Publicidade


ago 7

7 agosto 2020

Obra de esgoto no bairro de Candeias tem prazo de conclusão alterado


Publicidade



A obra de implantação de rede coletora de esgoto na Avenida Ulisses Montarroyos, no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, terá o prazo de conclusão prorrogado. Em execução desde o dia 20 de julho pela Compesa, a intervenção em andamento no trecho compreendido entre a Rua do Jangadeiro e a Avenida Aníbal Ribeiro Varejão, que deveria ser finalizada amanhã (8), teve o prazo alterado. A decisão foi motivada pelo registro de algumas interferências na área e, para não impactar nas tubulações assentadas na região, a opção foi ampliar a profundidade da rede coletora a ser instalada em alguns pontos, medida bem mais complexa.

 

Agora, a nova previsão para a finalização é dia 5 de outubro. A Compesa alerta que o trânsito permanecerá interditado no local e os motoristas devem fazer o desvio pela Rua Antônio Ferreira Campos (via paralela à Av. Ulisses Montarroyos). No total, serão implantados cerca de 300 metros de tubulações que farão a coleta e transporte do efluente. A ação faz parte do Programa Cidade Saneada, parceria público-privada entre a Compesa e a BRK Ambiental, e tem como objetivo a universalização do acesso ao esgotamento sanitário na RMR.

ASCOM


Postado em RECIFE | Por

ago 7

7 agosto 2020

Família de mulheres trabalham na foice e na enxada para manter o Aeroporto de Afogados da Ingazeira limpo

O Aeroporto de Afogados da Ingazeira não está funcionado, fechado, não existe condições alguma de receber voos, pista cheia de mato, estava pior, mas, graça a uma senhora aposentada e suas filhas o local está sendo limpo, doente, ela passa o dia sob o sol cortando mato a beira da pista de pouso.

Nossa reportagem foi chamada a residência de Dona Josemar dos Santos, popularmente conhecida por “Rose”, sua casa fica beirando a pista do aeroporto de Afogados da Ingazeira,  dentro da área pertencente ao estado.

O “Bar do Boiadeiro” está fechado, além da aposentadoria era o único meio de renda, seu depoimento impressiona ao relatar as dificuldades e os problemas de saúde, com a perna “seca”, um cisto na coluna e vários remédios que chegam a custar R$ 600 reais por mês.

Publicidade


Dona Rose ainda adotou cães de rua deixados no matadouro de Afogados, segundo ela não aguentou ver tantos cães serem mortos na frente de sua casa às margens da PE-320, faz um apelo a quem poder colaborar com ração.

A residência pegou fogo e o poste de energia ao lado da casa está prestes a cair, assista ao vídeo, o espaço pertence a um órgão público, mas, segundo ela não recebe nenhum apoio do poder público para manter o aeroporto de Afogados. 

Enquanto em Serra Talhada aguarda o funcionamento do aeroporto, Afogados segue outra linha, afinal, o aeroporto serve ou não para a população ? Lembro que já algum tempo havia um helicóptero naquele local vindo de Recife, outro dia um avião de resgate pousou por lá, e agora como está a situação? Segundo informações o espaço não foi homologado, a responsabilidade é de quem ? Essa senhora precisa da ajuda e da visita das autoridades, acredito que a partir desse momento ela seja reconhecida por seu esforço apesar da idade e dos problemas de saúde.

 



Postado em Sertão, Vídeo | Por

ago 7

7 agosto 2020

Colaboradores prestam homenagem ao presidente Bolsonaro em Afogados da Ingazeira

Um outdoor com a foto do presidente Bolsonaro foi colocado em frente ao Hospital Emília Câmara em Afogados da Ingazeira, a cidade concentra um grande número de simpatizantes do ex-presidente Lula, muito embora nas redes sociais o resultado tenha se mostrado diferente, se observa um crescimento em favor de Bolsonaro, inclusive eleitores fieis do ex-presidente surpreendentemente mudaram o discurso.

