding que é dona do frigorífico JBS, e Procuradoria do Distrito Federal ganhou um novo capítulo. Nesta quarta-feira (24), a empresa, cuja primeira proposta foi recusada pela PGR, teve a sua segundo oferta também negada.

Desta vez, o órgão não aceitou receber a multa de R$ 4 bilhões e permanece com o valor proposto desde o início, R$ 11,1 bilhões. Segundo a Procuradoria do DF, o valor cobrando no acordo de leniência pode variar até 20% do faturamento da empresa, conforme a lei anticorrupção de 2013. Os R$ 11,1 bilhões se referem a 5,8% do faturamento da J&F, porém, com atenuantes previstos em lei que reduzem a multa.

A leniência funciona como uma espécie de delação premiada da pessoa jurídica e garante que a empresa possa continuar contraindo empréstimos com bancos público e também ser contratada pelo governo.


Postado em Notícias | Por

maio 24

24 maio 2017

Senar-PE oferece 350 vagas palestras e oficinas gratuitas na Festa do Cavalo de Gravatá

 

 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Pernambuco – SENAR-PE promoverá palestras gratuitas, durante a 11ª  Festa do cavalo de Gravatá, de 31 de maio a 04 de junho, no Haras Dr. Luiz Ignácio, BR 232 Km 84,5.

Serão oferecidas 350 vagas de capacitação, distribuídas entre nove palestras e cinco oficinas, com temas relacionados ao Turismo Rural, Equideocultura, Cavalgada e Educação Ambiental. As inscrições são gratuitas e abertas ao público. Mais informações: (81) 3312.8966.

Confira abaixo a programação:

Quarta-feira – 31 de Maio

9h às 12h Oficina de Corda – Cesta para Feno (Lula Seleiro)

9h às 12h Palestra Turismo Rural – Como Encantar o Turista no Meio Rural (Maria Anastácia)

14h às 17h Palestra de Equideocultura – Cuidado com os Potros Recém-nascidos (Victor Maia)

14h às 17h Palestra: “Cavalgada” Uma opção de lazer para o turista no meio rural. (Thiago Francisco)

Quinta-feira – 1º de Junho

9h às 12h  Oficina de Corda – Cesta para Feno (Lula Seleiro)

9h às 12h   Palestra: Turismo Rural – Café Rural – Uma Oportunidade de Negócio (Maria Anastácia)

14h às 17h Palestra de Equideocultura – Comportamento Equino (Victor Maia)

14h às 17h Palestra: “Cavalgada” Uma opção de lazer para o turista no meio rural. (Thiago Francisco)

Sexta-feira – 02 de Junho

9h às 12h Oficina de Corda – Cesta para Feno (Lula Seleiro)

9h às 12h Palestra: Educação Ambiental – Impactos do Turismo sobre o meio Ambiente (Thiago Francisco)

14h às 17h Palestra de Equideocultura – Manejo Nutricional de Equinos (Victor Maia)

Sábado – 03 de Junho

9h às 12h Oficina de Corda – Cesta para Feno (Lula Seleiro)

9h às 12h – Palestra: Educação Ambiental – Impactos do Turismo sobre o meio Ambiente (Thiago Francisco)

Assessoria de Comunicação do Sistema Faepe/Senar-PE

Marina Lima


Postado em Notícias | Por

maio 24

24 maio 2017

Oposição realiza audiência pública sobre o Pacto pela Vida

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realiza, nesta quinta-feira (25), às 10h, audiência pública para discutir o crescimento da criminalidade no Estado e o Pacto pela Vida, com a participação dos secretários Angelo Gioia (Defesa Social), Pedro Eurico (Justiça), do procurador-geral do Estado, César Caúla, do procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu, comandante da Polícia Militar, Cel. Vanildo Neves, e do chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral, além do sociólogo José Luiz Ratton, idealizador do Pacto pela Vida, e de representantes de sindicatos e associações ligadas aos agentes de segurança.

Nos primeiros quatro meses deste ano, Pernambuco registrou os maiores índices de criminalidade de todo o Pacto pela Vida. Ao todo, entre janeiro e abril deste ano foram cometidos 2.037 assassinatos, 45% a mais que no mesmo período do ano passado. Nos primeiros quatro meses do ano também foram cometidos 41.346 crimes violentos contra o patrimônio (roubos e assaltos), 10.549 atos violência doméstica contra a mulher e 515 estupros.

Desde o primeiro semestre de 2015, a Bancada de Oposição vem chamando a atenção para o crescimento da violência em Pernambuco. Naquele ano, o Estado registrou 3.889 casos de homicídios, confirmando a tendência de aumento da criminalidade. “Desde 2014 estamos registrando crescimentos sucessivos no número de assassinados, assaltos a ônibus, explosões de caixas eletrônicos, roubos de veículos e violência contra a mulher. E, infelizmente, o que observamos é a completa falta de reação do Governo do Estado”, avalia o deputado Silvio Costa Filho (PRB), autor da proposta de realização da audiência pública.

Silvio destaca a necessidade de uma ampla discussão, com toda a sociedade, sobre o resgate das bases do Pacto pela Vida. “Os especialistas em segurança, como o próprio professor Luiz Ratton, avaliam que o Pacto pela Vida faliu. Precisamos resgatar as bases do programa, sobretudo a transparência e o diálogo com a sociedade. Essa audiência é uma oportunidade de avançarmos nesse tema, já que o Governo respondeu com o silêncio todas as sugestões de diálogo que apresentamos”, destacou.

Pedro Ivo Bernardes

Assessor de Imprensa


Postado em Política | Por

Página 5 de 625« Primeira...34567...102030...Última »