 

 

Publicidade


Postado em Sertão | Por

ago 7

7 agosto 2020

Moradores da Quadra L no Miguel Arraes esperam calçamento prometido pela prefeitura de Afogados

Os moradores da Quadra “L” no Miguel Arraes estão aguardando a promessa de calçamento e compromisso da Prefeitura de Afogados. À época do protesto o engenheiro Carlos Rabelo representando o Governo Municipal disse que em 15 dias iniciariam a construção do calçamento, a prefeitura não confirmou e o descredenciou da palavra.

No início deste ano de 2020 representantes do governo municipal estiveram no local  e fizeram as medidas, segundo o funcionário identificado por Elias, a obra seria custeada pela Caixa Econômica Federal conforme áudio que nossa reportagem teve acesso. A Quadra L é a única rua do Residencial Miguel Arraes a concluir, a comunidade existe a 12 anos.


Postado em Notícias | Por

ago 6

6 agosto 2020

Municípios de Pernambuco avançam no Plano de Convivência com a Covid-19

 

https://osecretariodopovodorecife.com/blog/wp-content/uploads/2020/08/06_08_2020-Coletiva-Covid-19-Fotos-Pedro-menezes-6.jpg

 
Na RMR e Zona da Mata, os horários de serviços de alimentação e shoppings centers serão ampliados. Igrejas e templos também terão novos protocolos para o atendimento dos fiéis

 

Uma recente análise dos números da saúde em Pernambuco, feita pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19, revelou que os índices de contágio da doença permanecem em queda, indicando que o Estado tem capacidade para avançar ainda mais no Plano de Convivência com o novo coronavírus. A partir da próxima segunda-feira (10.08), a Macrorregião 1, que compreende os municípios da Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata (Norte e Sul), avançará para a Etapa 7 do plano. Igrejas e templos também podem aumentar a capacidade de funcionamento. Aquelas que possuem espaço para até 999 fiéis poderão receber 30% da sua capacidade total. Já as instituições com área para mais de mil fiéis poderão funcionar com 20% da capacidade.
 
Com o avanço na redução dos índices de contágio, nas cidades da Macrorregião 1 os serviços de alimentação e os shoppings centers poderão estender seu funcionamento até as 22h. Já a Macrorregião 2 – que compreende os municípios de Caruaru, Garanhuns e seus entornos, no Agreste – permanecerá na Etapa 6 do plano, mas serão liberadas as atividades das feiras nos polos de confecções, obedecendo a novos protocolos de segurança. No município de Toritama, a feira pode voltar a funcionar no domingo, dia 09.
 
A Macrorregião 3, no Sertão – que tem Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada como principais polos – avançará para a Etapa 6 do Plano de Convivência com a Covid-19. Os serviços de alimentação e shoppings centers poderão funcionar das 6h às 20h, com 50% da capacidade de clientes, assim como as academias de ginástica e polos de confecção, ambos com novos protocolos de segurança. O comércio varejista permanecerá aberto, atendendo à exigência de um cliente para cada 10 metros quadrados da loja.
 
Na Macrorregião 4, também no Sertão, os municípios da 7ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Salgueiro, e da 8ª Gerência Regional de Saúde, sediada em Petrolina, avançarão para a Etapa 5 do plano. Será liberado o funcionamento de escritórios com 50% da carga e concessionárias de veículos com 100% da carga. Ficam mantidos os demais serviços essenciais que já vinham funcionando, a exemplo do comércio atacadista, além do sistema de delivery e coleta em lojas de material de construção, serviços de alimentação, feiras e polos de confecções.
 
FECHAMENTO – A situação da pandemia ainda divide o cenário na Macrorregião 4. As cidades pertencentes à 9ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Araripina, permanecerão na Etapa 4. A exceção fica para Araripina e Ouricuri, onde a redução do número de casos da Covid-19 ficou aquém do desejado. A partir desta sexta-feira (07.08), os dois municípios terão que retroceder à Etapa 2 do plano, ficando permitido apenas o funcionamento de serviços essenciais durante os próximos dez dias.


Fotos: Pedro Menezes/SEI

ASCOM


Postado em Notícias | Por